CONHEÇA O AUTOR

          

         Depois de estabelecer-se na Internet desde 1999 escrevendo relatos de viagens em sites relacionados com o tema e, depois, em 2006, ter fundado o blog Fatos & Fotos de Viagens - um dos pioneiros da blogosfera de viagens - foi convidado a colaborar com matérias suas publicadas na Revista Viagem & Turismo (Editora Abril). Agora, Arnaldo prepara o lançamento de seu primeiro livro - "Bom dia, Addis. Adeus Etiópia" - ingressando na literatura com um livro encantador que, segundo o autor, é o primeiro de uma série.

Assim o autor define esta sua nova fase:

             "Livro é coisa séria. O que o leitor encontrará em "Bom dia, Addis. Adeus Etiópia" é diferente do que lê aqui neste blog. Da narrativa ao estilo. Em vez de uma conversa com o leitor, baseada na informalidade, no livro misturo traços desta coloquialidade e informalidade com uma escrita literária, sobretudo com profundo respeito à arte de escrever. Passo a ser um escritor, o que - de certa forma e por outro lado- é outra maneira de me expressar sobre minhas viagens, transmitindo sem fantasias o mundo que vejo - como ele é, não como o imaginava -, ainda que a leitura revele expectativas muitas vezes não confirmadas sobre o destino. Segundo o poeta e ensaísta norte-americano Henry David Thoreau, ‘Muitos homens iniciaram uma nova era na sua vida a partir da leitura de um livro’.  A partir deste primeiro livro, considero esta uma nova fase na minha vida."

Gente que escreve e encanta, fala sobre o autor:

Haroldo Castro:

            "Arnaldo Trindade Affonso é um dos viajantes equilibrados e sensatos que se lança escritor, o que, num Brasil de pouca leitura e onde a Literatura de Viagem não chega a ocupar meia estante nas livrarias, conta histórias que servirão de grande subsídio para qualquer leitor, além de ajudar a romper os preconceitos de que a África só oferece guerras, doenças e fome. Infelizmente, a riqueza cultural e natural do continente é quase sempre tão abafadas por notícias negativas que considero este livro um raio de luz na região."

Jornalista, fotógrafo, autor de “Luzes da África”, indicado para o Prêmio Jabuti 2013 na categoria Reportagens

Ronize Aline:

            "Minha opinião sobre o autor está refletida na resenha que escrevi de seu livro "Bom dia, Addis. Adeus Etiópia": ele escreve com o coração e demonstra respeito por tudo o que viu. Este livro, mais do que o relato de uma viagem à Etiópia, é uma viagem rumo a uma experiência de imersão e contemplação do outro. É como olhar para o diferente sem estranhamento ou indiferença."

Escritora, tradutora, jornalista, professora universitária e crítica literária do jornal O Globo, do Rio de Janeiro

Rachel Verano

             "Neste livro, Arnaldo tem o poder de nos transportar a um dos cantos mais fascinantes e ainda intocados do planeta. Mas de maneira ao mesmo tempo delicada e profunda, pessoal, criando intimidade com os personagens, deixando o leitor perceber cheiros, sabores e sentir as emoções de suas descobertas. Do peso do ar à alegria de dobrar a esquina, o autor consegue transmitir todo seu fascínio de estar diante de algo realmente novo."

 Jornalista passou pelas redações das revistas Viagem & Turismo, Veja, VejaSP, Glamour, TAM e Vamos/LATAM

Davi Carneiro

             "Há uma frase atribuída ao grande viajante do século 14, talvez o maior escritor-viajante de todos os tempos, Ibn Battuta: “Viajar, primeiro te deixa sem palavras, depois te transforma num contador de histórias.” Suspeito, caro leito, ser este o caso do Arnaldo, um autêntico viajante que vem se mostrando, cada vez mais, um talentoso contador de histórias. Conheço-o e o sigo desde 1996, através do seu blog, aquele que, na minha opinião, é um dos melhores de viagens da internet brasileira, tanto pela excelência fotográfica quanto pela qualidade dos textos. Com um currículo andarilho de respeito (mais de 60 países, entre eles Quirguistão, Miamar, Irã e Uzbesquistão), Arnaldo tem o mérito de ir na contramão da blogosfera profissional e monetizada: de maneira simples, autêntica e independente, preza, principalmente, a credibilidade e a confiança de seu leitor." 

 Escritor, jornalista e colaborador de diversas revistas nacionais e estrangeiras

COMENTÁRIOS
PROCURA
Quer ler outras viagens?
De onde chegam os visitantes
« Barcelona: o Parc Güell de Antoní Gaudí | Main | Malta: Lira Maltesa, o dinheiro da ilha »
Terça-feira
Set192006

Barcelona: fica na Espanha, mas...

Barcelona 2.jpg

"Mediterrânea. Dois mil anos de história. Aberta a todas as inovações. Acolhedora, plural, diversa. Uma cidade para viver e compartilhar. Em Barcelona os idiomas oficiais são o catalão e o castelhano. As duas linguas coexistem numa situação de bilinguismo similar às que existem em outras regiões do mundo."

Barcelona 1.jpg

Parc Guell         

Nesta série de “jornais” de Barcelona, o objetivo é despertar em você, leitor, a curiosidade e o desejo de conhecer ou revisitar Barcelona.  Boa viagem!

Blog Barcelona 01.jpg

          Não há como comparar Barcelona a qualquer outra cidade ou região da Espanha. Independentemente do fato de que nenhuma cidade é, em princípio, comparável a outra, Barcelona encabeça a regra. Por ser a capital da região da Catalunha - uma comunidade autônoma - ela é a que menos se sente e se expressa espanhola. A começar pelo idioma, o catalão, uma lingua estranha na sonoridade, talvez por ser uma das menos faladas no mundo, cuja sonoridade é de um espanhol modificado, um misto de francês com latim, algumas palavras em português e italiano. E só se fala por lá. Talvez apenas as regiões da Galícia e dos Bascos sejam tão comparáveis à Catalunha, tão altamente nacionalistas, separatistas.   Coisas da Espanha.

Blog Barcelona 02.jpg

          Basta perceber a rivalidade entre Barcelona e Madri - a Capital do país - para compreender que em tudo e por tudo, as diferenças vão para muito além de simples bairrismo.  E, como bem dizem os francese,  “Viva a Diferença!”.    Para mim, a Espanha é turisticamente o país mais interessante do mundo e Barcelona uma entre as três cidades mais atraentes do planeta.  Ali, juntinho,  par e passo com Paris e Praga.

Blog Barcelona 03.jpg

          E não é apenas no idioma que se percebe que Barcelona é menos espanhola do que o restante do país. Se compararmos a Espanha andaluza com a catalã, parece que estamos em países diferentes, ainda que vizinhos. Se você for a Barcelona e quiser encontrar aquelas "espanholices" mais típicas como mulheres vestidas com os trajes tradicionais andaluzes e todos os adereços correspondentes (castanholas e leques, véus e rendas...), veio à região errada.  Dê uma esticada à belíssima Andaluzia e encontrará tudo o que mais nos remete à Espanha quando imaginamos aquele país.   Nem mesmo “as cores dos filmes do Almodóvar”, como disse Calcanhoto.  

Blog Barcelona 04.jpg

          Todavia encontrará em Barcelona - abundantemente,  outros ícones igualmente atraentes e culturalmente fantásticos: Gaudi, Dalí e Miró, ainda que turisticamente sejam menos reconhecidos.  De todo modo, na Catalunha não encontrará os touros Miúra, mas os maravilhosos azeites extra virgens e a fantástica comida espanhola o acompanharão também aqui.  Os chapéus de toureiro e os belíssimos “cavallos andaluces” ficarão mesmo em Sevilha.

Blog Barcelona 05.jpg

          O ponto alto de Barcelona talvez seja a riquíssima arquitetura, que vai do gótico ao modernismo tão proximamente quanto dois lados de uma rua. Especialmente o modernismo tem personalidade notável em Barcelona e ainda mais expoente nas mãos de Gaudí, com sua arquitetura orgânica que não encontra similaridade em qualquer outro lugar do planeta.  Somente Praga rivaliza com Barcelona como um destino turístico especialmente atraente para arquitetos.         

Reader Comments (10)

O banner Ficou muito Bonito!

Arnaldo fui a Barcelona ano passado e me encantei. Singapura e Barcelona são minhas cidades modelo. Se eu tiver uma chance de colocar uma dessas duas cidades no meu roteiro, nem que seja por um dia, eu coloco.

Las Vegas fui este ano, na volta do Japão. Por estar vindo de um lugar Zen, acho que senti o golpe da crescente Las Vegas. Impressiona,gostei, mas não o suficiente para me tornar frequentador. Mas que vale mais a pena pagar para ver o Cirque du Soleil lá, isto vale.
23:18 | Unregistered CommenterRodrigo
Barcelona toda ela se reveste de encanto, maravilha aos olhos de qualquer um, para mim que aprecio muito arquitectura e mesmo para aqueles que não apreciam penso que nunca ficariam indeferentes perante tanta beleza arquitectónica! Sem dúvida o paraíso da arte...desde a maravilhosa e gigante Sagrada Família, passando pelo casa Batló, a casa Millá, o parc Guell, todos os majestosos e fascinantes edificios de Gaudí...adorei a vista do Tibidabo, como é belo apreciar Barcelona bem lá do alto...O Camp Nou, para apreciadores ou não de futebol, certamente não ficaram indeferentes a um magnifico e mítico estádio...Um passeio pelas Ramblas também se recomenda...ah e nunca esquecendo de fazer uma visita ao fantástico Hard Rock..."Uau xD" espressão para descrever a fantástica sensação de contemplar algo tao espectacular, local obrigatório para todos os amantes da música, e para todos os outros recomenda-se vivamente=) Quero lá voltar! Saudades=/
19:00 | Unregistered CommenterAlexandra

Caro Arnaldo,

E com satisfacao que venho acompanhando o seu blog, e afirmo-lhe ser muito gratificante apesar de ser um bom andarilho com mais de 40 anos de excelentes experiencias no campo de viagens.
No momento pretendo fazrt o trajeto de Barcelona a Roma pela Costa, atravessando a costa Brava e Rivieras Francesas e Italianas de automovel.
Vc poderia me dar umas dicas deste roteiro.
De Roma vou a Praga, Budapest para finalmente de Paris retornar ao Brasil.
Acredito que posso gastar umas 3 semanas.
O que me orienta com sua experiencia, onde posso encontrar um bom roteiro de padas e hoteis na costa,

Forte abraco,

Wilson Santos

Estou fazendo um trabalho de colégio sobre Barcelona e essa página me ajudou bastante...

21:04 | Unregistered CommenterMaria

oi

Adorei ler este post, sobre a cidade onde moro e pela qual me apaixonei já há quase uma década... Um abraço e parabéns novamente pelo blog.

Ola amigo, realmente Barcelona é uma cidade maravilhosa, tudo ali faz diferença com a arquitetura de Guadí. Um bom passei pela Las Ramblas,nos sentimos turista de muitos outros paises, tanta gente com caractesrísticas diferentes,sons de varios idiomas,claro falamos do eixo turisto da catalunia!Já estive lá, muitas vezes, inclusive,cheguei a um mes, pois tenho um filho que mora nessa bela cidade,foi para se pós graduar, se encantou tanto pela magia e cultura catalunia que permanece no mediterraneo!! Não deixem de visita-la.

Ola,estamos organizando nossa 1° viagem para Europa,terminaremos em Paris,onde ficaremos 02 dias,depois 03 dias em Madrid e 03 dias em Lisoa,pois Madrid e Lisboa não estão no roteiro.
Desejo sugestões de lugares em Madrid e em Barcelona, lugares para conhecer,restaurantes,compras se valem a pena,enfim se possível todas as suas dicas de lugares que não podemos deixar de conhecer.


Aguardo resposta e amei as fotos,abraços
Fátima Gondim

Sabe eu nunca viajei a europa mas fiquei realmente encantada com o seu blog, pois eu adoraria conhecer Barcelona.Acho um lugar bastante encantador e agradeço muito por dar informaçoes sobre este lugar maravilhoso que é Barcelona!

OI Arnaldo. Quanto tempo! Cheguei hoje a Barcelona. Um frio! Nossa bem melhor a temperatura de 27 graus que deixei em Dubai. Bom, eu vim em férias com o marido que sendo piloto da Emirates ganhamos a mordomia das passagens e desconto na diária do hotel da tripulação o que nos proporciona sair duas vezes por ano a conhecer os locais que nos desperta desejo de estar nele por alguns dias. É fato que o que muito nos facilita no deslocamento e no custo é estarmos no centro geográfico do mundo e em condições de dependentes da Emirates Airline, rsss..
Quero te contar o seguinte: Estando eu ainda morando em Dubai e atuando na área e turismo por lá venho com o vício de usar o mesmo critério que uso com meus turistas, inicio com uma visão geral da cidade com alguém apontando os pontos principais e penso em usar o BIG BUS e depois voltar aos que mais me interessar com calma para fotografar e curtir o local com a mesma calma de quando fazemos uma prece em silêncio. Você teria outra dica de como iniciar estes passeios ? Meu receio é estar cometendo um êrro por ser os Emirados a minha escola e lá tudo é bem novo e e pode estar me confundindo. Um grande abraço e siga colocando as dicas de viagem que tanto nos ajuda. solangebarros@globo.com

PostPost a New Comment

Enter your information below to add a new comment.
Author Email (optional):
Author URL (optional):
Post:
 
All HTML will be escaped. Textile formatting is allowed.