MENSAGEM ao LEITOR
CONHEÇA QUEM ESCREVE

BEM-vindo ao Fatos & Fotos de Viagens, um blog sem jabá e não vulgar

        EXISTE no viajar e no escrever relatos de viagens um terreno fértil para demonstrações de arrogância. É algo simplesmente disseminado. Tanto no mundo virtual quanto na literatura. Mas o que o maravihoso mundo da viagens precisa é de mais viajantes humildes, não de "especialistas" caga-regras que determinam de tudo: desde como arrumar sua mala ao único tipo que você deve comprar, do lugar que você tem que ir, caso contrário sua viagem será uma merda. Nunca tão maravilhosa como a dele. As classificações dos lugares também. Tem sobrado superficialidade a egocentrismo. Autores assim não percebem que tudo é muito subjetivo e pessoal, que a experiência e o prazer de alguém não será necessariamente igual ao de outro.  Sobretudo as necessidades.

      A blogosfera "profissional e "monetizada" vulgarizou-se e tornou-se banal. Carecemos de gente que escreva para motivar e inspirar, para alargar horizontes, de viajantes que "mostrem" os lugares em vez de "ensinarem" a viajar. Moderadamente, ponderadamente, sem afetação típica de deslumbrados que viajam pela primeira vez em classe executiva e precisam espalhar para o mundo em resenhas risíveis. Ao contrário, a blogosfera

       ESTE blog, ao contrário, não fez concessões à vulgarização dos blogs depois da "profissionalização" e da monetização de alguns. Ao contrário, este é um blog singelo, simples, pequeno, inexpressivo na blogosfera, não despesperado por audiência nem seu autor se dedica mais à sua divulgação nas redes sociais do que à escrita. Tento dar graça à leitura e consolidar algo que prezo muito: confiabilidade, credibilidade.

        COMECEI a viajar tarde, você sabe. Por falta de dinheiro. Até que um dia viajei pela primeira vez ao exterior. Eu tinha 35 anos. Fui assim apresentado ao então desconhecido mas fabuloso mundo das viagens. Jamais, todavia, pensaria visitar mais de 60 países, alguns muito improváveis à época. Irã, Uzbequistão, Myanmar, Etiópia, Quirguistão entre eles. Mas foi recentemente que compreendi que as viagens ficam pra sempre, não as coisas. E que é por esse mundo ser tão diverso, por cada país ser tão diferente, que me parece tão atraente e divertido.

       NÃO sou escritor profissional. Tampouco jornalista. Mas invejo esses profissionais por dominarem o idioma, a gramática e as palavras.  Ainda assim, faço meu melhor, meu caro, estimado, raro e precioso leitor. Então, peço-lhe que considere algo: que mesmo escrevendo com sensibilidade e responsabilidade, incorro em erros. Se quiser, aponte-os. Tanto gramaticais quanto de digitação. Como tenho revisor profissional, antes de publicar dou curso a incansáveis revisões. E também submeto-os ao crivo de minha esposa. Ainda assim, alguns nos escapam.

      SOU brasileiro, empresário e casado com a Emília do blog "A Turista Acidental" e desde que a conheci (e antes mesmo de nos casarmos), tornou-se a "mais-que-perfeita" companheira de vida, de idéias, de projetos e ideais, sobretudo encantadora, adorável e inspiradora companhia de viagens e de aventuras. Com ela compreendi o que significa "prazer de viajar". Foi (e continua sendo) minha melhor fonte de inspirações e de motivações. Tanto que qualifico minhas viagens como "antes e depois" da Emília e "antes e depois" da Índia. Foi com ela que percebi o que quis dizer Érico Veríssimo com "Quem caminha sozinho pode até chegar mais rápido, mas aquele que vai acompanhado certamente chegará mais longe." Somos pais de gêmeos - uma menina e um menino - nascidos em julho de 2015, e de um filho de 34 anos do meu primeiro casamento, em quem o gosto pelas viagens pareceincorporado. Não sou avô, mas as coisas estão bem encaminhadas neste sentido.

       HOJE com 64 anos (boa parte deles dedicados à família e ao trabalho), foi apenas aos 35 que pude começar a viajar internacionalmente. Desde então visitei 61 países, entre os quais alguns dos mais fascinantes e com os sítios mais admiráveis do planeta. Felizmente, para alguns deles ainda a salvo do turismo de massa, cujos excessos arruinam qualquer lugar. Em março de 2006, quando iniciei este blog, o fiz como meio de comunicação com a família e amigos. Anos mais tarde eu descobri o poder de contar histórias em textos e fotografias, e logo ele tomou outro rumo, provavelmente porque os leitores gostavam dos textos e das fotos, ou então porque na época havia pouquíssimos blogs.

       FIZ cerca de 90 viagens internacionais, voei por 40 cias. aéreas diferentes (algumas extintas) em 391 vôos para fora do Brasil e dentro de outros países e em todas as classes possíveis. Segundo Haroldo Castro - jornalista-fotógrafo-escritor que já esteve em 160 países -, o maior viajante que conheço, em seu teste "Viajologia" que se pode fazer em seu site, que considera não apenas a quantidade de países visitados, mas lugares, monumentos e patrimônios, além de transportes, experiências e situações difícieis porque passam os viajantes, alcancei "Mestrado em Viajologia". Mas isso não é nada diante de gente que lá já "graduou-se" em pós-doutorado.

Escrevo este blog sob uma perspectiva lúcida e sem concessões à monetização sem critérios

        Eliminei o contador de visitas deste blog quando marcava mais de 6 milhões. Audiência hoje em blog é decadente. Viajar, escrever e publicar algo que inspire e icentive o leitor é o que mais me motiva. NUNCA como blogueiro interventor nas viagens alheias, ou caga-regras dizendo como alguém deve viajar e que tipo de mala usar e essas chatices que definem as pessoas homogeneamente.Parece ser o que traz os leitores até aqui. Ou porque gostem de fotografia, para além da leitura odepórica, como eu. E por este blog não ter captulado à ambição e vaidade que levou tantos autores de blogs à monetização sem critérios, sobretudo enganando leitores, cada dia torna-se menorzinho e menos importante. Se continuarem assim, os blogs precisarão ser reinventados. Este aqui nasceu livre e assim será até morrer. Por enquanto estou sempre por aqui. Nem que seja em pensamento. Só não sei até quando.

         Agradeço a visita e os comentários e desejo boa viagem aos leitores.

Em tempo: este blog não integra nenhuma associação disfarçada de incentivos à monetização. Mas se um dia fundarem a ABBLI (Associação Brasileira de Blogs Livres e Independentes), por favor, me convidem!

#blogsemjaba

COMENTÁRIOS
RSS - Quer subscrever?
AddThis Feed Button

Share/Bookmark

VIAJE neste blog

Fotos de viagens
PROCURA
Quer ler outras viagens?
De onde chegam os visitantes
« Las Vegas: O novíssimo Resort Cassino Wynn | Main | Hawaii (Oahu) - Introdução »
Sábado
Jan132007

las Vegas: ALL YOU NEED IS… LOVE! Cirque du Soleil

Eu não preciso de muitos motivos para escolher Las Vegas como cidade para terminar uma viagem ao Havaí ou ao Oeste americano antes de retornar ao Brasil. Assistir ao mais novo show do Cirque du Soleil, o LOVE!, dos Beatles, é uma a mais. E igualmente forte.

Assista ao trailer oficial:

http://www.mirage.com/entertainment/entertainment_cirque_trailer.aspx

Love Las Vegas 01.jpg

http://www.cirquedusoleil.com/CirqueDuSoleil/en/showstickets/love/intro/intro.htm

A apresentação de LOVE acontece no espetacular teatro 360 graus do hotel The Mirage, em Las Vegas, 360 graus, com projeções de vídeo de alta definição, imagens digitais móveis de 30 metros, um sistema de som surround panorâmico com alto falantes nos encostos de cada poltrona que envolvem a platéia de maneira arrebatadora e foi resultado de um projeto artístico conjunto da empresa dos Beatles, a Apple Corps Ltd., com uma parceria teatral importante, o Cirque du Soleil, resultado da amizade pessoal e admiração mútua entre o falecido George Harrison e Guy Laliberte, fundador do Cirque du Soleil.

Love Las Vegas 02.jpg

Os espetáculos de pré-lançamento começaram em 2 de junho de 2006 e a Première de Gala foi numa sexta-feira, 30 de junho de 2006. Os Beatles ainda vivos estiveram em Las Vegas na Première de Gala do belíssimo show musical dedicado pelo Cirque du Soleil às canções dos "Fab Four" (os quatro fabulosos de Liverpool).

Love Las Vegas 05.jpg

Além de Paul McCartney e Ringo, também compareceram Yoko Ono e Olivia Harrison, além da primeira mulher de John, Cynthia, e o filho do casal, Julian. Muitas personalidades e estrelas, como o citarista indiano Ravi Shankar, o cantor dos "Beach Boys", Brian Wilson, o ex-cantor dos Blondie, Debby Harry e o guitarrista de Bruce Springsteen, Steve Van Zandt, estiveram na estréia

Love Las Vegas 08.jpg

O espetáculo apresenta alguns dos principais personagens das canções dos Beatles, como Lady Madonna, Eleanor Rigby e Sargent Pepper e é a primeira vez que a Apple Records, gravadora dos Beatles, aceita emprestar uma música para um espetáculo, através de uma licença especial com duração de três anos.

Love Las Vegas 03.jpg

LOVE associa a competência do Cirque du Soleil com as incríveis melodias dos Beatles e tudo se resume num espetáculo emocionante, fascinante, tocante, encantador. Usando gravações originais dos estúdios de Abbey Road, George Martin criou a trilha sonora exclusiva para o espetáculo LOVE.

Love Las Vegas 06.jpg

Dominic Champagne, do Cirque du Soleil dirigiu e escreveu o show e consegui captar magnificamente o espírito do grupo desde seu início até a separação de John, Paul, George e Ringo. LOVE traz todo aquele espírito de maneira empolgante, emocionante e de beleza exuberante.

Love Las Vegas 09.jpg

O espetáculo se desenvolve entre músicas e cenas com a participação de um elenco internacional com 60 artistas, dentre eles, 4 brasileiros, e sintetiza toda a energia dos Beatles em performances circences em estilo cirque-du-soleil, de esportes radicais (skate), balé e street dance.

Love Las Vegas 04.jpg

O disco da trilha sonora original do espetáculo - cujo título é ''Love'' - já está à venda nas lojas de todo o mundo.  Das 27 canções de ''Love'', 14 estão do CD: 1. ''Because'' - só os vocais como está na coleção de CDs "TheBeatles anthology'', mas com efeito de pássaros como em ''Blackbird''. 2. "Get back" - acaba com as cordas de "Glass onion", citação de "Hello good-bye". 3. "Eleanor Rigby" - Tem o violão de "Julia", citação de "Strawberry fields for ever" e as cordas de "A day in the life". 4. "A hard day's night" - Gravação original misturada à versão ao vivo gravada no Hollywood Bowl. 5. ''Something'' - Com a introdução de "Sun King" ao contrário. 6. ''Being for the benefit of Mr. Kite'' - Com risos e gritos de várias gravações, acordeom de "Cry baby cry", efeitos de som de "Good morning good morning", risos de "Piggies", efeitos de "I want you (She's so heavy)" e "Helter skelter". 7. ''Girl'' - Com a introdução de "Blackbird", citação de "Lucy in the sky with diamonds", bateria de "Being for the benefit of Mr. Kite" e violão de "And I love her". 8. "Strawberry fields forever" - Citações de ''Penny Lane,'' ''In my life,'' ''Piggies,'' ''Hello goodbye''. 9. ''Within you without you'' - Com a bateria de "Tomorrow never knows". 10. "Lucy in the sky with diamonds" - Introdução refeita, sopros de ''Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band''. 11. "Octopus's garden" - Cordas de "Good night", bateria de "Lovely Rita", citação de "Polytheme Pam". 12. "Lady Madonna" - Percussão de "Hey bulldog", solo de Eric Clapton em ''While my guitar gently weeps''. 13. "Here comes the sun" - Vocais de ''Oh Darling,'' tabla de ''Within you without you,'' baixo de ''I want you (She's so heavy)''. 14. "Hey Jude" - Um baixo que entra no meio da canção foi colocado na canção inteira com mais destaque.

Reader Comments (11)

Que céu azul em Las Vegas em Arnaldo? Você deixou todo mundo com muita voltade de ver o espetáculo do Cirque du Soleil.

Abraço!!

Marcio
http://ajanelalaranja.blogspot.com/
13:59 | Unregistered CommenterMarcio
E eu que estava a prever uma viagem a Las Vegas este ano... Infelizmente por motivos pessoais terá que ficar adiada para outra altura, mas com estas fotos a vontade de conhecer cresceu ainda mais.
Saudações Atlânticas!
19:48 | Unregistered Commenterroadrunner
Arnaldo,

De onde é a foto do banner?

O show é mais para agitado ou reflexivo? Quando vi o trailer antes da inauguração do show, achei que as músicas escolhidas tinham a intenção de fazer um espetáculo mais reflexivo sobre a obra. Trailer é trailer, show é show!

Gostei muito da decoração externa do teatro do Mirrage, ficou muito bonita. Mas fiquei com um pé atraz por causa daquele show do vulcão, que por sinal fica sem graça diante da fonte do Belaggio.
16:05 | Unregistered CommenterRodrigo
Rodrigo, a foto do banner ficou bonita, né? (modesto eu, não?...) Bem, fica na ÁSIA do Disney´s Animal Kingdon, especialmente na área que simula o Himalaia. Aquela " montanha ao fundo é, evidentemente, como tudo, construído pelo homem, copiando o original. Por dentro e por seu exterior corre a mais nova atração do parque, a montanha russa denominada "Expedition Everest", que recria a história do encontro do homem com o "Yeti". A montanha tem mais ou menos 60 metros e a amgientação é perfeita. Vou mostrar mais em breve numa reportagem a ser publicada aqui. Bem, a respeito do espetáculo LOVE, tenho a dizer que NADA tem a ver com a breguice do vulcão (que sinceramente está bem dentro do contexto do que é Las Vegas, lugar que é de muitas e boas diversões, mesmo para quem passa ao largos da jogatina.....). O espetáculo, todavia, é de extremo bom gosto, muitíssimo emocionante e empolgante, equilibrando muitíssimo bem o que se vê nos espetáculos do Cirque du Soleil, num espetáculo de música e dança. ele consegue ser altamente reflexivo em alguns momentos e muito circense em outros. O resultado final é um espetáculo com elevado grau tecnológico e sofisticação visual. Enfim, foi uma das coisas mais bonitas em termos de espetáculo na vida!
Arnaldo,

Quase perguntei se a foto era da Disney, mas pensei duas vezes. Aranldo e Disney combinam? Achei que não e para não cometer uma gafe, optei por tirar essa parte da pergunta! Rsrs..

Um abraço
14:51 | Unregistered CommenterRodrigo
Arnaldo e Disney combinam perfeitamente! Assim como Arnaldo e Barcelo,a Arnaldo e Praga, Arnaldo e São Paulo, Arnaldo e Rio de Janeiro, Arnaldo e muitio mais!
Muito bom gosto como sempre, as suas fotos. Talvez até melhor do que o original, pois o seu olhar é mágico. Parabéns.
PS: também achei que Arnaldo não tinha nada a ver com Disney.
abraços
0:07 | Unregistered Commenterbete
Pô, obrigado, Bete, valeu! Apareça!

Las Vegas + Cirque du Soleil = combinação perfeita!!!!!!!

Isso que dá morar no Brasil nunca um espetáculo desses virá pra cá!!!
Aqui só Axé, Sertanejo e Pagode como pode??????????
Indignação TOTAL!!!!!!!!!!!

18:11 | Unregistered CommenterGastão

Parabéns pelo seu bom gosto para a melhor banda de rock de todos os tempos!!!

18:16 | Unregistered CommenterGastão

PostPost a New Comment

Enter your information below to add a new comment.
Author Email (optional):
Author URL (optional):
Post:
 
All HTML will be escaped. Textile formatting is allowed.