CONHEÇA O AUTOR

 

         Depois de estabelecer-se na Internet - em 1999 - escrevendo relatos de viagens em sites relacionados com o tema, e em 2006 ter fundado o blog Fatos & Fotos de Viagens - um dos pioneiros da blogosfera de viagens - Arnaldo foi convidado a colaborar com matérias na Revista Viagem & Turismo, da Editora Abril e, agora, prepara o lançamento de seu primeiro livro - "Bom dia, Addis. Adeus Etiópia" - ingressando, assim, na literatura de viagens com um livro encantador, segundo o autor, o primeiro de uma série de pelo menos quatro que já planeja produzir, dois deles em plena fase.

Assim o autor define esta sua nova fase:

             Livro é coisa séria. O que o leitor encontrará em "Bom dia, Addis. Adeus Etiópia" é diferente do que lê aqui no blog. Da narrativa ao estilo. Em vez de apenas uma "conversa" com o leitor, baseada na informalidade, o livro mistura traços desta coloquialidade e informalidade com os de uma escrita literária. Sobretudo com profundo respeito à arte de escrever. Passo a ser um escritor, o que nada mais é do que uma outra maneira de me expressar sobre viagens e de transmitir ao leitor minhas impressões. Segundo o poeta e ensaísta norte-americano Henry David Thoreau, "Muitos homens iniciaram uma nova era na sua vida a partir da leitura de um livro". A partir deste meu primeiro livro escrito, considero ter ingressado numa nova, deliciosa fase em minha vida. 

             Por bom tempo - antes de me decidir por publicar um livro - meu lado esquerdo do cérebro brigou com fúria contra o direito até certificar-se de que o leitor teria nos meus livro não os textos que escrevi no blog, porque, entre outros motivos, livro é coisa séria, e ninguém (ninguém de verdade!) merece ler posts de blogs reproduzidos em livros, especialmente textos efêmeros, perecíveis, descartáveis ou preocupados em agradarem "o mercado" e a blogosfera. Felizmente, ao que parece, posts continuarão restritos aos blogs e livros a serem livros. O tema da viagem parece ainda não ter-se banalizado na literatura universal, nem ter-se rendido às formas diversas da monetização.

           Minha ascensão na escrita de viagens com este trabalho literário não é exatamente uma novidade. Ainda que recentemente eu tenha notado a mente lampejar com a ideia: tornar-me um escritor de viagens. Todavia, ela sempre me rondou. Mesmo que a alguma distância. Não foram poucos os amigos, parentes e leitores do blog que há mais de dez anos recorrem à pergunta: “Por que não escrever um livro?”

Gente que escreve e encanta, fala sobre o autor:

Haroldo Castro:

            "Arnaldo é um dos viajantes equilibrados e sensatos que se lança escritor, o que, num Brasil de pouca leitura e onde a Literatura de Viagem não chega a ocupar meia estante nas livrarias, conta histórias que servirão de grande subsídio para qualquer leitor, além de ajudar a romper os preconceitos de que a África só oferece guerras, doenças e fome. Infelizmente, a riqueza cultural e natural do continente é quase sempre tão abafadas por notícias negativas que considero este livro um raio de luz na região."

Jornalista, fotógrafo, autor de “Luzes da África”, indicado para o Prêmio Jabuti na categoria Reportagens

Ronize Aline:

             "Minha opinião sobre o autor está refletida na resenha que escrevi de seu livro "Bom dia, Addis. Adeus Etiópia": ele escreve com o coração e demonstra respeito por tudo o que viu. Este livro, mais do que o relato de uma viagem à Etiópia, é uma viagem rumo a uma experiência de imersão e contemplação do outro. É como olhar para o diferente sem estranhamento ou indiferença."

Escritora, tradutora, jornalista, professora universitária, crítica literária do jornal O Globo, do Rio de Janeiro

Rachel Verano

             "Neste livro, Arnaldo tem o poder de nos transportar a um dos cantos mais fascinantes e ainda intocados do planeta. Mas de maneira ao mesmo tempo delicada e profunda, pessoal, criando intimidade com os personagens, deixando o leitor perceber cheiros, sabores e sentir as emoções de suas descobertas. Do peso do ar à alegria de dobrar a esquina, o autor consegue transmitir todo seu fascínio de estar diante de algo realmente novo."

 Jornalista das revistas Viagem & Turismo, Veja, VejaSP, Glamour, TAM e Vamos/LATAM

Davi Carneiro

             "Há uma frase atribuída ao grande viajante do século 14, talvez o maior escritor-viajante de todos os tempos, Ibn Battuta: “Viajar, primeiro te deixa sem palavras, depois te transforma num contador de histórias.” Suspeito, caro leito, ser este o caso do Arnaldo, um autêntico viajante que vem se mostrando, cada vez mais, um talentoso contador de histórias. Conheço-o e o sigo desde 1996, através do seu blog, aquele que, na minha opinião, é um dos melhores de viagens da internet brasileira, tanto pela excelência fotográfica quanto pela qualidade dos textos. Com um currículo andarilho de respeito (mais de 60 países, entre eles Quirguistão, Miamar, Irã e Uzbesquistão), Arnaldo tem o mérito de ir na contramão da blogosfera profissional e monetizada: de maneira simples, autêntica e independente, preza, principalmente, a credibilidade e a confiança de seu leitor." 

 Escritor, jornalista e colaborador de diversas revistas nacionais e estrangeiras

 


COMENTÁRIOS
PROCURA
Quer ler outras viagens?
De onde chegam os visitantes
« Como chegar a Oahu, Hawaii | Main | Havaí: O Hula Dancing »
Quinta-feira
Dez072006

Onde hospedar-se em Oahu

Bem, já vimos como chegar ao Havaí por avião, vamos agora explorar o assunto hospedagem.

Hotis 00.jpg

O lugar mais badalado é mesmo Waikiki. NEsta foto acima vê-se um dos Hilto, exatamente no início de Waikiki, logo após Ala Moana, no começo da Kalakaua Avenue, a principal de Waikiki. Quanto mais para o mar, mais caros os hotéis. Nessa região encontram-se tanto hotéis caríssimos quanto relativamente econômicos. Quanto lá mais para o fundo, mais baratos.

Hotis 01.jpg

Em direção Wakiki a Diamond Head, os hotéis ficam na orla da praia até certa parte, quando então a orla vira um jardim público. Este edifício rosa é o hotel mais antigo de Waikiki, um dos mais caros, o The Royal Hawaiian Hotel.

Hotis 02.jpg

Na orla de Waikiki quase todos os edifícios são hotéis de grandes redes nacionais americanas e locais.

Como em qualquer cidade grande americana, também aqui não se encontram problemas ou dificuldades relacionadas à hospedagem. É claro que em altas temporadas, especialmente às dos campeonatos de surf, o lado mais barato da ilha pode estar cheio, mas planejando com antecedência sua viagem, não encontrará dificuldade alguma em encontrar hospedagem bem adequada ao seu estilo e orçamento.

Hotis 04.jpg

A rede Outrigger de hotéis é uma das mais expressivas e conhecidas. Neste, o Outrigger Waikiki on the Beach, enorme, a "calçada"  da praia em frente ao hotel é a areia.  É também onde fica Duke's Canoe Clube, um dos restaurantes temáticos mais frequentados de Oahu. Um excelente lugar para se tomar um café-da-manhã estilo "buffet all-you-can-eat" e também muito legal pra frequentar à noite. Conheça o hotel visitanto seu sítio na Internet:  Outrigger Waikiki on the Beach

Hotis 05.jpg

Quase todos os apartamentos dos bons hotéis têm "lanais"  (varandas). Aqui, um exemplo de apartamento "Partial Ocean View"  do Outrigger Waikiki on the Beach.

Hotis 10.jpg

Kalakaua Avenue, em frente  ao Outrigger Waikiki on the Beach

Em todos os hotéis de Waikiki há preços diferenciados para pelo menos três categorias, ainda que em apartamentos iguais em termos de equipamento e dimensões:  "City View",  "Partial Ocean View" e  "Ocean Front", com variações que podem até dobrar o preço. 

 Hotis 06.jpg

 

Dúzias de hotéis de todos os tipos e padrões em cada rua, bairro ou cidade, condomínios, casas para aluguel, camping e motorhome parques, hotéis de negócios, de turismo, de lazer, spas, resorts apart-hotéis, hostels, hospedagem econômica, enfim, não haverá problemas para hospedar-se na ilha. Lógico que hotéis como Kahala Hotel & Resort , Royal Hawaiian , Sheraton Moana Surfrider, Sheraton Waikiki, Renaissance Ilikai Waikiki...

Hotis 11.jpg

O enorme Hyatt Regency Waikiki não fica exatamente em frente ao mar, mas na Kalalaua Avenue, a rua da praia de Waikiki. Todavia, é um dos mais caros hotéis de Waikiki, o que significa que não basta estar em frente ao mar para ser mais caro. O que conta, fundamentalmente, é a categoria e o luxo, além da localização.  Claro que por ter torrs altíssimas quase todos os apartamentos têm vista para o mar.

Hotis 09.jpg  Hilton Hawaiian Village, Hyatt Regency Waikiki Resort & Spa, Turtlebay Resort, pra citar apenas alguns, devem ser reservados com antecedência, ainda que sejam enormes. Mas não pense que hospedar-se significa necessariamente gastar somas estratosféricas. As possibilidades de hospedagem são enormes e há, decididamente, lugar para todos os orçamentos. Desde os US$ 25,00 de um Waikiki Beachside Hostel até os US$ 550,00 de um Kahala Hotel & Resort ou nos inúmeros hotéis de luxo da ilha.

Hotis 12.jpgO Sheraton Moana Surfrider é um dos mais antigos e tradicionais hotéis de Waikiki, igualmente um dos mais caros. Estando em Waikiki, não deixe de visitar seu Lobby e Recepção e tomar um café na cafeteria Kona, à esquerda da entrada do hotel.

De todo modo, um lugar para tomar um café-da-manhã legal, ao menos uma vez, é no Duke’s, no Outrigger Waikiki on the Beach, na Kalakaua Avenue, em frente ao International Market Place (TODO mundo conhece o Duke’s).

Hotis 14.jpg

Planejando os custos de hospedagem

Categorias dos hotéis e preços (diárias):

• "Economy" = US$ 49 a US$ 89
• "Moderate" = US$ 90 a US$ 149
• "Deluxe" = US$ 150 a US$ 350
• "Luxury" = mais de US$350
(acrescer 11.41% de taxas aos preços)

As tarifas variam segundo as temporadas:

"High season" de Dezembro a Março - "Low season" de Abril a Novembro

Hotis 07.jpg

Lobby do Outrigger Waikiki on the Beach. Hotelzão 4 estrelas com pinta de 5 . Serviço de primeira e apartamento grandão e bem equipado. Internet banda larga wireless, frigobar, banheirão e varanda.

Algumas fontes de consulta de hospedagem na ilha de Oahu

( links podem eventualmente não funcionarem, ainda que todos tenham sido verificados )

Tripadvisor (link direto para os hotéis de Oahu)

http://www.tripadvisor.com/Hotels-g29222-Oahu_Hawaii-Hotels.html

Expedia (link direto para os hotéis de Oahu)

http://www.expedia.com/pub/agent.dll?qscr=htwv&from=m&stat=1&khst=1&locn=Oahu&date1=5/20/2007&date2=5/24/2007&cadu1=2&crom=1&&zz=1164893217921&

Hotis 16.jpg

No Duke's (Outrigger Waikiki on the Beach), você toma café-da-manhã olhando a piscina e o mar de Waikiki, com seus surfistas de 'longboards'.... 

Hotels.com (link direto para os hotéis de Oahu, em português)

http://www.hoteis.com/index.jsp

Travelocity (link direto para os hotéis de Oahu)

http://travel.travelocity.com/hotel/HotelDateLessList.do?marketId=62&Service=TRAVELOCITY&c=OahuTxt&s=hot_main

 

Orbitz (link direto para os hotéis de Oahu)

http://www.orbitz.com/App/ViewHotelSearchResults?retrieveParams=true&z=a70&r=3n&z=a72&r=3p&lastPage=interstitial

Yahoo Travel (link direto para os hotéis de Oahu)

http://travel.yahoo.com/p-hotel-191501923-b-1-oahu_hotels-i;_ylt=AnqqCdTJAUYQ1sX7b7iKxzzlns0A

Hotéis na área de Ala Moana (Honolulu-Waikiki)

http://www.oahu.us/alamoana_oahu_hotels.htm

Hotéis na área de Waikiki

http://www.oahu.us/oahu_hotels_waikiki_1.htm

Outrigger Hotels ( 5 hotéis em Oahu)

http://www.outrigger.com/index.aspx

Hotéis na área da North Shore

http://www.oahu.us/oahu_north_shore_hotels.htm

Bed and Breakfast na área de Hanauma Bay ( J & B's Haven)

http://home.hawaii.rr.com/jnbshaven/rooms.html

ResortQuest Waikiki Beach Tower

http://www.resortquesthawaii.com/hawaii/propertyOverview.do?propertyGroupId=25559

Hostels em Oahu ( Hostelz.com - "The Hostel Reviews Website")

http://www.hostelz.com/hostels/USA/Hawaii/Oahu

The Polynesian Hostel Beach Club ( Youth Hostel)

http://www.hostelhawaii.com/

Aloha Bed & Breakfast ( Hotel econômico)

http://home.hawaii.rr.com/alohaphyllis/

ResortQuest Waikiki Sunset (Apart-hotel)

http://royalhawaii.com/waikiki-sunset.htm

ResortQuest Waikiki Beach Hotel (Hotel médio)

http://royalhawaii.com/aston-waikiki-beach-hotel.htm

ResortQuest Pacific Monarch (Apart-hotel)

http://royalhawaii.com/Pacific-Monarch.htm

Hotis 08.jpg

Uma autêntica 'Outrigger Canoe' (feita em madeira) enfeita o Lobby do hotel Outrigger Waikiki on the Beach

Próximo capítulo: 5- Quando ir para o Hawaii?

Reader Comments (5)

Passei por aqui, primeiro para agradecer a força que você deu lá no meu blog, depois para elogiar essa série fantástica que você está fazendo sobre o Hawai. O seu blog cada vez surprende mais depois de uma série fantástica in cluindo cidades como Praga, Veneza, Barcelona, Milão...você me vêm com o Hawai, muito legal.
Arnaldo, nunca tinha vindo aqui e achei ótimo! Parabéns pelo texto e pelas fotos... Vai ser muito útil profissionalmente. Já tá no bookmark. Um abraço, Bruno. Ahhhh, grato pelo crédito da foto das havaianas, mas a idéia original é do Riq mesmo! ;-)
Hahaha... Pois sabe que eu consegui ter dificuldades de hospedagem em Honolulu?! Mas eram 10 anos a menos de experiência! Fiz o que só marinheiro de primeira viagem (e mochileira com os dólares contadinhos) faz... Cheguei na na véspera do Valentine's Day, que emendaria com o feriado do President's Day sem reservar o albergue ou um hotel baratinho, o que fosse... Por sorte consegui um hotel bem legalzinho - o Coconut Plaza, na região do Ala Wai Canal, a US$ 60 o quarto duplo, uma fortuna para quem queria pagar US$ 15 por pessoa no albergue de Waikiki...:-)
20:36 | Unregistered CommenterCarla
A Loumar Turismo é uma agência de turismo de Foz do Iguaçu especializada em receptivos pela região, leva você a qualquer lugar nas Três Fronteiras entre Foz do Iguaçu, Argentina e Paraguai. Além disso, seleciona os melhores hotéis, restaurantes e passeios de Foz do Iguaçu. Você conhecerá as Cataratas do Iguaçu, a Itaipu Binacional, o Shopping Cataratas, Argentina, Paraguai, entre outros atrativos.

Estou maravilhada com a riqueza de informações desse blog. Gostaria de parabenizá-lo.

16:09 | Unregistered CommenterMarise

PostPost a New Comment

Enter your information below to add a new comment.
Author Email (optional):
Author URL (optional):
Post:
 
All HTML will be escaped. Textile formatting is allowed.