CONHEÇA O AUTOR

          

         Depois de estabelecer-se na Internet desde 1999 escrevendo relatos de viagens em sites relacionados com o tema e, depois, em 2006, ter fundado o blog Fatos & Fotos de Viagens - um dos pioneiros da blogosfera de viagens - foi convidado a colaborar com matérias suas publicadas na Revista Viagem & Turismo (Editora Abril). Agora, Arnaldo prepara o lançamento de seu primeiro livro - "Bom dia, Addis. Adeus Etiópia" - ingressando na literatura com um livro encantador que, segundo o autor, é o primeiro de uma série.

Assim o autor define esta sua nova fase:

             "Livro é coisa séria. O que o leitor encontrará em "Bom dia, Addis. Adeus Etiópia" é diferente do que lê aqui neste blog. Da narrativa ao estilo. Em vez de uma conversa com o leitor, baseada na informalidade, no livro misturo traços desta coloquialidade e informalidade com uma escrita literária, sobretudo com profundo respeito à arte de escrever. Passo a ser um escritor, o que - de certa forma e por outro lado- é outra maneira de me expressar sobre minhas viagens, transmitindo sem fantasias o mundo que vejo - como ele é, não como o imaginava -, ainda que a leitura revele expectativas muitas vezes não confirmadas sobre o destino. Segundo o poeta e ensaísta norte-americano Henry David Thoreau, ‘Muitos homens iniciaram uma nova era na sua vida a partir da leitura de um livro’.  A partir deste primeiro livro, considero esta uma nova fase na minha vida."

Gente que escreve e encanta, fala sobre o autor:

Haroldo Castro:

            "Arnaldo Trindade Affonso é um dos viajantes equilibrados e sensatos que se lança escritor, o que, num Brasil de pouca leitura e onde a Literatura de Viagem não chega a ocupar meia estante nas livrarias, conta histórias que servirão de grande subsídio para qualquer leitor, além de ajudar a romper os preconceitos de que a África só oferece guerras, doenças e fome. Infelizmente, a riqueza cultural e natural do continente é quase sempre tão abafadas por notícias negativas que considero este livro um raio de luz na região."

Jornalista, fotógrafo, autor de “Luzes da África”, indicado para o Prêmio Jabuti 2013 na categoria Reportagens

Ronize Aline:

            "Minha opinião sobre o autor está refletida na resenha que escrevi de seu livro "Bom dia, Addis. Adeus Etiópia": ele escreve com o coração e demonstra respeito por tudo o que viu. Este livro, mais do que o relato de uma viagem à Etiópia, é uma viagem rumo a uma experiência de imersão e contemplação do outro. É como olhar para o diferente sem estranhamento ou indiferença."

Escritora, tradutora, jornalista, professora universitária e crítica literária do jornal O Globo, do Rio de Janeiro

Rachel Verano

             "Neste livro, Arnaldo tem o poder de nos transportar a um dos cantos mais fascinantes e ainda intocados do planeta. Mas de maneira ao mesmo tempo delicada e profunda, pessoal, criando intimidade com os personagens, deixando o leitor perceber cheiros, sabores e sentir as emoções de suas descobertas. Do peso do ar à alegria de dobrar a esquina, o autor consegue transmitir todo seu fascínio de estar diante de algo realmente novo."

 Jornalista passou pelas redações das revistas Viagem & Turismo, Veja, VejaSP, Glamour, TAM e Vamos/LATAM

Davi Carneiro

             "Há uma frase atribuída ao grande viajante do século 14, talvez o maior escritor-viajante de todos os tempos, Ibn Battuta: “Viajar, primeiro te deixa sem palavras, depois te transforma num contador de histórias.” Suspeito, caro leito, ser este o caso do Arnaldo, um autêntico viajante que vem se mostrando, cada vez mais, um talentoso contador de histórias. Conheço-o e o sigo desde 1996, através do seu blog, aquele que, na minha opinião, é um dos melhores de viagens da internet brasileira, tanto pela excelência fotográfica quanto pela qualidade dos textos. Com um currículo andarilho de respeito (mais de 60 países, entre eles Quirguistão, Miamar, Irã e Uzbesquistão), Arnaldo tem o mérito de ir na contramão da blogosfera profissional e monetizada: de maneira simples, autêntica e independente, preza, principalmente, a credibilidade e a confiança de seu leitor." 

 Escritor, jornalista e colaborador de diversas revistas nacionais e estrangeiras

COMENTÁRIOS
PROCURA
Quer ler outras viagens?
De onde chegam os visitantes
« Cruzeiro pelo Mediterrâneo - Capítulo TRÊS | Main | Cruzeiro marítimos - Introdução »
Terça-feira
Nov202007

Cruzeiros marítimos: Costa Cruzeiros - Buon giorno! Buona sera! Capítulo 2

CRUZEIROS%20LOGO%20Costa%20Cruises.bmpO Costa Atlântica por fora e por dentro

 

 

(habilite o som de seu computador e viaje comigo na música)

          A certeza de que a viagem seria recompensadora já se percebia logo no check-in. O navio é fantástico e toda a viagem foi uma surpresa adorável. Do princípio ao fim. Minhas duas impressões mais marcantes foram no primeiro contato, durante o check-in, e no último, ao check-out: a organização impecável da Costa Crociere.    

       CRUZEIRO%20Costa%20000.jpg

Não há como não impressionar-se com as dimensões do Costa Atlântica, especialmente quando ele está atracado...

          PARA quem tinha uma visão tão negativa e preconceituosa com cruzeiros marítimos eu estava mesmo pagando por todo meu preconceito.  Após o check-in todas as demais experiências foram quase que acessórias, verdadeiramente decorrentes da irrepreensível organização geral. Até mesmo do fantástico voucher, que é um completo caderno que contém todas as informações que vc precisa em primeira etapa, e em português, é muito bacaninha, caprichado, personalizado. Não há nenhum ponto não esclarecido.

493463-1153587-thumbnail.jpg      493463-1153595-thumbnail.jpg

A proa e a lateral do navio, com detalhe das varandas das cabines externas

          MINHA segunda boa surpresa foi ao verificar que a equipe do navio era não apenas eficiente, eficaz e atenciosa, mas extremamente simpática. Daí por diante cada uma das más expectativas que tinha sobre algo eram plenamente recompensadas por algo bom e agradável. A maior delas era mesmo a questão de ter que me sujeitar a programações e atividades das quais não gosto, tais como “Noite do Comandante”, entre outras. Elas existem, mas você participa delas se desejar. E mais: não corre o risco de ser encarado como anti-social se não quiser participar delas, como já ocorreu comigo na época em que eu frequentava hotéis-fazenda e resorts quando tinha filho pequeno.

_________________________________________

 O melhor lugar do mundo é onde estou:  aqui e agora.    

          NADA melhor do que evoluir e amadurecer para reduzirmos os preconceitos que todo ser humano carrega consigo em menor ou maior graus.  Ao menos temporariamente aprendi a ser menos crítico, quero dizer, antecipadamente crítico em relação às coisas.  Trazendo isso para viagens a turismo, passar a enxergar o mundo como ele é, sem preconceitos, não significa que devamos ser meramente contemplativos e desprovidos de opiniões.

CRUZEIRO%20Costa%20002.jpg

Observar o Pôr-do-Sol ao sairmos de um porto para navegação noturna ao próximo destino é um must

           ALIÁS, tão recomendável quanto não ter preconceitos é ter preferências e exercê-las. Acredito vivamente que esta é uma das boas maneiras de encontrarmos a felicidade, o que por sí só é o que faz a vida ter sentido:  ser feliz.  A ausência de preconceitos não significa necessariamente que devemos gostar de tudo, linearmente de tudo.  Ao contrário, não ter preconceitos significa desembaçarmos a visão, aprimorarmos o foco e nos concentrarmos no alvo. As chances de acertamos na mosca serão bem maiores.   Basta não termos opiniões críticas antecipadas a respeito das coisas e esperarmos por nossas próprias conclusões que meio caminho já estará percorrido! As opiniões finais é que contam.  Preconceito é o mesmo que  “não vi e não gostei”. 

CRUZEIRO%20Costa%20001.jpg

A luz do fim da tarde, que todo fotógrafo gosta

           DURANTE este cruzeiro, num determinado momento eu estava a pensar exatamente nisto. Logo após desatracarmos do Porto de Katakolon, na Grécia, e seguirmos  viagem, o sol se punha e resolvi registrar aquele belo momento. Eu já estava no deck observando as manobras, absolutamente só, completamente encantado com aquela luz do entardecer pela qual todo fotógrafo espera. Resolvi deixar de registrar o momento em fotos e passar a contemplá-lo. 

Cruzeiro%20Mediterrneo%20Costa%2002.JPG

O anoitecer na proa do Costa Atlântica atracado em Marmaris, Turquia

           ENQUANTO fazia isso e admirava aquele breve instante entre o fim do dia e o início da noite, apoiei-me no para-peito do deck enquanto ouvia “Travels” e "Always and Forever" de Pat Metheny e Lyle Mays (que você está tocando se você habilitar som em seu computador).  Deixe rolar "Always and Forever" e perceba o que quero dizer com assistir e contemplar a beleza da natureza, emocionar-se com ela, mesmo com algo que se repete diariamente e muitas vezes não percebemos. 

           TODAVIA, naquele momento, ainda que eu estivesse a ouvir aquela melodia incrível de Pat Metheny, lembrei-me mesmo foi da canção de Gilberto Gil, “Aqui e Agora”.  Compreendi o quanto meu preconceito acerca dos cruzeiros marítimos poderia ter-me impedido de viver momentos tão bons como aquele:

Cruzeiro%20Mediterrneo%20Costa%2011a.JPG

  Aqui e agora

(Gilberto Gil)

O melhor lugar do mundo é aqui e agora

O melhor lugar do mundo é aqui e agora 

Aqui, onde indefinido, agora, que é quase quando

Quando ser leve ou pesado deixa de fazer sentido

Aqui, onde o olho mira, agora, que o ouvido escuta

O tempo, que a voz não fala mas que o coração tributa

Aqui, onde a cor é clara, agora, que é tudo escuro

Viver em Guadalajara dentro de um figo maduro

Aqui, longe, em Nova Deli, agora, sete, oito ou nove

Sentir é questão de pele, amor é tudo que move

O melhor lugar do mundo é aqui e agora

O melhor lugar do mundo é aqui e agora...

______________________________________________________

          EVIDENTEMENTE que há um conjunto relevante de fatores que excede qualquer planejamento, pesquisa, e que interfere no sucesso ou não de uma viagem. Muitos desss fdatores até conspiram contra, mas o mais imprevisível deles é mesmo o fator  "sorte".   Você acredita em sorte?   Nossa vida a bordo do Costa Atlântica não poderia ter sido mais preenchidade de sortes. Até memso por conta dos nove brasileiros que embarcaram no navio, além de nós. Eram uma família do Rio de Janeiro, composta por três filhos adultos e seus pais idosos, todos pra lá de educados, sorridentes e simpáticos. Verdadeiramente agradáveis. além deles, um simpático jovem casal nos seus 20 e poucos anos, em Lua-de-Mel, ele piloto de avião, ela fisioterapeuta, do Pantanal do Mato Grosso. Que garotos educados e agradáveis!

CRUZEIRO%20Costa%20BLOG%20Cap%202%20001.jpg

           FINALMENTE, um casal, de Santos - SP, um professor com sua simpática esposa. Além desses brasileiros, um casal de dentistas venezuelanos agradabilíssimos com quem tivemos o prazer de estar por várias vezes e conversar, trocar e-mails e fotos. E é uma gente mais preocupada com a saúde e excessos na alimentação. Não se vê aquele povo comendo desesperadamente. Come-se normalmente, não como se fosse a última coisa a fazer na vida ou a melhor a se fazer num cruzeiro, como ocorre nos cruzeiros da Carnival.

Detalhes e cuidados são a tônica na decoração do navio. Acima, a porta da Lan House

CRUZEIRO%20Costa%20004.jpg

As janelas das varandas e os escaleres salva vidas

          UMA das coisas que mais me incomoda em navios de cruzeiro é o fato de sermos obrigados a nos sentarmos numa mesa com pessoas que não conhecemos e de diversas nacionalidades. Não que eu tenha dificuldades em me relacionar, ao contrário. Mas não é lá assim tão agradável termos que tomar café da manhã, almoçar e jantar com pessoas que não conhecemos e. lém de tudo, termos que ser protocolares, como se estivéssemos a trabalho. O bom da Costa Crociere é o cuidado em colocar as pessoas em grupos da mesma nacionalidade. Tal prática não poderia ter sido melhor: nos surpreendemos ao verificarmos na primeira noite que estávamosna mesma mesa daquela simpática e agradávl família de brasileiros!  O clima era de cordialidade entre todos e o que era melhor, não havia enormes disparidades entre níveis sociais e culturais. Um ambiente ideal para confraternizar, fazer amigos e conversar.

493463-1153602-thumbnail.jpg 493463-1153618-thumbnail.jpg 493463-1153613-thumbnail.jpg 

Detalhes das áreas de recreação externas do Costa Atlântica

         HAVIA turnos para as refeições, é fato, mas havia também um restaurante self-service e informal, além de um restaurante a la carte e o navio tem opções de entretenimento com possibilidades de agradar a todo tipo de hóspede e que possibilite que seja em grupo ou individualmente. E com relação a turnos a Costa é novamente sensacional: se você é brasileiro pode pedir que seja sentado à mesa com outros brasileiros. Se tem conhecidos que viajarão no navio, pode, igualmente solicitar que se sente à mesa com eles.

CRUZEIRO%20Costa%20Atlntica%20interior%20e%20exterior%20%20071.JPG

O Lobby e seu Piano Bar e a Recepção ao lado direito 

           ALÉM de piscina, hidromassagem, spa e salão de beleza, massagem, academia de ginástica com aparelhos de última geração, há shows, música ao vivo, bares, biblioteca, sala de jogos, casino, sala de carteado, lan house, 3 teatros, sendo um enorme e dois pequenos, atividades e jogos organizados por profissionais tanto para adultos quanto para crianças, bares, cafeteria, sala de jogos eletrônicos, capela e sala de atividades infantis e um mini shopping center. Muitas atividades eram extremamente interessantes, como os cursos e demonstrações de culinária e técnicas de massagem, quanto as de escultura no gelo e exposições de jóias e diamantes, palestras sobre diversos temas e concursos de diversos tipos.

CRUZEIRO%20Costa%20Atlntica%20interior%20e%20exterior%20%20083.jpg

Detalhe da área do Lobby e Piano-Bar

O Roteiro deste Cruzeiro

           NESTA temporada pelo mediterrâneo o navio Costa Atlântica, o 4 estrelas da Cia. Costa Crociere - que tem 12 navios entre 25 e 115 mil toneladas - navega por dez dias, a partir do Golfo de Gênova, pelos Mares da Ligúria e Tirreno, passando pelo Estreito de Messina para o Mares Jônico e Mediterrâneo, saindo do Porto de Savona , a partir d o Terminal Palacrociere - o bonito e moderno terminal de navios de cruzeiros na cidade de Savona , na região da Ligúria. Depois o navio aporta em Nápoles, na Itália Continental e Messina, na Sicília, em Alexandria - no Egito, em Limassol – no Chipre, em Marmaris – na Turquia, e em Santorini e KatakolonGrécia.

CRUZEIRO%20Costa%20Atlntica%20interior%20e%20exterior%20%20102.JPG

Uma das várias piscinas e hidromassagens do navio

Buon giorno! Buona sera!

          BUON giorno! Buona sera! O idioma italiano será o mais ouvido durante um cruzeiro Costa Crociere, ainda que não seja o mais falado. Eu explico. Por ser um navio de propriedade e bandeira italianas, a lingua, naturalmente, será esta, nem que seja apenas para o cumprimento. Além de ser todo decorado com o tema Frederico Fellini.  Será também a primeira a ser falada em qualquer anúncio oficial pelos alto-falantes do navio, nos impressos e em todas as informações que serão dadas sempre em 5 idiomas: italiano, francês, espanhol, inglês e alemão. Também serão divididas em grupos todas as excursões em terra serão divididas em grupos que falem um estes idiomas.

CRUZEIRO%20Costa%20Atlntica%20interior%20e%20exterior%20%20050.jpg

O Restaurante informal, self-service é muito bem decorado, confortável e agradável

          Ainda que o italiano seja o mais ouvido, a tripulação italiana é minoria. Filipinos estão em maior número e o inglês o idioma universal no navio. Os trabalhdores nas áreas de Recepção e administrativas são italianos e os que atuam nas áreas de recreação em geral são sul e centro-americanos. Nos restaurantes formal e a la carte, a maioria dos garçons são europeus, sul americanos e filipinos, nesta ordem. No restaurante self-service os filipinos dominam, asism como em todas as cozinhas. Aqui e ali, especialmente nas lojas e salão de beleza, ginásio e spa. Há portugueses, romenos e croatas, entre outros.

CRUZEIRO%20COSTA%20Restaurante%20Pompia%20292.jpg

Para quem quer exclusividade, o Restaurante Club Atlantica, a la carte e com reserva

          OS passageiros em maior número são italianos. Depois deles, os espanhóis, franceses, alemães, ingleses e europeus de diversas outras nacionalidades. Havia 11 brasileiros e bem maior número de sul americanos. Não vi nem ouvi nenhum português ou asiático de qualquer nacionalidade.

Tour Virtual de uma Cabine com varanda no Costa Atlântica

          OS números do navio são impressionantes: 2.800 toneladas de combustível total e consumo 7.000 Litros de combustível por hora, 20.000 quilos cada hélice (duas) com 5,66 metros de diâmetro e 133 giros por minuto, cada uma das duas âncoras tem uma corrente com 328 metros e 14.000 quilos, 4 motores, sendo dois propulsores e dois geradores, 950 tripulantes (sendo 250 apenas nas cozinhas e 150 camareiros), produção diária de água doce, por dessanilização: 30 mil litros, os motores têm potência de 62 mil kilowats e há 4 estabilizadores eletrônicos de 8 metros de cumprimento cada.

CRUZEIRO%20Costa%20Atlntica%20interior%20e%20exterior%20%20117.JPG

Piscina para adultos e infantil, com "prainha"

          RESTAURANTES: no restaurante formal - o Tiziano - servido por garçons, no jantar come-se sempre na mesma mesa e no mesmo horário (são dois grupos que comem às 7 ou às 9). No café da manhã e no almoço pode-se comer, em turno direto, de 7 às 9:30, sentando-se em qualquer mesa. No Almoço também há um turno único. No restaurante informal, ou self-service - o Botticelli - são servidas três refeições: café da manhã, almoço e lanche (pizza e saladas) à noite. No Restaurante Club Atlântica come-se apenas no jantar e com reserva. É bem interessante um navio de cruzeiro com um restaurante a la carte e com menú degustação.

CRUZEIRO%20%20Costa%20Atlntica%20interior%20e%20exterior%20%20060.JPG

Escadas duplas e galeria de elevadores

          CANAIS de TV navio, a cabo: canais exclusivos informativos - Canal 2 (texto e mapas, posicionamento no mar (GPS), velocidade em nós e quilômetros/hora, temperatura, velocidade do vento, latitude e longitude, humidade relativa do ar e pressão atmosférica).; Canais com explicações sobre o funcionamento geral do navio e sobre os procedimentos para as excursões, embarque, desembarque, dicas de passeios, em todos os idiomas; canal de procedimentos de segurança em emergência; canais oficiais da Itália, Espanha, Inglaterra, Alemanha e França; Canal para verificar a conta do hóspede.

CRUZEIRO%20Costa%20Atlntica%20interior%20e%20exterior%20%20076.JPG

A Recepção tem Recepcionistas em quatro idiomas

          O que começou com uma frota de transporte marítimo de manufaturados e azeite de oliva entre Gênova e a Sardenha em meados dos anos 1.800 é hoje a maior e mais moderna cia. de cruzeiros marítimos da Europa, de propriedade da Carnival Corporation desde 2.000 e com uma moderna e distinta frota com forte personaldiade italiana. Os cruzeiros da Costa combinam sofisticação sem exageiros e com elegância discreta.

493463-1168652-thumbnail.jpg       493463-1168662-thumbnail.jpg

Detalhes de áreas de repouso do deck superior

           E uma das coisas que mais me agradou na empresa, além de sua incrível organização, foi o fato de que há uma ampla restrição ao fumo no interior dos seus navios. Em acordo com normas italianas e com a evidente evolução da sociedade em todo o mundo, fumar é hoje um ato politicamente incorreto e mundialmente reprimido. Pra o bem de todos, fumar nos navios Costa é permitido apenas em alguns poucos lugares. E a frota continua crescendo: dois novos navios de 93 mil toneladas ficarão prontos em 2009 e 2010.

CRUZEIRO%20Messina%20Taormina%20643.JPG

Saindo da Galeria de Lojas e entrando na área da cafeteria italiana

          TODOS os navios da Costa Cruzeiros têm características fundamentais de luxo e arte na decoração. No caso do Costa Atlântica, um dos mais novos navios da frota, há exposição e venda de arte, inclusive uma galeria de arte, além de uma coleção de vasos de vidro de Murano que adornam as parte das comuns.

CRUZEIRO%20Costa%20Atlntica%20interior%20e%20exterior%20%20013.jpg

Todas as áreas do navio são bem iluminadas, confortáveis, bonitas e agradáveis visualmente

          EM resumo, o que esperar do Costa Atlântica?  Uma boa variedade de facilidades e equipamento de lazer e entretenimento, incluindo excelente área de spa e fitness, além de uma discreta mas funcional programação infantil. O navio tem estilo e personalidade. As cabines oferecem um bom tamanho e varandas, além de bem equipadas com frigobar, secadore de cabelos, espelho de maquiagem, TV, ótima quantidade de armários. Os banheiros são relativamente pequenos, mas funcionais. O serviço é excepcional.  Se fôssemos comparar os navios da Costa Cruzeiros com alguma cia hoteleira internacional, eu a equivaleria a uma Westin, Hyatt ou Marriott.

CRUZEIRO%20Costa%20Atlntica%20interior%20e%20exterior%20%20017.jpg

Nesta parte há um bar exclusivo para amantes de charutos e conhaques

Life Boat Drill

          TODOS os navios de cruzeiro seguem normas internacionais de segurança a bordo e procedimentos de emergência semelhantes aos da aviação. Tais procedimentos são obrigatórios a todos os passageiros e no primeiro dia do cruzeiro, antes mesmo do navio partir, há uma simulação para casos de emergência e evacuação do navio, quando são explicadas as normas e procedimentos nesses casos. O Life Boat Drill é um exercício de simulação de emergência, cuja atividade é relativamente rápida e consiste fundamentalmente em identificar os sinais sonoros de emergência (seis sinais curtos e um longo), como proceder para vestir os salva-vidas e como localizar e dirigir-se ao ponto de escape e embarque nos barcos e botes salva-vidas, as Muster Station.

     CRUZEIRO%20Costa%20B%20002.jpg

Detalhe do interior de um dos elevadores do Costa Atlântica

          CADA conjunto de decks tem seu próprio Muster Station espalhadas pelo navio. A diferença entre os procedimentos das duas cias. - os Fun Cruises da Carnival e os cruzeiros da Costa Crociere – são precisamente a bobice de um e a maturidade do outro. Muster Station, Lifeboat Drill, General Emergency Stations, Compulsory Coast Guard Drill... não importa a terminologia usada por cada cia. de cruzeiro. O fato é que estes procedimentos são obrigatórios por lei.

CRUZEIRO%20Costa%20Atlntica%20interior%20e%20exterior%20%20019.jpg

Um lugar para quem quer conversar, namorar e apreciar um bom drink é o Bar Club Atlântica. Reservado e discreto

O interior e as instalações do Costa Atlântica

          OFICIALMENTE o navio é descrito pela própria Costa como “concebido para maravilhar. As decorações das pontes são inspiradas em Federico Fellini, na sua arte, nas suas obras, na Dolce vita: os corredores, decorados com desenhos de Milo Manara, representam as cenas do seus filmes mais célebres e famosos. É um navio que enche os olhos e a alma de mil emoções e surpresas... No interior, o país das maravilhas: salões espetaculares, cada um diferente na recriação de ambientes e arquitetura, e um hall cheio de vivacidade, muito particular. No exterior, a natureza e o mar, tudo isto só seu prazer.”

CRUZEIRO%20Costa%20Atlntica%20interior%20e%20exterior%20%20012.jpg

Clarabóia do restaurante informal, self-service

Tour Virtual do Restaurante self-service do Costa Atlântica

          A decoração é meio “over” em alguns lugares, mas bonitas e de bom gosto no modo geral, temática do cinema italiano. As áreas públicas são bem confortáveis e não se vê aglomeração de gente. Ao contrário do que eu imaginava, muita criança, inclusive bebês e gente bem jovem. Surpreende mesmo a quantidade de casais jovens, adolescentes e crianças. É, de certa maneira, compreensível um certo exageiro, afinal, navios presupõem viagens em que os passageirs ficarão dias e noites seguidas sem possibilidade de sairem à rua.

CRUZEIRO%20Costa%20Atlntica%20interior%20e%20exterior%20%20074.JPG

Os jornais informativos diários em cinco idiomas

Roteiro e Programa do Cruzeiro Navio Costa Atlantica

Egito, Chipre, Turquia e Grécia em 10 Noites

Saída: Porto de Savona - Terminal Palacrociere, o novo e eficiente terminal da navios de cruzeiros

 

Dia

Porto

Chegada

Saída

1

Savona (Itália)

-

17:00

2

Nápoles (Itália)

13:00

19:00

3

Messina (Itália)

7:30

13:00

4

… navegação …

-

-

5

Alexandria (Egito)

8:00

21:00

6

Limassol (Chipre)

13:00

18:00

7

Marmaris (Turquia)

9:00

20:00

8

Santorini (Grécia)

8:00

16:00

9

Katakolon (Grécia) e Olímpia

8:00

13:00

10

… navegação …

-

-

          NAVEGAÇÃO: Golfo de Gênova, Mar da Ligúria, Mar Tirreno, Estreito de Messina, Mar Jônico e Mar Mediterrâneo.

          SAINDO do Estreito de Messina (entre a Sicília e a Calábria) para entrar no Mar Mediterrâneo (em direção ao Egito) em geral o navio começa a balançar bastante e passamos a sentir trepidação, barulhos e balanços nos sentidos bombordo/estibordo e proa/popa. Até então, desde o Golfo de Gênova, tudo corria tranquilo. O tempo fechando nesse dia e muitas pessoas passaram a enjoar, mas as que foram ao centro médico do navio disseram ter recebido um milagroso e eficaz remédio que as fez de novo voltar ao normal.

CRUZEIRO%20Costa%20B%20003.jpg

Detalhe da decoração do restaurante self-service

 

Pontuação Geral (nota máxima: 5):

GERAL: 3,5

Comida: 3,5

Áreas públicas: 3,5

Cabines: 3,5

Entretenimento: 3,5

Spa e Fitness: 3,5

Excursões: 4 Serviço:

4 Relação Custo-benefício: 3,5

Tour Virtual do Restaurante formal do Costa Atlântica

CRUZEIRO%20Costa%20BLOG%20Cap%202%20CABINE%20001.jpg

Detalhe de uma cabine categoria 'Externa com Varanda'.  TV e Frigobar em todas

Algumas vantagens e características de cruzeiros marítimos

           A coisa mais importante é: decisões devem ser tomadas ANTES de sair de casa: A maior parte das pessoas têm atividades de trabalho cansativas e estressantes durante o ano. Suas férias deve ser, portanto, bem planejadas e organizadas de maneira a terem consciência plena daquilo que irão fazer e encontrar, desfrutar e conhecer, de tal forma que elas, as férias, sejam agradáveis e relaxantes. 

CRUZEIRO%20Costa%20BLOG%20Cap%202%20CABINE%20002.jpg

Vista da Varanda para a Porta, detalhe de uma cabine Externa com Varanda

           UMA excelente opção para férias relaxantes são os cruzeiros marítimos. Pense nisso.  Num cruzeiro você elimina questões comuns a viagens terrestres: como se locomover de uam cidade ou paí para outro, o que e onde comer, como transportar a bagagem, onde hospedar-se, entre outras.  Uma vez bem escolhido um navio e o destino, todos estes outros “problemas” estarão eliminados, estas importantes questões estarão completamente resolvidas.  Embarque no navio e relaxe!

CRUZEIRO%20Costa%20Atlntica%20interior%20e%20exterior%20%20182a.JPG

Café Florian, o italiano que homenageia o original de Veneza

          NUM cruzeiro tem-se uma “prova”  de diferentes cidades e países: para quem não gosta de deslocamentos transportes e bagagens, mas arpecia conhecer novas cidades e países, cruzeiros podem ser uma ótima opção de viagem para descanso e turismo. É atraente saber que você pode estar inúmeras atividades durante um único dia sem estressar-se. Muitas vezes uma cidade é mesmo para ser vista apenas num dia. Todavia, é uma ótima maneira de ser arpesentado a uma cidade que precisa ser melhor explorada futuramente numa viagem específica.

CRUZEIRO%20Costa%20BLOG%20Cap%202%20CABINE%20003.jpg

Varanda da cabine Externa com Varanda

          VOCÊ tem que desarrumar sua bagagem apenas uma vez: para os que não aprenderam ou não gostam de viajar com  bagagem racionalizada e leve, viagens de cruzeiros são algo a ser considerado. 

          ACERCA deste ponto polêmico, quando o assunto é “bagagem em viagem”, eu discordo veementemente de quem afirma que uma bagagem deve ser tão racionalizada ao ponto inexistir.  Muita gente acha que viajar sem bagagem alguma é atingir o nirvana em viagens. Eu discordo.  Defendo a tese de que viajar sem bagagem é tão ruim quanto viajar com excesso.  Tenho a certeza de que mesmo para quem vai fazer o Caminho de São Tiago um conforto mínimo deve ser considerado. Viagem a turismo não deve ser sacrifício pessoal, mas prazer. 

CRUZEIRO%20Costa%20Atlntica%20B%20%2016%20Out%2003.JPG

São três elevadores panorâmicos e nove outros elevadores

          LEVAR apenas um sapato pode ser tão trágico quanto levar três. Defendo que tudo o que é extremo é ruim e inadequado em viagens. Ir sem nada é tão inconfortável e complexo quanto levar a casa nas costas.  Cruzeiros em geral ou não têm limites de bagagem ou são muito acima da necessidade máxima de um passageiro.

CRUZEIRO%20Costa%20BLOG%20CABINE%20A%20001.jpg

Detalhe do interior de uma cabine. Varanda ao fundo

           CABINES com vista para o mar? Num resort você tem que optar por apartamentos com ou sem vista para o mar e pagar muito mais caro por isso. Num navio evidentemente que há variações de preços tão importantes quanto nos resorts, mas elas não se referem à vista.  Dentro do conceito de escolher uma cabine com vista para o mar, em vez de uma interna, sem vista alguma, qualquer que seja a categoria escolhida você terá o mar de sua janela ou varanda. E isso realmente faz a diferença.    Há momentos em que estar na varanda de sua cabine relaxando, pegando uma brisa ou um sol, tomando um drink, vendo o pôr-do-sol e lendo um livro, ou mesmo apenas contemplando, é algo inesquecível e muito agradável. E com uma gigantesca diferença em relação a um resort: a paisagem muda sempre!

CRUZEIRO%20Costa%20BLOG%20Cap%202%20003.jpg

Internet e Biblioteca com livros em cinco idiomas

           OPORTUNIDADE de conhecer pessoas interessantes: pasageiros de cruzeiros marítimos são um grupo de pessoas interessantes em sua maioria. É fácil estabelecer uma conversa e boa convivência, especialmente porque todos os viajantes de cruzeiros têm algo em comum: o amor por viagens e conhecer o mundo.

CRUZEIRO%20%20Costa%20Atlntica%20bLOG%20ab%20001.jpg

          A qualidade da comida, dos serviços e das acomodações: a maioria dos navios e das cias de cruzeiros situa-se numa classificação entre 3 e 5 estrelas, sendo a maior parte padrão 4 estrelas. Isso também proporciona certa tranquilidde durante toda a viagem pois o padrão nãos e altera. Em geral a tripulação é bem treinada e tem atividades tão repetitivas e programadas que tornam-se mecânicas e consistentes.  A maioria dos cruzeiros custa em torno dos 100 dólares por pessoa ao dia, em termos médios, o que se levarmos em conta o padrão médio dos cruzeiros e que neste custo estão alimentação, hospedagem e diversão no navio, é algo a ser levado em conta.

CRUZEIRO%20Costa%20BLOG%20Cap%202%20002.jpg

Internet e Biblioteca

          A maior parte das despesas em um cruzeiro é paga antes de você sair de casa: hospedagem, alimentação e transporte são definitivamente as três coisas mais dispendiosas numa viagem.  Estas três estão incluídas num cruzeiro marítimo, o que reduz os gastos durante a viagem. Apenas as excursões em terra e o consumo de bebidas é pago após o término do cruzeiro.

 

____________________

Próximo Capítulo:

Informações práticas e importantes sobre ESTE e OUTROS cruzeiros marítimos.

 _________________

Próximos Capítulos:

Cidades e lugares que visitei neste Cruzeiro e que serão objeto de futuras matérias:

ITÁLIA:  Savona (porto), Nápoles (passagem), Pompéia, Messina (Sicília), Taormina;

EGITO: Alexandria; CHIPRE: Limassol, Curium, Apolo e Omodos;

TURQUIA: Marmaris, Dalyan e Caunos; GRÉCIA: Santorini

Enclosure

Reader Comments (45)

Arnaldo,
Vaya espectáculo!!!.
Nunca imaginé que un crucero pudiera tener calidez por dentro. Me imaginaba algo mais frío, pero parece un lugar tranquilo, cómodo, acogedor como um hotel de lujo.
As fotografías ayudan muito a tener a sensación de lugar cálido. Suas fotos son muito boas, como siempre.
Um abrazo
17:48 | Unregistered CommenterCarmen
OBRIGADO, Carmem! Eu acho que blogs com muitas fotos são bem úteis porque pra quem se interessa por aquele assunto é algo que mostra o que veremos.
Arnaldo, o primeiro cruzeiro que fiz também foi depois de muito relutar. E devo confessar que não achei grande coisa mesmo: nunca me seduzi com a idéia de ficar "presa" num grande resort sobre as águas... mas agora... literalmente recém-desembarcada do Silver Wind (da Silver Sea), me descobri totalmente apaixonada pelo cruzeiro. Foi uma das melhores experiências que já tive na minha vida: instalações e serviço de um hotel seis estrelas e alta gastronomia sobre as águas é, realmente, uma proposta interessantíssima! Tô doidinha pra ir de novo!!!
MARI< legal! Aconteceo o mesmo comigo nesse cruzeiro (o terceiro que fiz, mas os dois primeiros foram péssimos) e adorei. Já programei o segundo pra junho de 2008 (Tunísia, Palma de Maillorca, Marselha e Barcelona, além da Sicília)....
Oi, Arnaldo!!!
Como sempre suas fotos estão espetaculares, nem sei se o navio é tão lindo assim mesmo ou se é efeito das suas lentes mágicas (ou olho mágico, como prefere o uol).
Me identifiquei muito com tudo que você falou sobre preconceito contra cruzeiros; sempre achei uma coisa careta e engessada, logo eu, que se pudesse ia pro trabalho de biquíni e jogava o relógio fora. Poizé, até que no réveillon de 2006/07 minha irmã me convenceu a curtir os fogos de Copacabana...do outro lado da praia! Foi inesquecível, foi a festa mais bonita que eu já vi na vida, o cenário é realmente MARAVILHOSO. Mas o que mais me encantou foi a INFORMALIDADE a bordo do navio Island Star, da linha Island Cruises, que faz cruzeiros voltados para um público mais "havaianas" do que "scarpin". Não havia hora para almoçar, podiamos comer a qualquer momento do dia ou da noite, sempre tinha uma comidinha simpática e saudável (não sei onde eles arranjavam aquelas verduras fresquinhas...). Havia três restaurantes mais bacaninhas, um deles claramente inspirado no Rubayat de Sampa, mas para esses era necessário agendar o horário do jantar. Mesmo assim podíamos ir de bermudas e tênis. A tripulação era mega-simpática e não media esforços para adivinhar nossos desejos. Nosso cruzeiro foi até Santa Catarina, e eu ainda fiquei conhecendo Porto Belo, que nunca fez parte do meu atlas até então.
Tinha um mooooonte de atividades a bordo, eu achei que ia ficar lendo languidamente à beira da piscina, mas voltei mais exausta do que fui, de tanto que eu arrumei o que fazer.
Claro que o navio não era tão chique quanto esse seu, mas era tudo muito bonito e novinho.
Eu recomendo fortemente um cruzeiro para quem quer descansar e se divertir simultaneamente. Beijins
10:53 | Unregistered CommenterMeilin
MEILIN, que máximo teu comentário! Puxa, isso é muito mais do que comentário, é um depoimento enriquecedor aqui pra essa matéria! MUITO legal! Gostaria muito que os leitores escrevessem contando suas experiências pra ue a gente possa ter uma impressão mais generalizad, menos pessoal.

E mais ainda porque vc está viajando ainda e resolveu entrar aqui enquanto está em viagem!

Eu ainda vou fazer outras três matérias (não é pretensão escrever "matéria" mas eu detesto estrangeirismos como "post") pra ajudar a reduzir preconceitos contra cruzeiros marítimos e servir de apôio a pessoas que estejam pensando noa ssunto e aqui encontrem algumas respostas às suas dúvidas.


O mais importante não é o luxo, mas vc encontrar o perfil adequado do cruzeiro que pretende fazer, segundo seu estilo e seu gosto. ISSO é o fundamental pra mim, o que pretendo passar aqui em termos de escrlarecimentos, a fimd e que as pessoas tenham uma boa idéia de cada tipo, perfil de navio e cia de cruzeiro.
Arnaldo,

estou aqui acompanhando sua redescoberta dos cruzeiros, maravilhada com suas fotos!!!

O que foram aquelas fotos do por do sol? Sou viciada em por do sol e virei fa de carteirinhas daquelas fotos!! Parabéns!

Estou super curiosa para ler as matérias que estao por vir.

Abracos,
Carla
BINGO, Carala CAstro! Eu nem havia usado esse termo, mas "redescoberta" é O termo! Eu não quero que pensem que desejo influenciar, pois o propósito é fazer pensar sobre cruzeiros e dar uns subsídiozinhos...informar mesmo! Desmistificar um pouco também.

OLHA, dizem que a coisa mais manjada do mundo no mundo fotográfico é foto de Pôr-do-Sol. Vc sabe que tem até concursos de fotos que retiram essa categoria por considerá-la "manjada"? É sério.


Quer ver ums lidnas que fiz? Dá uma olhada nessa aqui

http://www.flickr.com/photos/arnaldointerata/116750139/in/set-72157594149718976/
Fiz uma viagem de navio em fev/2006, Rio/Santos/Punta/Buenos Aires/Ilha Bela/Santos/Rio, o navio era o MSC Armonia (foi a última viagem dele por aqui). O que eu mais gostava era ver o amanhecer e o anoitecer, é espetacular. O que eu menos gostei foi o enjôo que tive, o remédio era mágico, mas me fazia dormir horas seguidas, perdi muito do passeio com esses apagões. De qualquer forma pretendo repetir a dose, mas com viagens com mais paradas e menos navegação. Arnaldo, esse roteiro parece ideal, quando eu pensar em enjoar, já estarei em terra firme. As amizades que fazemos são Mastercard, não têm preço. Vou continuar aconpanhando, não dá enjôo de jeito nenhum.
14:41 | Unregistered CommenterRosa
ROSA, vou publicar mais pra frente justamente um trecho que menciona essa questão do enjôo.

Acompanhe e seja bem-vinda sempre!
Arnaldo, eu já estou na terrinha, é que ainda não consegui tempo pra mostrar minhas impressões de Paris (a chapa tá quente no trabalho, grazadeus!)
Mas esse seu blog é muito chique mesmo, né? Como é que vc adicionou música aqui? Beijins
23:10 | Unregistered CommenterMeilin
MEILIN, boas vindas e esperamos as novidades e dicas de PARIS lá no seu blog.

Esse tocador é legal porque vcoê pode subir as SUAS músicas prediletas (se as tiver transformado para MP3 e estiverem em seu computador). Daí vc. faz uma playlist sua e depois fuça lá pra aprender a fazer esse tocador a[i do lado. Não é difícil não, eu apanhei um pouco mas acabei fazendo. Vv fará também. Eles dão um código HTML que vc copiará e colará no seu blog e fiará assim como aqui. Tenta se inscrever, não custa nada e basta dar e mail.

o link é http://www.imeem.com/
serve pra todos os blogs. Se tiver dívidas eu ajudo a checar pra vc no meu e dou o caminho das pedras pra vc instalar no seu. O bacana é poder colocar as suas próprias músicas e mudar quando quiser.
Arnaldo


Por de sol num cruzeiro é tudo de bom... Com um drinque num bar, então nem se fale...
8:09 | Unregistered CommenterErnesto
ERNESTO, sempre há pôr-do-sol e ainda mais da varanda!
Arnaldo, as fotos do Rodrigo são lindas, mas as suas fotos são exatamente o que eu gostaria de ver. Parabéns
21:35 | Unregistered CommenterLuI
Arnaldo,

depois eu volto para ler com a atenção que esse post merece.

Passei para deixar um abraço e se eu puder é claro que tomaremos um café e você ganha outro transfer!! Vai ser um prazer. Você tem que vir e ficar um final de semana aqui que eu te levo para visitar o Inhotim e o Topo do Mundo!

Conheço uns bons aparthotéis em BH.

Um abraço
RODRIGO, eu quando tenho a oportunidae de ficar em Minas, não dá pra deixar de ir a Ouro Preto. To programado alguma coisa pra fevereiro e MUITO a fim de ir a Tiradentes durante a semana (fica mais barato), mas talvez pegando um fim-de-semana pra poder fazer o passeio de trem. Talvezeu tenha que ir a BH em dezembro, masnão daria pra ficar fim de semaa, só uma noité mesmo. Eu aviso a vc se for pra tomarmos um café ou comermos na Savassi. VOLTE pra ler o post todo e me ê sua opinião. Granmde abraço, amigo.
LUL obrigado pelo elogio às fotos. Entretanto, no navio Costa atlântica não é NADA difícil fazer boas fotos, especialmente de detalhes, porque há muito cuidao na decoração e ornamentação e o conjunto é bem agradável. qualquer pessoa com quaquer câmera e muito gosto por fotografia pode fazer fotos bacanas. Obrigado e volte sempre.
Arnaldo, o Mapa ficou sensacional!
Eu não conhecia o jeito de colocar como link, somente usava o google maps e dava um print screen.
Adorei a idéia!
14:25 | Unregistered CommenterMô Gribel
MÔ GRIBE, pode ser usado no eu blog. Quer as dicas? é só se cadasrar lá. Se tiver dúvidas me escreva que eu dou o camiho das pedras. Pra o Wordpress tem até um ícone pra publicação...
Arnaldo, obrigada pela visita. :) Em breve terei novidades pois postarei lá de Dubai a partir de fevereiro :D Kkkk E SEMPRE uso sue blog como "O" guia de Dubai. Suas fotos são lindas!

Agora, esse post está uma delícia. Nunca tive vontade de fazer um cruzeiro mas, se os posts continuarem assim, você acabará me convencendo. Gente, esse navio é um mundo!

Santorini é uma delícia, passei 6 dias por lá em 2001.

Agora espero os próximos! Beijos!
Aliás, o Imeem com essa seleção de músicas está uma delícia. :D
Arnaldo, ontem eu passei por aqui e não consegui comentar nada. Aliás, toda vez que eu visito o seu blog eu não consigo comentar nadinha. É tudo muito lindo, ótimas informações, fotos lindas... eu fico de boca aberta e perco as palavras. A trilha sonora então... fiquei maravilhado. Não conhecia o Pat Metheny e, graças a você, ontem à noite fiquei um tempão no Youtube vendo e ouvindo os clips dele. Adorei!

Sabe, eu não tenho nenhum preconceito contra cruzeiros, não. Quem sabe um dia quando eu juntar "coragem"($$$$) eu faço um. Só vejo um problema comigo: tenho uma labirintite "danada" que, não sei, não, se vai ser um problema qundo eu estiver no navio. Mas me parece que você vai abordar essa questão de enjôo em navios em outro capítulo, não é mesmo? Estou esperando suas dicas! Parabéns!!

Com relação à pergunta que você deixou lá no BBZ, a respeito de como colocar os mapinhas do Google no blog, eu deixei um "comentário-tutorial" lá no VnV antigo e eu tomei a liberdade de copiar de lá e colar aqui o mesmo comentário, OK?

Portanto: "Abre aspas"

"1. Abra uma conta no Gmail. Assim, você vai ter a opção de colocar aquelas “gotinhas” no mapa para marcar o local que você desejar, além de “otras cositas mas”.
2. Entre no google maps (sign in com seu “log in name” e senha do gmail)
3. Clique em “My Maps” (esse link fica do lado esquerdo da tela, numa “abinha”, que fica do lado de outra “abinha” e que tem o link, “Search Results”) e depois clique em “Create New Map”
4. Preencha o campo, “Title”, com o nome que você desejar. Desse jeito você vai ter a opção de salvar esse mapa clicando no “botão” = “Save”.
5. Faça uma busca do local que desejar no campo = “search the map” (do lado direito do "lôgo" da Google) e então comece a brincar com o seu mapa. Para isso, use a barrinha de ferramentas (no lado superior esquerdo do mapa) com os ícones: “add a place mark”, “draw a line”, etc.
6. Quando você achar que o seu mapinha está todo nos trinques, dê um “print screen”.
7. Abra o seu programa de edição de imagens (Photoshop or whatever). Na opção, “file/arquivo”, clique em “novo documento/new file” e depois “cole/paste” o mapinha nesse novo arquivo.
8. Você vai ver na tela a imagem do seu “print screen”. Daí, crop/trim/recorte o seu mapinha.
9. Para colocar cores diferentes nas “gotinhas”, use uma função do seu editor de imagens (alguns não têm essa opção) que tem aquele ícone: “baldinho-derramando-tinta”. Cê sabe o que eu tô falando, né? Se não, então esquece!
10. Para colocar barrinhas de texto de cores diferentes no mapinha…Bom, isso é segredo de Estado… Só eu e o Washington Olivetto sabemos.
11. Aí é só salvar o arquivo e agradecer ao Zé por mais essa dica incrível!"

Fecha Aspas.

Arnaldo, com relaçao ao item 10, é só usar o Photoshop ou outro programa de edição de imagem para escrever sobre a foto do mapinha, tá?

Eu achei que esse tutorialzinho que eu deixei lá no VnV ficou meio confuso. Se você tiver alguma pergunta a respeito é só me contactar. Será um prazer poder ajudar. Valeu!

Grande Abraço

17:51 | Unregistered Commenter
Putz, Arnaldo, que coincidência, enquanto eu escrevia o meu comentário aqui, você estava colocando o mapinha no post. Pelo jeito você já aprendeu, não é mesmo? Muito melhor do que o meu jeitinho tupiniquim, hehe.
18:05 | Unregistered Commenter
Arnaldão, o post tá demais!
As fotos e os relatos...Tudo matador.
Deu vontade de largar tudo e ir correndo (ou nadando) pra um desses...
Abraços
Diego
21:30 | Unregistered CommenterDiego
KARINÍSSIMA, obrigado. Olha, quando vc for em fevereiro vai pegar uma temperatura muito mais baixa que a minha! Promete fazer matérias sobre DUBAI pra eu matar as sudadades?

DIEGO, se vc for, leva um restaurante show daqueles com vc!

ZÉ, muitíssimo grato pela gentileza e pelo trabalho de responder e explicar tudo. Amanhã vou tentar e te falo!
ZÉ, eu ainda estou apanhando muito com esse mapa aqui. Ainda não consegui colocar os marcadores nas ciddades e traçar um roteiro, uma linha, como vc. fêz, o que achei sensacional no seu log porque ajuda pra caramba a ilustrar a viagem....Mas vou tentar. E vou tentar fazer o seu também. Acho que não se trata de ser melhor, acho mesmo que um complementa o outro. De todo modo, renovo o agradecimento pelo trbalho em explicar detalhadamente!
Arnaldo

Fiquei muito contente com a sua visita e que tivesse gostado! Teria muito gosto em que pusesse o meu blog na sua lista de blogs de viagens!

Tenho visitado o seu regularmente,ainda ontem li o post sobre os cruzeiros,que por acaso ainda não experimentámos fazer! As nossas fotos são muito amadoras comparadas com as suas...são tiradas para o nosso próprio album de viagens...

Temos milhares aqui da Europa e também do Brasil e New York mas por falta de tempo ainda não as colocámos!

Vamos tentar manter o blog sempre actualizado á espera de novas visitas aí desse lado do Atlântico!!

Já agora obrigado pelas bonitas fotos no seus posts sobre Portugal...

Margarida
11:52 | Unregistered CommenterMargarida
MARGARIDA, agradeço sua tão pronta visita ao meu blog. Gostei muito do seu, tem estilo e e simpático, além de ter bons links e matérias bem atraentes.

As minhas fotos também são amadoras, margarida. Eu não sou profissional, não trabalho com fotografias e elas são memo nosso álbum de viagens. Eu também sou amador, só que comecei a fotografar a 40 anos. O que vale é fotografar e ter o gosto por registrar os momentos.
Arnaldo, primeiro gostaria de dizer que você tem muito bom gosto musical heim!!! Adorei a playlist e ficou uma delícia escutar Pat e ler e ver suas fotos... ah foi um prazer.!!!

Muito lindo esse navio, o cruzeiro e tudo mais, eu nunca fiz um cruzeiro, fico com a impressão de estar presa e gosto mesmo é de conhecer novas culturas, países, locais, coisas típicas, mas com esse relato seu, estou até pensando em contar com a sorte e planejamento e encarar um cruzeiro... adorei. Beijo.
21:14 | Unregistered CommenterPatsy
PATSY, obrigado. Eu gosto muito mesmo do Pat Metheny, e isso desde 1980. O mais legal deste tocador de músicas é que qualquer um pode colocá-lo em seu blog e subir as SUAS próprias músicas que estiverem em seu computador. Bacana isso, não? Acho que trilha sonora ajuda muito, assim como imagens (fotos e vídeos), a desenvolver um tema. Se vc. ou alguém precisar de dicas acerca do assunto, é só me pedir. Quem tem Worldpresse e Bloger é aidna mais fácil!


Pode estar certa de que não se deve encarar um cruzeiro marítimo como uma coisa absolutamente, 100% chatíssima, como eu acreditava ser. Pode ser surpreendentemente bom.

Obrigado pela visita e parabéns por seu blog. Na medida do que for possível pra mim e meu tempo permitir, pretendo sempre incentivar e divulgar outros blogs de viagens. Mais, a lista de blogs de viagens que eu indico e recomendo aidna está nun "canto" meio escondido aqui do FATOS & FOTOS de Viagens e eu pretendo logo destacá-la para incentivar a integração e a interação enrte eles.


Obrigado pela visita! Mais ainda pelo comentário.
Olá Arnaldo!
Estou retribuindo a visita e tendo uma grata surpresa. Fantástico esse post, nunca fiz um cruzeiro, mas lendo o texto e vendo as fotos, é impossível não ficar com vontade!
Autorizo sim colocar o link do blog ( http://zemochileiro.blogspot.com ) aqui e vou adicionar o seu lá também, ok? Vamos manter contato!
Abração, boas viagens!
Zé, muito grato epla visita! Você já leu o post anterior? VAmos manter contato sim. Eu farei uma relação mais aberta dos blogs que eu recomendo e terei prazer em incluir o seu. Grato pela visita!
Caraca, tá lindão hein!! Fotos cada vez mais impressionantes...

Agora, me fala uma coisa, não rolou Mykonos nesse roteiro? Pô, fundamental...

Abração
23:33 | Unregistered CommenterDiogo
DIOGO, esse roteiro não incluia Mykonos que eu, partucularmente, não acho nada de excepcional, ainda que com Santorini figure como as duas ilhas gregas mais conhecidas e visitadas da Grécia. Mykonos é um ícone em termos de ilhas gregas, mas além daquele centrinho que perde até pra Búzios, não vejo nada demais. Uma ilha que gostei muito foi Rodes. Também Patmos. Mas sei que sou minoria quando se fala em "ilhas gregas". Obrigado pela visita.
Putz cara, pois é... mas eu tenho mó tesão em Mykonos. Tem uns arrasta-pé fortíssimos por lá.

Vejo muito, comparativamente, Mykonos como sendo uma Ibiza chique. Saca?

Abraço
12:40 | Unregistered CommenterDiogo
Arnaldo,

Quando comentei que suas fotos são ótimas não estava me referindo apenas as do Cruzeiro. Encontrei o seu blog procurando informações sobre Marrocos e estava sendo postadas as fotos das vitrines de Roma. Fantásticas! Adoro os detalhes que apenas você consegue captar. E depois ainda teve Malta!!!

Mais uma vez, parabéns!
20:31 | Unregistered CommenterLuI
Obrigado, Lul.
Arnaldo,

Anteontem passei aqui e vi as fotos internas das cabines e dos ambientes. Fiquei impressionada, pois os navios são verdadeiros prédios. Até varanda os quartos têm !!! Hiper confortáveis parecem. Até elevador panorâmico, fiquei boba mesmo com a arquitetura interior. Anda-se quilômetros, imagino. Este seu cruzeiro e da Mari me impressionaram !
Adorei o fundo musical também. Como você linka a música ? Parabéns pelo post, elucidativo e com bastante fotos.
22:51 | Unregistered CommenterMajô
MAJÔ, obrigado pela visita e pelo comentário. Se vc ficou impressionada com as dimensões daquele "prédio que bóia" imagine eu, que o vi ali, cara a cara! Mas de fato esses transatlânticos impressionam pelas dimensões e porte. Esse, como é novo, de 2004, é bem moderno, ainda que em algumas áreas a gente perceba um certo exageiro decorativo, mas plenamente inserido no contexto do navio, do tema e do padrão dele.

MAJÔ, colocar a trilha sonora é MUITO fácil, é facílimo, até mesmo para os inexperientes. O mais legal de tudo, que achei simplesmente SENSACIONAL é que vc. pode colocar as SUAS músicas! Isso significa que vc pega um arquivo musical já existente em seu computador e "sobe" para o tocador, lá no site! Vc organiza as músicas mexendo lá no programa no site deles e depois eles dão ocódigo HTML pra vc publicar no seu blog. Pra vc ter uma idéia, o Wordpress e outros blogs têm um ícone lá, o que acredito que deva ser ainda mais fácil pra publicar neles.

FAZ o seguinte, acessa o link abaixo, cadastre-se (é fácil e gratuito), explore o assunto por lá e tente fazer uma experiência. Se tiver dúvias, me esrceva que ajudo (se puder).

O bacana é que vc pode passar a colocar uma trilha musical temática para o assunto do moment (música italiana, por exemplo, "falando" sobre a Sicília)!

Obrgado

OLÁ SOU DE SANTOS E DEPOIS DE UN NATAL NO COSTA FORTUNA,OUTRO NO MAGICA E UMA VIAGEM PRA BUENOS AIRES NO COSTA VITÓRIA, ESTOU DANDO UM PASSO MAIOR OU SEJA EM MARÇO DE 2009 ESTAREI NO COSTA MEDITERRANEA QUE DEVE SER IRMÃO DO ATLANTICA INDO EM DIREÇÃO A EUROPA!
UMA VIAGEM DE 18 NOITES,TUDO PARECE QUE DEVA SER OUTRA GRANDE SURPRESA E ESPERO DAS BOAS!!!!
EM NENHUM OUTRO CRUZERIO SENTI TÃO CALIENTE COMO OS DA COSTA! SÃO REALMENTE AGRADÁVEIS E LINDOS POR DENTRO!
LINDAS SUAS FOTOS E APRECIANDO SUA ESCRITA NOS FAZ CADA VEZ MAIS ACREDITAR QUE TEMOS MUITO A CURTIR E APRECIAR NA VIDA!
ABRAÇOS E PARABÉNS PELO SITE!

Olá! io chiamo Adauto Zoccarato!!! rsrs

Deixando a brincadeira de lado, achei super legal e de grande valia os comentários sobre cruzeiros, que experiências fantásticas encontrei aqui, chega a dar vontade de experimentar logo.
Acredito que seja uma mega viagem mesmo, pois se fazemos o nosso própio horário como: refeições,divertimento e outros já quebra o gelo e nos faz sentir mais a vontade e livres.
A primeira idéia que tive de cruzeiros era que tudo era determinado ao tempo da tripulação organizadora meio que regras são regras. A partir destes depoimentos chego a conclusão de que seria muito bom estar a bordo de um desses gigantes que rasgam os oceanos...


Obrigado!

abraço a todos

Arnaldo,

os capitulos 3 e 5 de Buno Giorno - Buona Sera estao repetido (capitulo 2 em veze de 3 e 4 em veze de %)

o blog ta muito bom

Claudioj.

lindo

18:17 | Unregistered Commenterlarissa

Arnaldo, estou simplesmente apaixonada pelos seus relatos, fotos, impressões e redescobertas registradas neste blog. Sou literalmente aficcionada por viagem de cruzeiros e esse sentimento fortaleceu agora em março/2010 quando fiz a costa nordestina no MSC MELODY. Navio pequeno, inclusive já saiu da rota de cruzeiros no Brasil mas super aconchegante, ótimo atendimento, gastronomia variada e acima de tudo uma ótima prestação de serviços. Gostaria de deixar aqui, o meu registro de satisfação e cumplicidade quando o assunto é viagens de cruzeiro e parabenizá-lo por expressar com tanta alegria, neutralidade e emoção suas impressões sobre este maravilhoso hobby que é viajarde navios. Um grande beijo e se Deus quiser meu próximo cruzeiro será rumo à Europa!!!!
Fernanda Ida Mazzucchelli

PostPost a New Comment

Enter your information below to add a new comment.
Author Email (optional):
Author URL (optional):
Post:
 
All HTML will be escaped. Textile formatting is allowed.