MENSAGEM ao LEITOR
CONHEÇA QUEM ESCREVE

BEM-vindo ao Fatos & Fotos de Viagens, um blog sem jabá e não vulgar

        EXISTE no viajar e no escrever relatos de viagens um terreno fértil para demonstrações de arrogância. É algo simplesmente disseminado. Tanto no mundo virtual quanto na literatura. Mas o que o maravihoso mundo da viagens precisa é de mais viajantes humildes, não de "especialistas" caga-regras que determinam de tudo: desde como arrumar sua mala ao único tipo que você deve comprar, do lugar que você tem que ir, caso contrário sua viagem será uma merda. Nunca tão maravilhosa como a dele. As classificações dos lugares também. Tem sobrado superficialidade a egocentrismo. Autores assim não percebem que tudo é muito subjetivo e pessoal, que a experiência e o prazer de alguém não será necessariamente igual ao de outro.  Sobretudo as necessidades.

      A blogosfera "profissional e "monetizada" vulgarizou-se e tornou-se banal. Carecemos de gente que escreva para motivar e inspirar, para alargar horizontes, de viajantes que "mostrem" os lugares em vez de "ensinarem" a viajar. Moderadamente, ponderadamente, sem afetação típica de deslumbrados que viajam pela primeira vez em classe executiva e precisam espalhar para o mundo em resenhas risíveis. Ao contrário, a blogosfera

       ESTE blog, ao contrário, não fez concessões à vulgarização dos blogs depois da "profissionalização" e da monetização de alguns. Ao contrário, este é um blog singelo, simples, pequeno, inexpressivo na blogosfera, não despesperado por audiência nem seu autor se dedica mais à sua divulgação nas redes sociais do que à escrita. Tento dar graça à leitura e consolidar algo que prezo muito: confiabilidade, credibilidade.

        COMECEI a viajar tarde, você sabe. Por falta de dinheiro. Até que um dia viajei pela primeira vez ao exterior. Eu tinha 35 anos. Fui assim apresentado ao então desconhecido mas fabuloso mundo das viagens. Jamais, todavia, pensaria visitar mais de 60 países, alguns muito improváveis à época. Irã, Uzbequistão, Myanmar, Etiópia, Quirguistão entre eles. Mas foi recentemente que compreendi que as viagens ficam pra sempre, não as coisas. E que é por esse mundo ser tão diverso, por cada país ser tão diferente, que me parece tão atraente e divertido.

       NÃO sou escritor profissional. Tampouco jornalista. Mas invejo esses profissionais por dominarem o idioma, a gramática e as palavras.  Ainda assim, faço meu melhor, meu caro, estimado, raro e precioso leitor. Então, peço-lhe que considere algo: que mesmo escrevendo com sensibilidade e responsabilidade, incorro em erros. Se quiser, aponte-os. Tanto gramaticais quanto de digitação. Como tenho revisor profissional, antes de publicar dou curso a incansáveis revisões. E também submeto-os ao crivo de minha esposa. Ainda assim, alguns nos escapam.

      SOU brasileiro, empresário e casado com a Emília do blog "A Turista Acidental" e desde que a conheci (e antes mesmo de nos casarmos), tornou-se a "mais-que-perfeita" companheira de vida, de idéias, de projetos e ideais, sobretudo encantadora, adorável e inspiradora companhia de viagens e de aventuras. Com ela compreendi o que significa "prazer de viajar". Foi (e continua sendo) minha melhor fonte de inspirações e de motivações. Tanto que qualifico minhas viagens como "antes e depois" da Emília e "antes e depois" da Índia. Foi com ela que percebi o que quis dizer Érico Veríssimo com "Quem caminha sozinho pode até chegar mais rápido, mas aquele que vai acompanhado certamente chegará mais longe." Somos pais de gêmeos - uma menina e um menino - nascidos em julho de 2015, e de um filho de 34 anos do meu primeiro casamento, em quem o gosto pelas viagens pareceincorporado. Não sou avô, mas as coisas estão bem encaminhadas neste sentido.

       HOJE com 64 anos (boa parte deles dedicados à família e ao trabalho), foi apenas aos 35 que pude começar a viajar internacionalmente. Desde então visitei 61 países, entre os quais alguns dos mais fascinantes e com os sítios mais admiráveis do planeta. Felizmente, para alguns deles ainda a salvo do turismo de massa, cujos excessos arruinam qualquer lugar. Em março de 2006, quando iniciei este blog, o fiz como meio de comunicação com a família e amigos. Anos mais tarde eu descobri o poder de contar histórias em textos e fotografias, e logo ele tomou outro rumo, provavelmente porque os leitores gostavam dos textos e das fotos, ou então porque na época havia pouquíssimos blogs.

       FIZ cerca de 90 viagens internacionais, voei por 40 cias. aéreas diferentes (algumas extintas) em 391 vôos para fora do Brasil e dentro de outros países e em todas as classes possíveis. Segundo Haroldo Castro - jornalista-fotógrafo-escritor que já esteve em 160 países -, o maior viajante que conheço, em seu teste "Viajologia" que se pode fazer em seu site, que considera não apenas a quantidade de países visitados, mas lugares, monumentos e patrimônios, além de transportes, experiências e situações difícieis porque passam os viajantes, alcancei "Mestrado em Viajologia". Mas isso não é nada diante de gente que lá já "graduou-se" em pós-doutorado.

Escrevo este blog sob uma perspectiva lúcida e sem concessões à monetização sem critérios

        Eliminei o contador de visitas deste blog quando marcava mais de 6 milhões. Audiência hoje em blog é decadente. Viajar, escrever e publicar algo que inspire e icentive o leitor é o que mais me motiva. NUNCA como blogueiro interventor nas viagens alheias, ou caga-regras dizendo como alguém deve viajar e que tipo de mala usar e essas chatices que definem as pessoas homogeneamente.Parece ser o que traz os leitores até aqui. Ou porque gostem de fotografia, para além da leitura odepórica, como eu. E por este blog não ter captulado à ambição e vaidade que levou tantos autores de blogs à monetização sem critérios, sobretudo enganando leitores, cada dia torna-se menorzinho e menos importante. Se continuarem assim, os blogs precisarão ser reinventados. Este aqui nasceu livre e assim será até morrer. Por enquanto estou sempre por aqui. Nem que seja em pensamento. Só não sei até quando.

         Agradeço a visita e os comentários e desejo boa viagem aos leitores.

Em tempo: este blog não integra nenhuma associação disfarçada de incentivos à monetização. Mas se um dia fundarem a ABBLI (Associação Brasileira de Blogs Livres e Independentes), por favor, me convidem!

#blogsemjaba

COMENTÁRIOS
RSS - Quer subscrever?
AddThis Feed Button

Share/Bookmark

VIAJE neste blog

Fotos de viagens
PROCURA
Quer ler outras viagens?
De onde chegam os visitantes
« Cruzeiros marítimos: como escolher um navio e um roteiro | Main | Cruzeiros marítimos: quebrando mitos! »
Sábado
Dez012007

Cruzeiros marítimos: Excursões do navio. Fazer ou não?

 

CRUZEIRO%20Costa%20Npoles%20e%20Pompia%20033.JPG

Pompéia, em Nápoles é um passeio indispensável

________________________________________________________________

EXCURSÕES de NAVIO: algumas sugestões e comentários 

           ESSE é um ponto que considero mais que uma dúvida, um dilema que ocorre com boa parte dos passageiros de navios de cruzeiros: "Devemos fazer as excursões guiadas oferecidas pelos navios?"  "Podemos conhecer cada cidade e cada porto por nossa conta?"  É claro que isso varia muito em função de fatores pessoais e circunstanciais, mas vamos lá, vou tentar dar algumas sugestões. As excursões oferecidas e organizadas pelos navios em geral contemplam as melhores opções do que se tem para ver naquele destino. Especialmente para viajantes não muito experientes elas são muito recomendadas ou, ainda, mesmo que para os experientes, são adequadas e recomendáveis em destinos não muito fáceis de serem conhecidos sem ajuda de guias.

CRUZEIRO%20Costa%20Messina%20Taormina%20061.jpg

O Vulcão Etna eternamente fumegando, visto de Taormina

Minhas impressões e recomendações sobre "Excursões de Navio" a seguir:

          1- Faça o dever de casa: compre um guia da cidade ou do país, pesquise na Internet e conheça antecipadamente o ao menos o básico da cultura, da sociedade e da arquitetura do lugar. Quando você escolher um cruzeiro, pergunte ao agente de viagens ou à própria cia de cruzeiros sobre as excursões oferecidas. Verifique se as excursões oferecidas passarão por lugares com os quais você se identifica culturalmente. Todas as cias. têm páginas na Internet com as excursões e seus respectivos preços.

493463-1186062-thumbnail.jpg      493463-1186064-thumbnail.jpg

Seja onde for e como for avalie antes os prós e contras e excursões programadas

            EM geral há mais de uma para cada porto e há informações satisfatórias acerca da duração e dos preços de cada uma. Informe-se especialmente sobre a duração das excursões e se elas são adequadas ao seu preparo físico. Algumas cias. são bem claras e informativas neste particular, com ícones para cada excursão, os quais classificam-nas por categoria e se é necessário algum preparo físico além do normal.

CRUZEIRO%20Costa%20Santorini%20382.jpg

Dá pra subir ao tpo de Santorini de teleférico ou burrico

           LEMBRE-SE de que visitar aquela ruína grega pode significar ter que fazer caminhadas longas em terrenos iregulares e subidas mais extenuantes. Verifique se elas têm paradas “técnicas” e o tempo máximo que se fica dentro do ônibus ou van. Depois de conhecer o conteúdo de cada uma, faça sua própria análise pesquisando nos guias e na Internet e vendo fotos nos álbuns virtuais do tipo Flickr e Webshots.

http://community.webshots.com/

http://www.flickr.com/

CRUZEIRO%20Costa%20Npoles%20e%20Pompia%20185.JPG

Porto de Nápoles, Sicília - Itália

           2- Fatores externos: instabilidade política, segurança e dificuldade de transporte e de comunicação podem indicar que uma excursão oferecida e etstada pelo navio, portanto, confiável, é o mais indicado. Mesmo que você seja um viajante experiente, a menos que seja muito descolado e não se importe em eventualmente perder a hora da partida do navio para o próximo destino. Viajar por alguns países da África, Ásia e antigos países da União Soviética e da América do Sul pode não ser seguro ou, ao menos, requerer muita programação antecipada, o que não é lá muito fácil em viagens de cruzeiros;

CRUZEIRO%20Costa%20Santorini%20369.jpg

Há lugares que não é preciso fazer excursões. Santorin é um exemplo

           3- Problemas de saúde e de mobilidade: evidentemente que quanto maiores as dificuldades físicas mais são recomendadas as excursões;

           4- Considere antes a possibilidade de arranjar seu próprio tour: há lugares como Nassau, Bahamas, por exemplo, nos quais você sairá do porto e será abordado por inúmeros guias oferecendo tours. Até mesmo taxis são possíveis de serem contratados se você já souber o que pretende conhecer. O mais importante nesses casos é deixar muito claro a hora em que deverá estar de volta ao porto. Lembre-se, não há amais remota possibilidade de o navio esperar por você;

CRUZEIRO%20Costa%20Messina%20Taormina%20224.JPG

           5- Há transporte regular do Porto ao Centro da cidade?  Do deck do porto ao centro das cidades é possível haver transporte regular e circular, além de taxis. Verifique a possibilidade de adquirir um mapa e certifique-se de que os ônibus funcionarão até a hora que você deve estar de volta ao navio. Há alguns portos em que isso é bem comum e recomendável. Evidentemente que há alguns que sequer precisam de transporte, por estarem literalmente dentro da cidade. É o caso de Katakolon, na Grécia, na região do Peloponeso (Grécia continental) e Santorini. 

493463-1186083-thumbnail.jpg 493463-1186090-thumbnail.jpg 493463-1186093-thumbnail.jpg

Próximos Capítulos:

Capítulo 6 - Final: Como escolher um Cruzeiro? 

Outros capítulos

Cidades e lugares que visitei neste Cruzeiro

 ITÁLIA:  Savona (porto), Nápoles (passagem), Pompéia, Messina (Sicília), Taormina;  EGITO: Alexandria;

CHIPRE: Limassol, Curium, Apolo e Omodos; TURQUIA: Marmaris, Dalyan e Caunos; GRÉCIA: Santorini

Reader Comments (25)

Arnaldo,
Parabéns o seu post é fantástico e muito meticuloso. É um trabalho consciencioso. Me ha impresionado muy gratamente. Nunca pensé en los pros y los contras de un cruzero e nâo entendía por qué había muitas pessoas que sim gostan, agora tenho uma visâo diferente de os cruzeiros.
É muito interesante como você "aborda" el tema. Me gosta la idea de nâo hacer y deshacer as "malas" cada vez que llegas a un país distinto. Muito bo e muita boa informaçâo.
Um abraço
17:41 | Unregistered CommenterCarmen
CARNEN, mais uma vez sua visita é acompanhada de uma gentil e muito simpática mensagem. Fico mesmo contente em conseguir transmitir efetivamente o que pretendia, com alguma imparcialidade.

Apresentar informações precisas e verdadeiras é meu objetivo, tornar o FATOS & FOTOS de Viagens uma ferramenta útil e confiável de consultas e depoimentos imparciais. A melhor maneira de transmitir credibilidade é usar de franqueza e maturidade, ausência de preconceitos.

Muito grato por sua visita e comentário!
Assino embaixo da tua segunda estrofe, na resposta dada à Carmen, quando fala da maneira mais bacana de transmitir credibilidade. É bem isso!

Abraço
13:26 | Unregistered CommenterDiogo
Arnaldo, essa série está realmente incrível! A cada post me convenço mais e mais que um cruzeiro realmente não é a minha praia, e, incoerentemente, a cada post me vem mais vontade de fazer um cruzeiro. Acho que é porque eu não suporto o "não experimentei, mas não gosto". Eu preciso ter uma opinião minha a respeito do assunto!
O seu blog é uma preciosa fonte de informações, que vai me ajudar muito na hora de selecionar um cruzeiro que tenha mais "a minha cara" e com o qual me identifique (pelo menos em parte.)
Parabéns!
13:40 | Unregistered CommenterLuisa
É exatamente isso que me leva a fazer coisas para as quais tenha preconceitos em relação a viagens, Luisa. É claro que vc poderá fazer e não gostar, seria normalíssimo! Todavia, o ruim é não gostar sem fazer, isso que acho meio "anormal"....O último capítulo conterá um link de todas as cias. de cruzeiros para que cada um os visite e indentifique-se melhor com o que mais lhe atrai. Além disso, as considerações finais acerca de como escolher um Cruzeiro.


DIOGO, obrigado!
Arnaldo, essa série é um guia mesmo! Poderia se chamar. "Tudo o que você queria saber antes do primeiro cruzeiro, mas tinha vergonha de perguntar".

Abração!
4:59 | Unregistered CommenterMarcio
MÁRCIO, legal que tenha gostado. Mas deu trabalho mesmo pesquisar, esrcever, reunir todos os dados, publicar....


O objetivo era mesmo compilar todas as informações que obtive pesquisando e transmitir toda a experiência que vivi neste cruzeiro...


Grande abraço
Arnaldo !!
Esse fundo musical está demaaais !!
A-D-O-R-E-I muito mesmo :D
Vou tudo com muita calma e volto aqui de novo com minhas dúvidas, ok?
SYLVIA, muito, muito grato por etr vindo e ter ainda deixado sua mensagem! Agradeço sicneramente.
Blogando ao vivo do Havaí, é??? Um dia eu chego lá! rs
Continuo vidrada nos seus posts sobre cruzeiros: estão incrivelmente completos, perfeitos! Prendem a atenção tanto de quem curte como quem não curte navios; e, sobretudo, daqueles que, como eu, antes não gostavam e agora se descobriram apaixonados por eles... Sem contar que suas fotos são sempre absolutamente incríveis!!! Parabéns!
MARI,hoje em dia blogar ao vivo é a coisa mais corriqueira e fáil que pode haver. É quase como mandar e mail! Vc sabe! O texto já vai no notebook alinhavado e basta copiar, colar e atualizar no local da viagem. Aí é só colocr as fotos que tirou e pronto! Voilá, bloga-se ao vivo!

MUITO grato pelo elogio. Vc tem um site maravilhoso e amplo, muito caprihado na estética visual e no texto. Sei o trabalho que isso dá o tempo que toma, e quanto é bom um elogio, a visita dos amigos e incentivos como o seu. Na medida do possível eu entro em todos os blogs dos amigos para deixar uma mesnagem, um abraço, todavia muitas vezes tenho que insistir para que façam o mesmo aqui. Portanto, avalio muito bem e agardeço presenças e elogios como o seu.

Sobre esta matéria de CRUZEIROS, foi memo trabalhosa, mas queria fazer algo que fosse uma bo fonte de informação num só lugar, ainda que eventualmente possam haver outras fontes de consultas em português e inglês

A matéria final etá por vir, estou terminando essa semana e será uma análise básica de algumas cias. de cruzeiro e links de quase todas elas.


Arnaldo, sensacional esse seu guia sobre cruzeiros, nunca li algo tão completo, a sua pesquisa vai me permitir realizar o meu primeiro cruzeiro com muito mais confiança, parabéns pelo trabalho.
21:41 | Unregistered CommenterRonaldo
RONALDO, obrigado pela visita! Espere o capítulo inal, pra arremtar toda a matéria com links e dicas de cada cia de cruzeiro. Abraços;
Arnaldo, acho que o seu trabalho nestes posts está fazendo muita gente ver cruzeiros com um olhar mais interessado. Na minha cabeça, realmente cruzeiros eram todos iguais, mas vejo que estou errada. O Ernesto também tem boas experiências no Windstar, que achei bem atrativo.
Estou curiosa para ver as opções de cruzeiros no próximo capítulo. Você vai falar sobre quais excursões você fez nas paradas?
Um abraço!
11:50 | Unregistered CommenterEmília
EMÍLIA, o objetivo era esse mesmo, desmistificar cruzeiros marítimos com o olhar de uma das pessoas que mais os detestava: eu mesmo.

E desmistificar não significa influenciar, ams mostrar que o mundo dos cruzeiros é do tamanho do mundo e, por isso mesmo, gradne demais pra ser demolido de maneira tão superficial como eu mesmo o fazia.

O próximo, e último capítulo será justamente um "apanhado" geral sobre as cias. de cruzeiros mais importantes, incluindo a Windstar. Será uma espécie de apresentação a cada uma dessas cias. mais importantes, suas personaldiades, estilos, características fundamentais, perfis de passageiros.

O mais importante serão os links de cada uma, para que cada leitor curioso vá ele mesmo explorar aquela cia. que mais lhe interessou tendo essa primeira apresentação por aqui.

EMÍLIA, o ERNESTO já havia me comentado em uma ou duas oportunidades que gostou de cruzeiros e deu-me algumas dicas. Eu confesso a vc. que fiquei simplesmente DESLUMBRADO com um cruzeiro da PRINCESS Cruises pela Polinésia, passando por ilahs que jamais pensaria em visitar: Rangiroa, Ilhas Cook, Rarotonga, Marquesas, além do Tahiti. Nunca mais me saiu da cabeça! Fora esses, a Princess me encantou com destinos como Alaska, Ásia (Japão, China, Índia, Vietnã, etc), Austrália e Nova Zelândia, entre outros.

Eu farei depois disso um intervalo na matéria CRUZEIROS MARÍTIMOS pra blogar sobre o Havaí. Serão dois ou três capítulos, um guia completinho sobre a ilha de Oahu (onde ficam Honolulu e Waikiki e aquelas famosíssimas praias como Banzai Pipeline, Waimea, entre outras).

Resolvi gastar minhas milhas na American Airlines e da rede Sheraton passando cinco dias no Havaí a um custo bem econômico. Tanto as milhas da cia. aérea quanto da rede hoteleira estariam para expirar. Nós adoramos o Havaí (Oahu, a principal ilha e a únida que conheço) é lá é um lugar onde me sinto decididamente em férias e não turista.

Depois disso vou retornar a escrever sobre as excursões a todas as cidadades que passamos neste Cruzeiro Costa e mostrar em fotos e textos os maravilhosos lugares que visitamos. Será um capítulo para cada uma delas:

ITÁLIA: Savona (o porto), Nápoles (de passagem), Pompéia, Messina (na Sicília), onde visitamos Taormina; EGITO: Alexandria; CHIPRE: Limassol, Curium, Apolo e Omodos; TURQUIA: Marmaris, Dalyan e Caunos; GRÉCIA: Santorini.

NOTA: em TODAS fomos de excursão regular do navio, exceto em Katakolon, na Grécia, cuja visita seria a Olympia, mas não tive vontade de ir.


Arnaldo,
Adoro seu blog. É muito útil. Vou te linkar no meu blog. Além disso gostaria de saber se você já foi à Dysney francesa. Esateri na Europa em janeiro e estou programando uma passada por lá. O que me diz?
Obrigada,
Sucesso.
Karina
13:55 | Unregistered CommenterK
Sim, KARINA, pode linkar meu blog sim. FArei o mesmo com o seu aqui. Obrigado.

Sim, eu fui à Disneyland Paris e gostei. Se você tiver tempo vale a pena ir, e inclusive é fácil ir de metrô/trem.
Arnaldo, thanks pelos elogios. Mas vc é que é o cara! Quando eu disse um dia chego lá, estava me referindo a blogar ao vivo DO HAVAÍ!!!! ;)
Olá Arnaldo!
Adorei sua visita no meu blog e muito obrigada pelo comentário.

Nossa, muito legal o Fatos & Fotos! Parabéns, é bem informativo, detalhista e super caprichado. Quantas fotos lindas! Ganhou uma leitora assídua, afinal temos 2 interesses em comum: viajar e blogar.

Obs: há 5 anos fiz um cruzeiro para o caribe e naquela época notei a dificuldade e a incerteza das pessoas ao fecharem os pacotes oferecidos pelo mesmo! Até eu, que já sou viajante nata, tive dúvidas se essa era a melhor opção. Acabei fechando um deles e não me arrependo pois para o curto espaço de tempo disponível, o passeio foi bem objetivo e completo. Enfim, muito legal seu tópico, esclarece bem as dúvidas e faz com quem nunca sonhou em pegar um cruzeiro, começe a sonhar...
Arnaldo,

Valeu a visita e o comentário lá no blog...

Eu realmente não escrevo só sobre mergulho, mas sobre tudo relacionado à uma boa viagem... qualquer coisa que tire a gente da rotina... hehehe.

O engraçado é que estava mesmo pensando em escrever sobre cruzeiros e, como nunca estive em um, sua página vai me ajudar bastante. Afinal, às vezes gosto de escrever sobre viagens que nunca fiz para ver se me empolgo e acabo fazendo...

Sua página já está nos favoritos lá no meu blog...

um abraço
CAROL WIESER, gostei especialmente do trecho "não me arrependo pois para o curto espaço de tempo disponível, o passeio foi bem objetivo e completo". Essa frase é o resumo de TODA a matéria que escrevi!

Obrigado pela visita.


PEDRO SERRA, eu percebi, navegando depois mais detidamente por seu blog, que ele não trata apenas de mergulho, ainda que o faça muito bem. Percebi que tem matérias relacionadas a viagens e isso é bacana de ver, mais um blog bom sobre o assunto que conheço.

Arnaldo

Boa viagem para voce, vamos aguradar o Havai...Eu não tenho condições de ir, até porque tive um pequno problema de saúde,mas se voce tiver tempo, na semana passado tinha um otima oferta da Norvegian de um cruzeiro no Havai, de 12 dias por 900 dólares;

Um excelente ano para voce,feliz natal, muitas viagens, posts em lugares diferentes, milhoes de leitores, muitos amigos em todo o Brasil, sáude e felicidade...
7:14 | Unregistered CommenterErnesto
Caro ERNESTO, estimo siceramente suas melhoras urgentes. Desejo também a você e sua esposa um NOVO ANO com o primordial: saúde, paz, suceso profissional, bons trabalhos.

Ernesto, vocês e sua esposa são dois entre outros que tive o privilégio e a sorte de conhecer pessoalmente e espero ter renovada esa sorte numa próxima oportunidade de estarmos juntos.


Sobre o Havaí, eu ficarei apenas 6 dias em OAHU e mais dos 2 em Las Vegas. Não daria para fazer esse cruzeiro da NCL, mas já vi o Pride of Aloha, um dos navios da cia., ancorado no Porto de Honolulu e no próximo e último capítulo sobre Cruzeiros Marítimos a primeira foto será dele.

Não achei também que fizesse muito sentindo fazer esse cruzeiro porque estando em Oahu, daria pra fazer bates-e-vonta a outras ilhas. E ainda que outras ilhas sejam bonitas, para mim OAHU basta e é onde me sinto em férias.


Eu tinha que usar milahs da American Airlines e da rede Starwood (Sheraton) que expirariam no próximo ano e resolvi fazer isso com o Havaí, porque em 2008 minha programaçãoe está completa, até por conta de milhas da ALITALIA que tenho que usar e que expirarão também.

O ano que vem tenho já compradas, pagas e programadas: MARÇO: Bangkok e Amserdam (via Milão); CRUZEIRO COSTA: Túnis (Tunisia), Capri (Sicília), Palma de Maiorca (Espanha), Marselha (França); OUTUBRO (ainda não definida, mas provavelmente Japão).

Sobre leitores, o FATOS & FOTOS de Viagens temn registrado a média de 55 a 65 mil acessos por mês (de cerca de 20 a 30 mil pessoas diferentes).

Em Janeiro o FATOS & FOTOS de Viagens deverá atingir a marca de UM MILHÃO de acessos (contado apenas a partir de setembro de 2006, porque só comecei a registrar a partir desse mês, ainda que o blog tenha iniciado em Março de 2006).

Na verdade, o mais importante é o prazer de contar com os leitores que registram seus comentários, que frequentam e se dão ao trabalho de escrever algo, nem que seja um "alô". É a melhor maneira de ver recompensado o trabalhão danado que dá pra pesquisar e publicar.

GRANDE ABRAÇO!

Oi Arnaldo,
eu não tenho blog e como li lá nos blogs da Emília e da Majô, suas mensagens de Natal tb queria te desejar um ótimo Natal e que papai Noel te inspire a continuar sempre com seu blog que para mim é uma maravilhosa e completa fonte de informação. Boa viagem!
22:15 | Unregistered CommenterElisa
ELISA, muitísismo grato. Que gentileza! Desejo a você a aos seus PAZ, saúde e felicidades. Volte sempre e ecreva!

PostPost a New Comment

Enter your information below to add a new comment.
Author Email (optional):
Author URL (optional):
Post:
 
All HTML will be escaped. Textile formatting is allowed.