CONHEÇA O AUTOR

 

         Depois de estabelecer-se na Internet - em 1999 - escrevendo relatos de viagens em sites relacionados com o tema, e em 2006 ter fundado o blog Fatos & Fotos de Viagens - um dos pioneiros da blogosfera de viagens - Arnaldo foi convidado a colaborar com matérias na Revista Viagem & Turismo, da Editora Abril e, agora, prepara o lançamento de seu primeiro livro - "Bom dia, Addis. Adeus Etiópia" - ingressando, assim, na literatura de viagens com um livro encantador, segundo o autor, o primeiro de uma série de pelo menos quatro que já planeja produzir, dois deles em plena fase.

Assim o autor define esta sua nova fase:

             "Livro é coisa séria. O que o leitor encontrará em "Bom dia, Addis. Adeus Etiópia" é diferente do que lê aqui no blog. Da narrativa ao estilo. Em vez de apenas uma "conversa" com o leitor, baseada na informalidade, o livro mistura traços desta coloquialidade e informalidade com os de uma escrita literária. Sobretudo com profundo respeito à arte de escrever. Passo a ser um escritor, o que nada mais é do que uma outra maneira de me expressar sobre viagens e de transmitir ao leitor minhas impressões. Segundo o poeta e ensaísta norte-americano Henry David Thoreau, "Muitos homens iniciaram uma nova era na sua vida a partir da leitura de um livro". A partir deste meu primeiro livro escrito, considero ter ingressado numa nova, deliciosa fase em minha vida. 

              Minha ascensão na escrita de viagens com este trabalho literário não é exatamente uma novidade. Ainda que recentemente eu tenha notado a mente lampejar com a ideia: tornar-me um escritor de viagens. Todavia, ela sempre me rondou. Mesmo que a alguma distância. Não foram poucos os amigos, parentes e leitores do blog que há mais de dez anos recorrem à pergunta: “Por que não escrever um livro?”

Gente que escreve e encanta, fala sobre o autor:

Haroldo Castro:

            "Arnaldo é um dos viajantes equilibrados e sensatos que se lança escritor, o que, num Brasil de pouca leitura e onde a Literatura de Viagem não chega a ocupar meia estante nas livrarias, conta histórias que servirão de grande subsídio para qualquer leitor, além de ajudar a romper os preconceitos de que a África só oferece guerras, doenças e fome. Infelizmente, a riqueza cultural e natural do continente é quase sempre tão abafadas por notícias negativas que considero este livro um raio de luz na região."

Jornalista, fotógrafo, autor de “Luzes da África”, indicado para o Prêmio Jabuti na categoria Reportagens

Ronize Aline:

             "Minha opinião sobre o autor está refletida na resenha que escrevi de seu livro "Bom dia, Addis. Adeus Etiópia": ele escreve com o coração e demonstra respeito por tudo o que viu. Este livro, mais do que o relato de uma viagem à Etiópia, é uma viagem rumo a uma experiência de imersão e contemplação do outro. É como olhar para o diferente sem estranhamento ou indiferença."

Escritora, tradutora, jornalista, professora universitária, crítica literária do jornal O Globo, do Rio de Janeiro

Rachel Verano

             "Neste livro, Arnaldo tem o poder de nos transportar a um dos cantos mais fascinantes e ainda intocados do planeta. Mas de maneira ao mesmo tempo delicada e profunda, pessoal, criando intimidade com os personagens, deixando o leitor perceber cheiros, sabores e sentir as emoções de suas descobertas. Do peso do ar à alegria de dobrar a esquina, o autor consegue transmitir todo seu fascínio de estar diante de algo realmente novo."

 Jornalista das revistas Viagem & Turismo, Veja, VejaSP, Glamour, TAM e Vamos/LATAM

Davi Carneiro

             "Há uma frase atribuída ao grande viajante do século 14, talvez o maior escritor-viajante de todos os tempos, Ibn Battuta: “Viajar, primeiro te deixa sem palavras, depois te transforma num contador de histórias.” Suspeito, caro leito, ser este o caso do Arnaldo, um autêntico viajante que vem se mostrando, cada vez mais, um talentoso contador de histórias. Conheço-o e o sigo desde 1996, através do seu blog, aquele que, na minha opinião, é um dos melhores de viagens da internet brasileira, tanto pela excelência fotográfica quanto pela qualidade dos textos. Com um currículo andarilho de respeito (mais de 60 países, entre eles Quirguistão, Miamar, Irã e Uzbesquistão), Arnaldo tem o mérito de ir na contramão da blogosfera profissional e monetizada: de maneira simples, autêntica e independente, preza, principalmente, a credibilidade e a confiança de seu leitor." 

 Escritor, jornalista e colaborador de diversas revistas nacionais e estrangeiras

 


COMENTÁRIOS
PROCURA
Quer ler outras viagens?
De onde chegam os visitantes
« Havaí: Oahu - É fácil conhecer a ilha | Main | Cruzeiros marítimos: como escolher um navio e um roteiro »
Quinta-feira
Dez132007

Havaí: Oahu - Inverno na Crista da Onda

Dezembro em Oahu: puro prazer polinésio!

Prazer polinésio, charme havaiano e eficiência americana.

_________________________

               O Havaí não é aqui nem logo ali, mas é uma das mais alcançáveis versões do paraíso.

               É longe o paraísofica no arquipélago mais isolado do mundo, a mais de 4.000 km do continente mais próximo. Você sai do Brasil, chega em Miami - ali, bem na beirinha do Oceano Atlântico - depois voa para a frente um dia inteiro, mas regula seu relógio para trás. Após cruzar todo o território norte-americano de  leste a oeste, chega em Los Angeles, quase toca o Oceano Pacífico, aí, finalmente pega outro vôo, cruza aquele marzão todo por mais de cinco horas e finalmente pousa na Ilha de Oahu, Arquipélago do Havaí. Parabéns!, você está a meio caminho do Japão. 

               ALOHA!, você chegou ao Havaí. MAHALO! (Obrigado!)

Hava%20%20Blog%20Dez%202007%2000.jpg

Surf´s Up! As Big Waves chegando em Sunset Beach

__________________________________

                  NÃO fosse o óbvio ridículo, minha primeira vontade ao descer no aeroporto de Honolulu depois dessa longa jornada aérea desde Miami, teria sido ajoelhar-me no chão e beijá-lo. À moda do Papa João Paulo II.  São ao todo 11 horas e 20 minutos de viagem de Miami a Honolulu - via Los angeles - e menos 5 horas de fuso horário desde Miami (8 a menos em relação ao Brasil).

HavaiAeroporto.jpg

Preparando para pousar...

                 CHEGAR em Honolulu depois disso é algo que mexe com o corpo e a mente.  Os fusos horários em relação ao Brasil desregulam o mais preciso relógio biológico: do Brasil, são menos 3 horas que em Miami; menos 6 que em Los Angeles e Las Vegas e, finalmente, menos 8 em relação ao horário de Brasília.

HAVA%20Blog%20Vista%20area%20avio%20Diamond%20Head.jpg

Vista aérea de Waikiki, com o Diamod Head a Windward Coast

                  NÃO espere chegar ao Honolulu International Airport e ser recebido ainda na porta do avião por havaianas vestidas a caráter dando-lhe boas vindas - E Komo Mai! - e colocando um "lei" de flores naturais no seu pescoço, o mais tradicional "boas vindas" havaiano. E tudo isso acompanhado de um duradouro sorriso havaiano. Sim, o sorriso havaiano é uma das coisas que você perceberá ao longo de sua estada no Havaí: a personalíssima simpatia de um sorriso que só se encontra aqui.   Ainda que essa receptividade protocolar fique apenas na lembrança dos filmes de Hollywood dos anos dourados à la Elvis Presley em seu período havaiano, a receptividade havaiana vai além do mero E Komo Mai.

Hava%20Blog%20Aa%20Haiwaiian%20Lei.jpg

Fresh Flower Lei - Os mais comuns são feitos de flores Pluméria e Orquídeas

                   OS tempos são outros e não há como receber 30 milhões de passageiros por ano dessa maneira, ainda que sobreviva aqui e ali esse espírito "aloha"  de recepcionar turistas.  Se você quiser MESMO ser recebido assim, há operadoras que cobram por este serviço e você terá havaianas, leis e limosines pra jamais esquecer. Há hotéis que recebem seus hóspedes no check-in com colares de flores naturais, toalhas refrescantes geladinhas, chá gelado de limão, pacotinho de chá aromático e outras delícias ara minizar os efeitos do jet lag. Mesmo seno viajante experiente, esteja certo, você sentirá (ou sofrerá!) os efeitos das radicais horas de vôo e três mudanças de fusos horários. e dará valor a qualquer salamaleque.

Hava%20%20Blog%20Dez%202007%2002.JPG

O "Espírito Aloha" está em tudo: pode ser visto, ouvido, sentido (Aloha Tower - Honolulu)
 
                    OS "lei" são o maior ícone do Havaí depois das havaianas, as legítimas. Não as sandálias, mas as mulheres.  Ah, não se preocupe, se você esqueceu as nossas legítimas havaianas, fique tranquilo, lá tem. Pode ficar orgulhoso: sandálias havaianas são que nem brasileiros, têm em todo lugar (graças a Deus!).

Hava%20%20Blog%20Dez%202007%2003.JPG

Dois dias pra "entrar" no relógio deles!  (Relógio da Kuhio Beac Park - Waikiki, ontem, 14/Dez, ao pôr-do-sol)
 
                    ALOHA! é a palavra que você mais ouvirá em sua estada no Havaí.  E você vai adorar isso, porque ela é dita com alegria e naturalidade, simpatia e uma sonoridade especiais. Aliás, simpatia é o que primeiro você perceberá no povo havaiano.  E o que significa Aloha? Tecnicamente é um verbo não transitivo, mas tem um significado muito, muito amplo: amor, afeição, compreensão, pena, simpatia, sentimento, caridade, cumprimento, compaixão, alegria, afeição, saudação, Alô! Até logo! 

Hawaii%20%20FLOR%20001%20Lei.jpg

As "plumérias" estão na maioria dos "Leis" de flores naturais. Tão comuns quanto pranchas de surf
 
                    ALIÁS, se eu tivesse que resumir Oahu em uma frase, seria:  "prazer polinésio, charme havaiano e eficiência americana". Não é por menos que é vendida como Pacific Paradise. A mim o que mais marcou foram a simpatia e a hospitalidade havaianas. Só depois dela, a paisagem.  Ah, é claro, você não deixará de sentir e perceber em tudo que você está nos Estados Unidos, apesar de no meio do Oceano Pacifico: as ruas são impecáveis, tudo funciona e é limpo, os jardins e espaços públicos um espetáculo e tudo tudo é arrumadinho e eficiente. Tá, você pode achar que não fica bem um Mc Donald’s na Polinésia, mas Oahu não é só Honolulu e Waikiki, tem a costa norte e verdadeiras cidadezinhas de praia. Se o Havaí todo é um play-ground, Oahu é uma colônia de férias. Tá certo que Waikiki tem seu lado Miami de ser bem acentuado mas eu garanto, é bom demais esse ‘lado b’ do Havaí. A grande novidade é que com o dólar baixo o Havaí custa quase o mesmo que ir para Fernando de Noronha. Por conta própria ou por pacotes turísticos já dá pra pensar numa ou noutra.

OAHU é assim....

Hava%20BANNER%20Hawaii%20Waikiki.jpg
 
...e assim! 

Hawaii%20%20Costa%20Norte.jpg

...tem cidade grande e roça!  

               SE você gosta de praia, de surf, de natureza polinésia, de lugar romântico, infra-estrutura turística e esportes náuticos, Oahu é a sua praia.  Se estiver em Lua-de-Mel então, seja lá em que número for, o Havaí vale a pena. Aliás, desde que Elvis Presley tornou famosa no mundo todo Waikiki em seus filmes românticos de canções melosas e passou a sua própria Lua-de-Mel nestas praias que o Havaí tornou-se um dos maiores destinos mundiais para os recém casados classe média. É mais ou menos como Poços de Caldas no Brasil. É quase tão comum ver casais americanos e japoneses sendo fotografados em roupas do casório quanto presenciar as jurássicas long boards surfando as quilométricas ondinhas de Waikiki e surfistas fazendo o sinal de hang loose.  

Hava%20%20Blog%20A%20Dez%202007%20Makapuu.jpg

Elas estão chegando! (as ondas "pequenas" de Makapú´u Beach no dia 13 de dezembro de 2007)

               MAS se você procura agitação, vida norturna, atividades culturais, não venha: a vida começa às sete da manhã e termina às onze da noite. É praia e natureza, cidade e compras, esportes e descanso. História mesmo só em Pearl Harbor, que por sinal é uma visita obrigatória e um passeio de uma manhã inteira ao centro de Honolulu e um ou outro museuzinho do mar, um predinho histórico ou um monumento.  Quer agito cultural? Vá pra Nova York. Quer relaxamento e descanso? É aqui.

Hava%20%20Blog%20Dez%202007%2006.JPG

Hotel Westin Moana Surfrider Waikiki "The First Lady of Hawaii" - Praia de Waikiki

 


                     OAHU é a ilha mais populosa do Havaí: nela vivem cerca de 900 mil pessoas, sendo 80% delas em Honolulu. São 180 km de costa e cerca 130 praias diferentes. Sim, pode considerar que a ilha é um paraíso. E que pode e deve ser visitado.  E com uma grande vantagem: em qualquer época do ano. E é justamente no inverno que correm pra ela surfistas do mundo todo em busca das big waves de 10 metros e dos torneios de surf mais famosos do mundo. Aliás, as gigantescas ondas ocorrem apenas num curto espaço de tempo durante o mês de dezembro até janeiro. No resto do ano as mecas dos surfistas - Waimea e Sunset Beach - são praias de criança. Ou de não surfistas, como eu.

 

HAVA%20MAPA%20Oahu%20AA.jpg

_______________________________

 

Surf’s up!   As Big Waves de Inverno na North Shore de Oahu

Inverno no Havaí!  Quando a mãe natureza motiva uma viagem               

              

               A cada inverno o contorno irregular da North Shore de Oahu transforma-se em um dos melhores lugares do mundo para a prática do surf em big waves. As ondas gigantes, geradas em função de condições climáticas e tempestades no Pacífico Norte, esplodem seguidamente numa razoavelmente extensa linha costeira.  Para muita gente isso significa apenas uma coisa:  Surf’s up!

Hava%20%20Blog%20Dez%202007%2004.JPG

Hula Dancer em bronze no Aloha Tower

               A origem exata do surf é desconhecida e muitos historiadores atribuem aos polinésios quando migraram para o Havaí há 2.000 anos. Os antigos polinésios-havaianos chamavam a prática de surfar ondas de "he‘e nalu" que traduzindo literalmente significa ‘deslizar sobre onda’.  O que se sabe mesmo ao certo é que nos anos 1.900 o surf foi altamente popularizado através das long boards executadas em dois dipos de madeira: a redwood e a madeira balsa.   NOS dias de hoje, graças a modernas técnicas e materias as pranchas tornaram-se extremamente leves e rápidas, especiais para o surf em ondas grandes.

Hava%20%20Blog%20Dez%202007%2013.JPG

Downtown Honolulu - Placa com a figura do Rei Kamehameha indicando o Iolani Palace

               NESTA época, de Novembro a Fevereiro, a população de turistas surfistas e turistas expectadores do surf lotam as praias da North Shore quer para surfar, quer para participarem de competições como a Van's Triple Crown of Surfing, a Van's Hawaiian Pro em  Ali'i Beach Park - Hale'iwa, a Rip Curl Cup em Sunset Beach; a XBox Gerry Lopez Pipeline Masters, e a Quiksilver Eddie Aikau Big Wave Invitational em Waimea Bay, todas elas competições extremamente perigosas e técnicas, destinadas a profissionais. Ainda que este trecho da North Shore não seja adequada (e muitas vezes impedida para o banho de mar), há inúmeras outras praias completamente seguras e tranquilas.  Todavia também é esta a época das chuvas. Se bem que em Oahu mesmo as chuvas são bacanas. Lembra-se de "Sol e Chuva, Casamento de Viúva"? Ou de "Chuva e Sol, Casamento de Espanhol"? Pois é...

493463-1212591-thumbnail.jpg   493463-1212602-thumbnail.jpg   493463-1212612-thumbnail.jpg

Isto é Hawaii! (clique nas fotos para ampliá-las)
 
                     TODO mundo chega por Oahu ao Havaí e a maioria dos turistas sequer sai pras outras ilhas.  Ainda que não seja a maior, Oahu é a melhor. Não é que não valha a pena conhecer as demais ilhas do arquipélapo, mas é um programão conhecer Oahu toda, especialmente à costa norte.

Hava%20%20Blog%20Dez%202007%2007.JPG

Moana Surfrider Hotel - Waikiki Beach
 
                     NÃO se preocupe, você não precisa surfar para ir a Oahu no inverno. Tampouco se sentirá deslocado. Eu jamais subi numa prancha de surf e acho Oahu um lugar espetacular para passar férias, especialmente em dezembro. Saiba que inúmeros americanos e asiáticos vão para o Havaí em dezembro fugindo do inverno.  O Havaí é bom pra ir em qualquer época do ano, embora a temperatura no verão, de junho a agosto, seja bem mais quente.  As épocas menos cheias são do meio de abril ao final de maio e de setembro a novembro, quando os preços de tudo ficam mais baratos. É a baixa temporada deles.  Já entre dezembro e março, época das big waves, há um afluxo de turismo além do normal, em razão do surf e dos campeonatos.  

Hava%20%20Blog%20Dez%202007%2022.JPG
 
                     EM Oahu você também não precisa se preocupar com a moda e com a forma física pra ir à praia. É diferente do Brasil e de diversos outros países e cidades de praia do mundo, onde você precisa exibir boa forma física e a última moda em roupa de praia para não se sentir deslocado. Aliás, se levarmos em conta os roliços havaianos, o gordos americanos e os magricelas e branquelos japoneses,  os brasileiros estarão sempre bem na fita.  Pode estar certo de que aqueles gigantescos e fofoletes biquinis sobrando pra todos os lados estarão a anos-luz dos nossos biquinis de duas décadas atrás. 

Hava%20%20Blog%20Dez%202007%2023.JPG

Pôr-do-Sol e pranchas de Surf ontem (12 de Dezembro de 2007) em Kuhio Beach
 
                     JAPONESES, aliás, constituem-se em 9 entre 10 turistas na ilha. Assim, mais ou menos como brasileiros em Miami. E com direito às várias sacolas de compras. Se tem algo que você tem que levar pra uma viagem ao Havaí são as roupas de banho, bermudas, camisetas de malha, shorts, carteira de motorista, óculos de sol e máquina fotográfica.  

Hava%20%20Blog%20Dez%202007%2008.JPG

Honolulu Downtown viso do Aloha Tower Marketplace
 
                     SE você imagina Oahu como aquele lugar paradisíaco, praias fabulosas com ondas gigantescas, prainhas piscininhas, surfistas aos montes, body-boarders de corpos sarados, biquinis (vá lá que sejam aqueles biquinis gigantescos e fofoletes no corpo..), gente jovem e descolada, praias desertas de areias brancas, montanhas vulcânicas cobertas de verde, mar azul turqueza, clima delicioso, romantismo exacerbado, brisa marinha, havaianos a caráter, templos budistas e o famoso hula-hula, dos leis - os lindos colares de flores naturais - terra da saudação mais simpática do mundo, aquele aaloooohaaaaa! esticado, você está certo. Aliás, está certíssimo.

493463-1213509-thumbnail.jpg    493463-1213518-thumbnail.jpg

Waikiki Beach: direção Ala Moana e direção Diamond Head

               OAHU é exatamente aquilo que em geral habita o imaginário coletivo. É o estereótipo mais comum mesmo daquilo que pensamos ser o Havaí. Até mesmo com direito àquelas bonequinhas havaianas de colocar no carro e que ao movimento dançam o hula. 

hava%20Blog%20Dez%2007%20Banner%20Ab01.jpg

Esta é a "minha"  praia em Oahu

                      SE no seu imaginário habita aquela Waikiki romântica da década de 50 e dos filmes de Elvis Presley eu preciso recomendar que você volte à realidade do século 21, recoloque os pés no chão do agora mundo plano e globalizado.  Mas, sim, saiba que Oahu, e Waikiki, têm um espírito romântico, não apenas aquele americano-estereotipado (que, convenhamos, resvala o brega), mas um natural e jurássico romantismo que está na música, nas roupas, na cultura, na paisagem e no jeito de ser do havaiano.

Hava%20%20Blog%20Dez%202007%2028.JPG

Os toucheiros a gás de Waikiki e o Pôr-o-Sol em Kuhio Beach em 12 de Dezembro de 2007

                      TODOS sabem que um lugar para ser romântico depende 50% da própria pessoa e de seu estado de espírito. A outra metade deve-se ao marketing turístico e à natureza. Assim como Las Vegas é o sonho do americano brega como lugar para casar, onde por puro marketing transformaram os casamentos em puro negócio pra ganhar dinbehri e explorar o sonho puro dos outros, Waikiki tem também essa característica.

493463-1213593-thumbnail.jpg    493463-1213605-thumbnail.jpg

Pôr-do-Sol em Kuhio Beach (Waikiki) By ALICE (minha mulher)

                      SÓ que em vez de americanos, japoneses! Sim, você seguramente verá casais sendo fotografados de dia em roupas de noivos nos lugares mais diferentes, da areia da Praia de Waikiki com o Diamond Head ao fundo até as escadas vitorianas de madeira do hotel Moana Surfrider, conhecido como "The First Lady". Se isso acontecer, curta e os fotografe também, eles gostam e lhe retribuirão com um enorme e simpático soriso! Aliás, os japones são o povo mais educado que conheço. Lembre-se, é o dia deles, encare isso com pureza e aplauda a felicidade deles!

Quer ver um bonito slide show de fotos de um casamento em Waikiki?

(Fotos J.P.Morneau no Flickr)

http://www.flickr.com/photos/jmorneau/show/

HAVA%20Casamento.jpg

Sorria com eles e fotografe!
 
                      HÁ alguns lugares do mundo que as pessoas vão em férias, não a turismo. Oahu é um deles. É um lugar perfeito para a falta de compromisso, para a descontração, para o relaxamento, para o lazer sem horários rígidos. Por outro lado, Oahu pode ser comparado a um gigantesco parque de diversões temático, só que natural.

Hava%20%20Blog%20A%20Dez%202007%20Casamento.jpg

Casal posando para fotos no Hotel Moana Surfrider na manhã do dia 14 de Dezembro de 2007

                     DAQUELES que você entra e se encontra num estado misto de ansiedade por querer ver todas as atrações e esgotamento porque não deu pra ver tudo. Relaxe. Aqui é um lugar onde se deve ficar ao menos uns cinco dias. Aí dá pra ver tudo. Em rítmo de férias.

Hava%20%20Blog%20Dez%202007%2030.jpg

Casamento ontem (12 de Dezembro de 2007) em Kuhio Beach - Waikiki
 
                       EM Oahu você encontrará aquelas típicas praias de mar azul-turquesa, nas áreas da North Shore, seja de nomes estranhos e desconhecidos como Makapu’u , Kailua e Waimanalo , seja das mundialmente famosas Waimea e Pipeline. Sim, você verá com frequência body-boarders em Sandy Beach e surfers em Waikiki e Sunset Beach. E bem no final da Nort Shore poderá conhecer Halleiwa, a cidade dos surfistas, pra onde a galera jovem do mundo todo vai em esquema mochilão. 

Hava%20Blog%20dez%202007%2030.JPG

Símbolo real do portão do Palácio Iolani - Honolulu
 
                        MAS, alto lá! Oahu não é “apenas” isso. Tem também tudo aquilo que toda Capital norte-americana média ou pequena tem: shopping center gigantescos, hotéis fabulosos, hospedarias econômicas, pousadas, auto-estradas impecáveis, arranha-céus, cidades populosas, cidades caipiras, fazendas e plantações. 

Hava%20%20Blog%20Dez%202007%2018.JPG

Iolani Palace, o único palácio real dos Estados Unidos fica aqui, em Honolulu
 
                       OAHU é o centro comercial, financeiro , político, de governo, cultural e educacional do Havaí. Diariamente 20.000 visitantes chegam à ilha. Isso dá, nada mais nada menos do que cerca de 7 milhões de turistas por ano (!) - muito mais do que TODO o fluxo de turistas no Brasil inteiro - influenciados por uma reputação reconhecida mundialmente como destino de classe. Aliás, a Capital de Oahu, Honolulu, é considerada uma das Top 10 Green Cities dos Estados Unidos pela instituição The Environmental Protection Agency (EPA), nessa ordem: Austin, TX; Boulder, CO; Chicago, IL; Honolulu, HI; Madison, WI; Minneapolis, MN; Oakland, CA; Portland, OR; San Francisco, CA.

493463-1212920-thumbnail.jpg    493463-1212926-thumbnail.jpg    493463-1212928-thumbnail.jpg

Isto é Hawaii! (Clique para ampliar)
 
                       ILHA mais visitada do Havaí, Oahu é a que tem a maior infra-estrutura turística, lugar do aeroporto internacional e muito a oferecer além de Honolulu, Waikiki e da planície central de ‘Ewa. Além dessas regiões, o restante da ilha é basicamente rural, com grandes canaviais e florestas onde javalis ainda circulam com liberdade. É fácil visitar esta face menos conhecida de Oahu percorrendo estradas e trilhas que cortam florestas, mas são necessários planejamento e guias. 

Hava%20%20Blog%20A%20Dez%202007%2013.jpg

Fusca "Lei"!  Isto é Hawaii!
 
                       E tem também Waikiki, que no curso dos anos 60 desenvolveu-se num rítmo copacabanamesco e virou um dos destinos turísticos mais desenvolvidos na América. Não haveria outro jeito: para acolher milhões de turistas uma pequena porção da ilha teve que sacrificar alguma beleza natural para abrigar hotéis, restaurantes e shopping centers. 

                       É bom ficar em Waikiki? NADA é mais perigoso do que definir  as coisas pelos outros. Quando escrevo meus guias de viagem faço isso com o maior cuidado para não deixar que minhas opiniões prevaleçam sobre quaisquer outras, que não exerçam influências sejam positivas ou negativas, mas que informem através de fatos e fotos o que vi. Evidentemente que para transmitir credibilidade é precio ter opinião.  Mas que elas não definam por você, leitor, como, quando, onde ir, onde ficar e o que comer. Se o que você viu e leu aqui forem motivadores e despertarem o seu interesse de ir mais além, perguntar, pesquisar, o blog terá alcançado o Nirvana!

Hava%20%20Blog%20A%20Dez%202007%2002a.jpg

Prancha de Guarda-vida em Hanauma Bay

                       POR isso, jamais afirmarei se você deve ou não ficar em Waikiki porque depende extremamente de seu estilo e gosto pessoal: se cocê for um turista tradicional, por exemplo, independentemente do seu padrão financeiro, Waikiki é uma boa.  E o que é ser um “turista tradicional” em Oahu?  É toda aquele que não vai para o Havaí para pegar ondas no inverno nem disputar os torneios surfísticos mais famosos e radicais do planeta.   Esses querem ficar “de cara”  para as ondas e isso significa hospedar-se na Costa Norte. Lá são raros os hotéis e que quando existem, são os resortões típicos para americanos hospedarem-se por uma semana com seus filhos, jogarem golfe e jamais sairem da praia onde estão. As opções de hospedagem surfística na Costa Norte sempre ficarão nas categorias albergues, guest houses, casas familiares e algu poucos hotéis econômicos e bem simples.

Hava%20%20Blog%20A%20Dez%202007%2011.JPG

Em Waikiki estão os melhores hotéis do Havaí (Hyatt Regency, na Kalakaua Ave. - Kuhio Beach)

                       TODAVIA, se você vai a Oahu a turismo, para passear, conhecer a ilha, relaxar, de férias, para praticar esportes náuticos, ficar na praia, passar sua Lua de Mel ou comemorar suas bodas, não há outro jeito, não há outro lugar a ficar em Oahu a não ser em Waikiki: a ótima infra-estrutura turística deste bairro de Honolulu, a Capital do Estado do Havaí, vai de casas de família, albergues, residências, flats, resorts e hotéis de todos os níveis e destinados aos mais diversos estilos e padrões financeiros e turísticos.  Para além das evidentes atrações de compras, Waikiki tem de supermercados a farmácias, das lojas de conveniência ABC (que você encontra em cada esquina) até lanchonetes, restaurantes, Mc Donalds até hotéis de todos os tipos e classificações. Há transporte, facilidade de locomoção a pé, distâncias reativamente curtas e excelente infra-estrutura de cidade grande mas com um delicioso espírito aloha de ser que você só encontra aqui!

 

Mapa dos HOTÉIS de Waikiki

 

493463-1196243-thumbnail.jpg
Clique no MAPA para ampliá-lo


 

Waikiki%20sheraton.jpg

Vista aérea de Waikki Beach e da Kalakaua Avenue e Sheraton Moana Surfrider


                       COM tantos visitantes, a indústria turística se desenvolveu na mesma proporção dos milhões de turistas: operadoras turisticas de monte oferecem uma descomunal variedade de passeios, desde os mais comuns city-tours até os passeios de helicóptero, ultralight e skydiving, kayaking tours, visitas a fazendas de abacaxi, excursões para encontro com tubarões, observação de baleias, passeios em submarinos turísticos e catamarãs, nado com golfinhos, passeios em quadricíclos e jipes, cavalgadas, mergulho, escalada, luaus, um ótimo zoológico, o Waikiki Aquarium e muito mais. Quer aprender a surfar?  Vá à praia de Waikiki e tome umas aulas nas tradicionais longboards

Hava%20%20Blog%20Dez%202007%2024.JPG

O romantismo do Pôr-do-Sol em Waikiki contagia os casais
 
                      TODAVIA, lembre-se, Waikiki está a um pulo de Honolulu - o que seria o centro financeiro e administrativo, moderno, além de abrigar o porto de transatlânticos e o que a ilha tem de mais histórico e antigo – e a uma boa distância da North Shore, a região norte da ilha onde ficam as famosíssimas Hanauma Bay, Sunset Beach, Waimea Beach, entre tantas outras. E tudo isso pode ser percorrido num dia, um roteiro relativamente fácil de carro que começa de manhã e termina ao anoitecer. Mas se quiser tomar umas aulas de surf, a Hawaiian Fire Surf School  dá aulas de surf para pessoas de qualquer idade. 


                       ALGUMAS das atrações mais populares de Oahu estão localizadas fora de Honolulu e Waikiki, tais como o Sea Life Park, com grande variedade de vida marinha e onde o visitante pode interagir com elas. Ou Polynesian Cultural Center , estritamente turístico, um parque temático muitíssimo interessante, elucidativo da vida da polinésia, bonito e onde se passa a tarde entre diversas atividades ligadas à cultura das ilhas polinésias, à apresentação de danças e tudo relacionado com a cultura. 


                      O Polynesian Cultural Center é uma das atrações mais polupares do Havaí, localizada na cidade de La'ie, a cerca de uma hora de carro de Honolulu, perto da North Shore, de Kualoa Ranch, de Kaneohe e da Kahekili Highway. 


                      JÁ em Pearl Harbor, o Arizona Memorial é um dos pontos turístico mais visitados de toda a ilha e deve ser visto. Em Ko Olina, a região de novos resorts e do Hawaiian Waters Adventure Park - um típico parque de águas -ficam localizados próximos a Kapolei, na região denominada Central Oahu. 

Pearl Harbor

850 Ticonderoga St, Honolulu, Oahu, HI 96860-5033

veja o endereço acima no Google Map:


                       PARA o surf os lugares mais indicados são Pipeline, Sunset Beach, Makaha, Waimea e Makapu’u. Para o windsurf a bonita praia de Kailua Bay. Para o body-board, Sandy Beach. Para o para-sail e a prática do outrigger (canoas havaianas), Maunalua Bay, em Wailupe. Ah, para aprender a surfar ou meramente divertir-se, “curtir uma onda”, tente Waikiki e em uma aula você estará surfando ondinhas que deslizam por centenas de metros no rasinho em pranchas tipo longboard
 
                                                ____________________________________________

Próximos Capítulos

É FÁCIL CONHECER OAHU

Getting to know Oahu – Conhecendo a Ilha de Oahu

Começando por Honolulu e Waikiki

A Costa Norte e as praias mais famosas do mundo

A Costa Leste

Reader Comments (56)

Arnaldo, mais uma vez você dá uma aula de como aproveitar bem a vida e ser feliz. Parabéns.
10:59 | Unregistered CommenterRosa
Arnaldo,

Un post muito completo e desenvolvido.Parabéns!

Mais eu me imaginaba Hawaíí un poco mais salvaje, nâo doméstico. Eu nâo pensaba que estuviese preparada pra recibir muito turismo, mais parece ser que sim.
Eu recuerdo as películas de los años 50-60 sobre Hawai e ilhas de alrededor, pero esas ilhas sólo estaban en mi imaginario infantil (ilhas verdes, frondosas, com muitas palmeiras e cocos).
Los países, las ciudades cambian. Están en continuo desarrollo e isso é bo (ainda que nâo pra a natureza selvagem).
Um abraço
18:22 | Unregistered CommenterCarmen
Arnaldo


Muito legal... Bela maneira de encerrar o ano!!
8:50 | Unregistered CommenterErnesto
Arnaldo, suas viagens são sempre incríveis e o mais bacana disso tudo é que com seus posts e fotos - e essa musiquina de fundo, claaaaro! - a gente pode sempre viajar um pouquinho junto com vocês também!
Um surpresa descobrir detalhes do Havaí como esses! Continue postando e colocando mais fotos deslumbrantes como essa, please!
Boa viagem e parabéns!!!
Arnaldo, seu relato me deu uma saudade danada... principalmente nessa época de inverno quando as ondas sobem no North Shore.

Vc comeu o camarão do trailler no North Shore? Vale a pena, é a meio caminho entre Sunset Beach e Kailua, indo pelo leste.

Makapu'u tbm é uma praia de bodyboard tbm para os locals, pelo menos. É uma das praias americanas mais dramáticas pra mim.

A vista do Pali Lookout é pra falar assim: "Eu não quero nunca mais sair desse lugar." De tirar o fôlego. O Havaí é todo assim, de tirar o fôlego.

Parabéns pela viagem! :)
Arnaldo

Que maravilha! Todas as fotos são fantásticas.
Na verdade você deve mudar de profissåo.
Seu nível de fotografia é profissional.

Aliás você deve explorar estás fotos comercialmente.

Um forte abraço do seu amigo

Beccari
Fotógrafo de Aviação
Arnaldo, seu blog está lindíssimo, sem falar na trilha sonora! O banner lá de cima está show e as fotos maravilhosas.

Eu preciso conhecer o Havaí! E mais: eu preciso me casar no Havaí! :-)))))

Bjo!!!
Arnaldo,
As fotografías de os paisagem do océano auguran novas fotografías maravillosas. Estoy á espera das novas fotos!!!.Tchau.
Feliz Natal!
Um abraço
7:55 | Unregistered CommenterCarmen
Arnaldo

A sua maquina fotográfica já merece um post!Qual a marca que tira tão fantásticas fotos???Ou é mesmo só da qualidade do fotógrafo??
Gostei muito das informações sobre o Hawai...parece mesmo o paraíso...pena que seja tão longe!!Apesar da distância pode encontrar muitos vestigios Portugueses por aí,porque a primeira colonização da ilha foi Portuguesa!
Obrigada pela visita ao meu blog aí do Hawai...que inveja do calor,nós por aqui estamos gelando!!!
Feliz Natal e um bom Ano Novo com muita saúde,alegria e muitas viagens!!


Abraços
11:28 | Unregistered CommenterMargarida
Olá Arnaldo!
As fotos continuam lindas e os posts demais!
Sabe porque os japoneses vão ao Hawaii? É pouco mais cara que viajar para Okinawa, dentro do Japão (e eles adoram dizer que foram para os "Estados Unidos")

Abraços!
12:32 | Unregistered CommenterAline Lima
Grande Arnaldo, que fotos lindas! Seu blog virou um dos melhores guias de viagem que conheço. Além do seu olho atento e enquadramento perfeito me pergunto que câmera andas usando estes dias.

Qualquer que seja, é ótima, mas não adanta câmera maravilhosa e fotógrafo sem talento. Por isso suas fotos são ótimas, como seriam até com uma xeretinha daquelas antigas.

Forte abraço do amigo,

Tito Rosemberg
www.titorosemberg.com
Olá Arnaldo, suas fotos, textos e músicas estão fantásticos!!!!!!!!! Parabéns.
Sempre tive preguiça de enfrentar essas horas de vôos para ir ao Havai. Mas vc me animou, assim como me incentivou a ir à Dubai no meio do ano que vem.
Desejo a vc e sua família um alegre natal e um ano cheio de energia, saude e viagens.
A propósito estarei no Rio de Janeiro entre 28/12 e 17/01, estarei hospedado no Sofitel e quem sabe podemos tomar um café da manhã ou um suco na Colombo do Forte num fim de tarde. Qq coisa me escreva: caio01@terra.com.br
Abraços
Caio Eduardo
18:51 | Unregistered CommenterCaio
Obrigada por visitar meu blog. Seu blog tem dicas muito boas de viagem e as fotos são demaisss!!! Um dia ainda conheço o Havaí... Um Feliz Natal e um ano novo viajante pra vc! Continue visitando TuDo InDiCa. Bjs
21:31 | Unregistered CommenterLaricia
Arnaldo, adorei as panorâmicas!!!

Tenho muita vontade de ir ao Hawai!! Quando morei na Austrália quase deu certo, mas não fui. Agora vendo post lembrei tudo de novo. O Post ficou demais!!!

Estarei em SP no final do ano. Se for para lá por qualquer motivo vamos ver se tomamos uma cerveja. Abração!!
10:54 | Unregistered CommenterMarcio
Arnaldo, parabéns pelo ótimo texto e as belas fotografias! Creio que um lugar tão bonito vale as 12 horas de vôo e todo o transtorno do fuso horário!

Aguardo os próximos capítulos!

Um abraço,

Alexandre
11:11 | Unregistered CommenterAlexandre
OBRIGADA! OBRIGADA! OBRIGADA!
Esse post (e os demais que virão na seqüência) está me ajudando a montar meu roteiro de 5 dias no Hawaii! Oahu será a última parada de uma viagem de 5 dias em Los Angeles, 5 dias em Las Vegas, 5 dias em São Francisco e, finalmente, 5 dias de puro descanso e relax em Oahu!!
Se tudo der certo, estarei chegando em Honolulu lá pela segunda semana de abril/08. Você aumentou muito a minha expectativa, as fotos estão excelentes!
Parabéns pelo relato e, claro, pelas fotos. Estou aguardando ansiosamente pelos próximos posts!
Abraço!
Frã - Porto Alegre/RS
11:57 | Unregistered CommenterFrancélli
Estamos passando para deixar votos de saude, paz, sucesso e muitas viagens no ano de 2008.

Parabens pelo blog e excelente servico de ajuda e incentivo para os loucos por viagens....

Grande abraco,

Familia Nomade.
www.diarionomade.wordpress.com
Arnaldo, para você também!!!

Muita paz e saúde para sua família!!!!

Um Natal cheio de alegria!!!!

E um Ano Novo repleto de sucesso e tranquilidade!!!

Paz sempre... e muitas viagens!!!

Rosa

Brasília/DF


Arnaldo, sempre soube que voce é uma pessoa requintada, mas mesmo assim voce me surpreende!

Que fotos lindas!

Abs
Sergio
Uau!!! Que aula de Havaí!!! Adorei as fotos e principalmente as músicas. O único problema é que a minha lista de lugares que gostaria de conhecer só faz aumentar...
Parabéns pelo sucesso e Feliz Natal!
7:45 | Unregistered CommenterLuisa
Arnaldo,

Que venha muito mais viagens e belas fotos em 2008!

Muito bom!!!

; )

Adorei o contra-luz!!!

Abs!
11:00 | Unregistered CommenterMarcio
Grande Arnaldo!

Sempre surpreendendo!
Agora você tocou no meu ponto fraco (ou forte!).
Para mim, surfista até hoje, o Hawaii é o maior sonho de consumo. Planejo ir com toda a família em janeiro de 2008.
Parabéns pelo conteúdo que nos oferece e por seu estilo de vida.
Um forte abraço,

Mario Conde
Arnaldo, você está se tornando insuperável. O blog está incrível e as fotos lindíssimas. Parabéns por este trabalho que vem desenvolendo.
Desejo um ótimo Natal e um Ano Novo com muita saúde e muitas viagens,tantas quanto forem possíveis em 2008!
Um abraço
Beatriz
15:21 | Unregistered CommenterBeatriz
Olá Arnaldo -acabo de ler este seu capitulo e me deslumbrado com as fotos do Hawai - a materia esta um arraso!

parabéns Mira
19:14 | Unregistered CommenterMira
Arnaldo, que fotos impecáveis, aliás, mais que isso: estão inspiradoras, daquelas que esperamos encontrar em revistas de turismo. Estão profissionalíssimas e cheias de emoção. Aproveite bastante por aí!
PS1: Adorei o fusca 'lei' :-)
PS2: Os seus posts de Istambul estão sendo muito consultados...estou tão empolgada que preciso me conter para não criar muitas expectativas...
9:22 | Unregistered CommenterEmília
Obrigado pela viagem virtual ao Havai... Feliz natal!!!
11:58 | Unregistered CommenterErnesto
Vou ter que ler esse "super-post com hiper-fotos"
beeem devagarinho , assim s-a-b-o-r-e-a-n-d-o já
que és a primeira pessoa que conheço Arnaldo , que ama o Hawaí ( tenho muito que aprender contigo ! )
Um natal cheio de paz para ti e todos os teus queridos.
Arnaldo, eu já tô até sem graça de ficar elogiando suas fotos, mas como TODO MUNDO elogia, eu posso ficar repetitiva sim: ESTÂO MARAVILHOSAS!!!!!! Mais uma vez parabéns. Aproveito para deixar (mais) um abraço de natal procê e pra sua família. Muitas viagens em 2008.
22:14 | Unregistered CommenterMeilin
Arnaldo,

Pela segunda vez estou me mordendo por não ter ido ao Havaí ainda.

Comecei a ler os posts no final de semana usando uma Internet por telefone. As fotos e músicas comeram metade da minha banda, mas valeu a pena!

Que tal um lugar especial para o guia de cruzeiros?

Não é câmera gente! É o olho do moço que faz essas fotos. Concordo com o Tito!

Deixa abrir um tempo que vamos movimentar o forum.

Um abraço e até a volta
22:16 | Unregistered CommenterRodrigo
Hum, que delícia de Hawaii!
Bateu uma vontade danada de ir voando pra aí!

Desejo à você um Feliz Natal e um ótimo ano novo cheio de realizações!

Abraços e boa viagem!
Arnaldo,

Que fotos espetaculares !!! A havaiana está simplesmente divina !
Quem diria que antes do Natal eu viajaria ao Havai, pois foi isto que aconteceu agora. ;)

FELIZ NATAL para você e Alice e toda a família.
8:37 | Unregistered CommenterMajô
Arnaldo, o teu blog é luxo só! Lindas as fotos, excelente conteúdo. A matéria sobre o Havaí está super interessante. Parabéns!

Gostaria de produzir uma matéria a respeito do blog para publicar no ORIUNDI, com destaque para os post sobre a Itália - Veneza, Roma, dicas de viagem, etc.

Não localizei nada a respeito do autor do blog. Tu podes nos passar alguma informação? Desde quando existe o blog?

Feliz Natal e um 2008 com muitas paisagens belíssimas na tua vida! Abraços.

Abraço,

Cláudia.
Arnaldo,
Uma viagem virtual fantástica!Me fez "viajar" no tempo e relembrar 1996 quando desbravei tal ilha.As matérias estão fabulosas.Parabéns!
Abraços,
João.
Boas deste lado do Atlântico.
Bonitas fotos que estão por aqui. Creio que não é a primeira vez que o meu amigo anda por estas terras. ´Será mesmo paixão?
A propósito, já encontraste por aí o célebre cavaquinho português?
Saudações atlânticas e bom Natal!
13:52 | Unregistered CommenterRoadrunner
Arnaldo, você provavelmente já deve estar voltando, para um Natal brasileirinho...então deixo aqui um grande abraço para você e sua família e que tenha um Natal lindo e um 2008 mais maravilhoso ainda...aproveitem! :-)
20:54 | Unregistered CommenterEmília
Arnaldo,
Desejo à você e sua família um FELIZ NATAL com paz,saúde e muitas alegrias !!!
21:17 | Unregistered CommenterMajô
De volta à casa! E respondendo a TODOS, mas primeiramente, agradecer aos votos natalinos: MUITO OBRIGADO a todos.


CARMEN e MARGARIDA: minha câmera é uma Nikon D300 (12 Mp) com três lentes profissionais (17-55mm 2.8; 70-200mm 2.8 e 300 mm, 2.8). Ém uma câmera profissional mas não a top da marca para profissionais. Eu não sou profissional (se fosse classificado, seria "amador avançado". Na verdade o equipamento ajuda e muito (especialmente quando o dominamos), mas o fundamental é o gosto pela fotografia, algumas noções básicas de técnica fotográfica, com as quais é possível dominar enquadramento, exposição e composição, o que de fato conta em fotografias.

CARMEN, espere pelos próximos capítulos para ver que Oahu não é somente Waikiki e Honolulu, mas também uma costa bastante agreste e inacessível.


LUCIA MALLA, eu sabia, pelas matérias sobre o Havaí que li em seu blog, especialmente por você ter morado lá. Na verdade peguei um bocado de inspiração para escrever esse primeiro capítulo lá mesmo no "Uma Malla pelo Mundo". Não comi o tal camarão porque além de minha mulhr ser vegetariana, ainda que eu goste MUITO de camarões, tenho alergia ao toque e à ingestão. A vista do Pali Lookout eu só conheço por fotografia (era meio contra-mão pra mim ir até lá), mas a do Makapu'u Beach Lookout é talvez a mais bonita de toda a ilha de Oahu. A praia é esplêndida, ainda que violenta e perigosa, mas o parque anets dela é uma das coisas mais lindas em termos de contrastes de paisagens (verde, montanha, rocha vulcânica preta e mar azul turqueza). Fiz ótimas fotos lá agora, especialmente porque estava um mar bem bravio e encapelado e vou publicar aqui no terceiro capítulo.


ERNESTO, obrigado pelas visitas constantes e permanentes, pelos sempre simpáticos comentários, muitas vezes úteis dicas.

CAIO: poderemos combinar, sim, com prazer, uma visita ao Forte de Copacabana, no qual terei prazer em ser seu cicerone! É só escrever aqui e combinarmos, caso eu esteja no Rio.

ALINE LIMA: é mesmo verdade o que vc. afirmou sobre os japoneses e o quanto se vê deles em Oahu. Mas eles, não apenas no Havaí, são umn povo viajante que se vê em todo o mundo. E mais, nunca me canso de afirmar: são o povo mais educado e simpático do mundo!

MARCIO: você é fotógrafo profissional, como acha que eu me sinto ao ler elogios fotográficos seus?! Bem, infelizmente não deu pra ir a SP, mas, como lhe disse antes, estarei em Amsteram por dois dias em março de 2008, terminando minha viagem à Tailândia. Até lá lhe direi em que hotel ficarei e, se vc. estiver na data em Amsterdam, lhe darei meu telefoine celular para combinarmos um café e trocas de "figurinhas" fotográficas e viageiras! Grande abraço.

TITO ROSEMBERG: você sabe que você é meu ídolo há mais de 30 anos e que eu fiz um capítulo especial sobre você aqui no blog (Viajantes Extraordinários). Jamais o conheci pessoalmente, mas pela sua profissão (jornalista) e pelas matéria e viagens aventureiras que fez pelo mundo, além de ter participado do Camel Trophy, meu blog foi inspirado em você, aidna que este nada tenha a ver com seu estilo. Você vir aqui e deixar registrado um comentário é uma alegria que se renova cada vez maior a cada nova visita sua.


CLÁUDIA REJANE (Oriundi): meu blog tem característias rigorosamente diferentes da grande maioria dos blogs: NÃO promove a MINHA pessoa e também NÃO é um diário pessoal, apenas um GUIA de VIAGENS, sem qualquer pretensão de ser melhor, igual ou pior que qualquer outro blog ou guia existente. Seria um privilégio dar o apoio ao seu site e uma entrevista,d esde que o tema seja o blog, não eu. Eu não tenho nenhuma importância, o blog sim.

RODRIGO, você é o cara que decididamente mais apoiou meu blog, mais incentivou e mais deu opiniões (nos bastidores, por e-mail) para seu incremento, aperfeiçoamento e melhorias. As duas últimas (criar uma área destacada para Cruzeiros Marítimos e desabilitar a reprodução automática do tocador de músicas) foram imediatamente implementadas e eu espero, sinceramente, suas semrpe boas sugestões. Você me ensinou a colocar um caminho para o RSS, você me ensinou a publicar em HTML, você semrpe presente e dando dicas (você e o Ernesto, coincidentemente dois dos que eu primeiro conheci pessoalmente) SEMPRE presentes, SEMPRE comentando. TODO blogueiro sabe que a audiência é importante, mas fundamental mesmo são os comentários. Eles sim, representam o esforço de escrever, o trabalho, e isso é que conta. Cansei de ir a blogs e deixar comentários a pesssoas que JAMAIS vêm ao meu retribuir. Cansei de implorar visitação a uuto blogueiro que não se dá ao trabalho de aparecer, quanto mais escrever. Portanto, é um especial obrigado a você e ao Ernesto que eu mando!

EMÍLIA: eu já lhe disse anteriormente que quando estiver com sua programação pronta para Istambul que você pode me encher de perguntas sobre ela. Tudo o que restar de dúvidas estarei com prazer pronto a dar minhas opiniões. Agradeço sua visita.


MEILIN. MARI CAMPOS e MAJÔ: vocês são outra duas blogueiras que sempre se dão ao trabalho de virem aqui e deixarem um comentariozinho, que seja. E isso é muito bom. Sempre que dá eu retribuo também lá nos seus ótimos blogs.


SYLVIA, você é a única pessoa que conheço que conhece uma pessoa que foi ao Havaí e não gostou! Mas se todos gostassem do Havaí...o que seria da Índia, não? Bem, eu tenho a mais irremovível consciência de que o mundo é feito de pessoas heterogêneas e que gosto não se discute. O objetivo do blog é apresentar impressões o mais imparciais, claras, objetivas, francas e não conceituais sobre os destinos que eu visito. É um guia. Nada mais do que um guia, com opinião pessoal, afinal, precisa ter personalidade pra transmitir credibilidade, todavia sem a intenção influenciar, apenas infiormar, para que cada um que o leia tire as suas próprias conclusões. Obrogado, mais uma enésima vez, pela sua visita e seus comentários. Seja sempre bem-vinda. Opine e critique à vontade.

ROADRUNNER, amigo virtual, blogueiro e viajante do outro lado do Atlântico: grande abraço! Maravilhoso ano!

JOÃO BRITO, se esteve em 1.996 no Havaí, está mais do que na hora de voltar! Abraço e obrigado.


A TODOS, muito grato pela visita e pelos votos natalinos!
Olá Arnaldo.

Agradeço novamente pela ajuda que me deu nos preparativos para minha viagem à Itália.

A viagem foi indescritível. 16 dias maravilhosos!

Em anexo e por e-mail compartilho umas foto de cada cidade em que passamos.

Um abraço

Danilo
Arnaldo,

feliz Natal atrasado e meus votos de um ótimo ano com muitas novas viagens que renderão posts lindos e fotos maravilhosas como sempre! :D

Obrigada também pela menção nos blogs de viagem! É uma honra!

Abraços,

Carla Castro (Made in Carla)
Olá Arnaldo !

Aceitei o seu convite para conhecer o seu blog e penetrei num mundo maravilhoso. Confesso, que agora, dei uma "navegadinha" através dele e tenho certeza que tenho horas de muito que venha a me interessar, principalmente porque pertendo fazer um cruzeiro marítimo após o casamento de uma filha que ocorrerá em Abril.

Aí ficaremos só, eu e a minha cara-metade que me acompanha a 34 anos. Certamente terei muito a aprender no seu blog.

Muito obrigado mesmo e tenha um feliz Ano Novo junto àqueles que lhe são caros.

Um grande abraço do Carlos Coelho
Há tempos eu vim aqui e fiz um comentario. Eu gosto muito de viajar! Se eu tivesse mais condiçoes viajaria pelo mundo inteiro!

Adoro lugares antigos e praias com muita natureza!

Obrigado. Adorei ver suas fotos!!

patricia
Caro Arnaldo,

grato pelo convite, aproveitei e já li uma parte sobre sobre suas viagens.

Sou hungaro, tenho 74 anos e sou aposentado, gostei sempre de viajar,já conheci 31 países incluindo o Brasil, desde norte a sul.

Estou morando atualmente em São Carlos,SP.

Tenho feito bastante PPS para os meus amigos, estou feliz, porque mais de 150 pessoas leêm e mandam para outras pessoas.

Parabéns pelo seu trabalho, vou aproveitar as suas fotos no futuro.

Um abraço de

Gyorgy
13:56 | Unregistered CommenterGyorgy
Aloha e um Feliz 2008 !!!!

Grande Arnaldo,

Vc continua se superando cada vez mais...

Parabéns pelo site e com a qualidade dele, a marca de 1.000.000 será batida em breve.

Desejamos um Feliz 2008 (com muito mais viagens e fotos geniais) e um Feliz Aniversário.

Abs,
Marco Aurélio e Carla.
Grande Arnaldo!
Desculpe o sumiço, mas ando como uma louca para preparar a minha próxima grande viagem: passarei 3 meses entre Nova Zelândia, Tailândia, Indonésia e Malásia. Embarco no dia 7 de janeiro!!! Você já andou por lá? Quer dizer então que você vai pra Mallorca? Você viu a minha matéria sobre Mallorca no Especial Ilhas da VT? Conheço SUPER bem a ilha. Se você não tiver a matéria me avisa que eu faço um post especial pra você. Beijos e um ano novo MUUUUUUUUUUUUUUITO viajandão!
Dri.
ADRIANA SETTI, é claro que li a matéria, tenho TODOS os especiais da V&T, além das edições normais. A edição era "ILHAS de A a Z" e você escreveu a matéria sobre Maillorca. Seria uma honra ter um post só pra mim, mas não é necessário. De todo modo, obrigado.

Nunca estive nos países que você visitará agora em janeiro. Em março irei a Bangkok (com um ou dois 'bate-e-volta' nos arredores, tais como Chiang Mai e outro que aidna não decidi).

Em junho farei um novo cruzeiro pela Costa Crociere e visitarei Palma (dois dias), Barcelona (que já conheço bem, mas semrpe é bom revisitar, Túnis (Tunísia) e uma cidade próxima, Marselha, Sicília (na Itália, especialmente Palermo) e Nápoles.

PALMA é um lugar extremamente interessante pela cultura espanhola, pelo patrimônio artítico e arquitetônico e pelo "clima".

Obrigado por retribuir a visita e os votos de feliz Ano Novo!


SUCESSO, paz, saúde e felicidades!


Arnaldo,

seu site de viagem é simplesmente incrivel, muito bem elaborado com fotografias de ótima qualidade - foi de grande ajuda - principalmente essa materia do hawaii - fui para lá em janeiro deste ano.
Parabéns!!!

[]'s

Alexandre
10:39 | Unregistered CommenterAlexandre

oi... vc tem alguma dica para fans de LOST?? tours, lugares, etc... muito obrigado

Prezado, Arnaldo. Acabei de chegar de viagem de Oahu, entretanto nunca estive lá pessoalmente. Acabei de chegar, pois acabei de ler seu Blog. Ler esse seu Blog (com "B" maiúsculo) é equivalente bem próximo a uma viagem a Oahu.
Um abraço.
Eduardo Ribeiro
(Webdesigner / Assessor de imprensa)
http://www.baixadafacil.com.br

definitivamente o melhor e mais completo blog sobre o havai que já encontrei em portugues.
simplesmente perfeito!!

Mas fiquei com um duvida: nao existe vida noturna em oahu?

PostPost a New Comment

Enter your information below to add a new comment.
Author Email (optional):
Author URL (optional):
Post:
 
All HTML will be escaped. Textile formatting is allowed.