MENSAGEM ao LEITOR
CONHEÇA QUEM ESCREVE

BEM-vindo ao Fatos & Fotos de Viagens, um blog sem jabá e não vulgar

        EXISTE no viajar e no escrever relatos de viagens um terreno fértil para demonstrações de arrogância. É algo simplesmente disseminado. Tanto no mundo virtual quanto na literatura. Mas o que o maravihoso mundo da viagens precisa é de mais viajantes humildes, não de "especialistas" caga-regras que determinam de tudo: desde como arrumar sua mala ao único tipo que você deve comprar, do lugar que você tem que ir, caso contrário sua viagem será uma merda. Nunca tão maravilhosa como a dele. As classificações dos lugares também. Tem sobrado superficialidade a egocentrismo. Autores assim não percebem que tudo é muito subjetivo e pessoal, que a experiência e o prazer de alguém não será necessariamente igual ao de outro.  Sobretudo as necessidades.

      A blogosfera "profissional e "monetizada" vulgarizou-se e tornou-se banal. Carecemos de gente que escreva para motivar e inspirar, para alargar horizontes, de viajantes que "mostrem" os lugares em vez de "ensinarem" a viajar. Moderadamente, ponderadamente, sem afetação típica de deslumbrados que viajam pela primeira vez em classe executiva e precisam espalhar para o mundo em resenhas risíveis. Ao contrário, a blogosfera

       ESTE blog, ao contrário, não fez concessões à vulgarização dos blogs depois da "profissionalização" e da monetização de alguns. Ao contrário, este é um blog singelo, simples, pequeno, inexpressivo na blogosfera, não despesperado por audiência nem seu autor se dedica mais à sua divulgação nas redes sociais do que à escrita. Tento dar graça à leitura e consolidar algo que prezo muito: confiabilidade, credibilidade.

        COMECEI a viajar tarde, você sabe. Por falta de dinheiro. Até que um dia viajei pela primeira vez ao exterior. Eu tinha 35 anos. Fui assim apresentado ao então desconhecido mas fabuloso mundo das viagens. Jamais, todavia, pensaria visitar mais de 60 países, alguns muito improváveis à época. Irã, Uzbequistão, Myanmar, Etiópia, Quirguistão entre eles. Mas foi recentemente que compreendi que as viagens ficam pra sempre, não as coisas. E que é por esse mundo ser tão diverso, por cada país ser tão diferente, que me parece tão atraente e divertido.

       NÃO sou escritor profissional. Tampouco jornalista. Mas invejo esses profissionais por dominarem o idioma, a gramática e as palavras.  Ainda assim, faço meu melhor, meu caro, estimado, raro e precioso leitor. Então, peço-lhe que considere algo: que mesmo escrevendo com sensibilidade e responsabilidade, incorro em erros. Se quiser, aponte-os. Tanto gramaticais quanto de digitação. Como tenho revisor profissional, antes de publicar dou curso a incansáveis revisões. E também submeto-os ao crivo de minha esposa. Ainda assim, alguns nos escapam.

      SOU brasileiro, empresário e casado com a Emília do blog "A Turista Acidental" e desde que a conheci (e antes mesmo de nos casarmos), tornou-se a "mais-que-perfeita" companheira de vida, de idéias, de projetos e ideais, sobretudo encantadora, adorável e inspiradora companhia de viagens e de aventuras. Com ela compreendi o que significa "prazer de viajar". Foi (e continua sendo) minha melhor fonte de inspirações e de motivações. Tanto que qualifico minhas viagens como "antes e depois" da Emília e "antes e depois" da Índia. Foi com ela que percebi o que quis dizer Érico Veríssimo com "Quem caminha sozinho pode até chegar mais rápido, mas aquele que vai acompanhado certamente chegará mais longe." Somos pais de gêmeos - uma menina e um menino - nascidos em julho de 2015, e de um filho de 34 anos do meu primeiro casamento, em quem o gosto pelas viagens pareceincorporado. Não sou avô, mas as coisas estão bem encaminhadas neste sentido.

       HOJE com 64 anos (boa parte deles dedicados à família e ao trabalho), foi apenas aos 35 que pude começar a viajar internacionalmente. Desde então visitei 61 países, entre os quais alguns dos mais fascinantes e com os sítios mais admiráveis do planeta. Felizmente, para alguns deles ainda a salvo do turismo de massa, cujos excessos arruinam qualquer lugar. Em março de 2006, quando iniciei este blog, o fiz como meio de comunicação com a família e amigos. Anos mais tarde eu descobri o poder de contar histórias em textos e fotografias, e logo ele tomou outro rumo, provavelmente porque os leitores gostavam dos textos e das fotos, ou então porque na época havia pouquíssimos blogs.

       FIZ cerca de 90 viagens internacionais, voei por 40 cias. aéreas diferentes (algumas extintas) em 391 vôos para fora do Brasil e dentro de outros países e em todas as classes possíveis. Segundo Haroldo Castro - jornalista-fotógrafo-escritor que já esteve em 160 países -, o maior viajante que conheço, em seu teste "Viajologia" que se pode fazer em seu site, que considera não apenas a quantidade de países visitados, mas lugares, monumentos e patrimônios, além de transportes, experiências e situações difícieis porque passam os viajantes, alcancei "Mestrado em Viajologia". Mas isso não é nada diante de gente que lá já "graduou-se" em pós-doutorado.

Escrevo este blog sob uma perspectiva lúcida e sem concessões à monetização sem critérios

        Eliminei o contador de visitas deste blog quando marcava mais de 6 milhões. Audiência hoje em blog é decadente. Viajar, escrever e publicar algo que inspire e icentive o leitor é o que mais me motiva. NUNCA como blogueiro interventor nas viagens alheias, ou caga-regras dizendo como alguém deve viajar e que tipo de mala usar e essas chatices que definem as pessoas homogeneamente.Parece ser o que traz os leitores até aqui. Ou porque gostem de fotografia, para além da leitura odepórica, como eu. E por este blog não ter captulado à ambição e vaidade que levou tantos autores de blogs à monetização sem critérios, sobretudo enganando leitores, cada dia torna-se menorzinho e menos importante. Se continuarem assim, os blogs precisarão ser reinventados. Este aqui nasceu livre e assim será até morrer. Por enquanto estou sempre por aqui. Nem que seja em pensamento. Só não sei até quando.

         Agradeço a visita e os comentários e desejo boa viagem aos leitores.

Em tempo: este blog não integra nenhuma associação disfarçada de incentivos à monetização. Mas se um dia fundarem a ABBLI (Associação Brasileira de Blogs Livres e Independentes), por favor, me convidem!

#blogsemjaba

COMENTÁRIOS
RSS - Quer subscrever?
AddThis Feed Button

Share/Bookmark

VIAJE neste blog

Fotos de viagens
PROCURA
Quer ler outras viagens?
De onde chegam os visitantes
« África do Sul: Cape Town - Uma ótima parada antes do Safari | Main | Portugal: Lisboa - Av. da Liberdade, do Marquês ao Rossio e ao Paço »
Quinta-feira
Mar222007

South African Airways

Chegamos a Cape Town num vôo da South African Airways vindo de Johannesburg. Nosso vôo de São Paulo a Johannesburg foi ótimo e minha impressão desta cia. aéra foi das melhores. Já havia lido algumas referências positovas mas não esperava tanto. Das 28 cias. aéreas internacionais que já voei, esta, seguramente, está entre as melhores. E por que?

Airbus a 340-600 South African 01.jpg

Primeiro por causa do equipamento, um Airbus 340-600, avião excepcional. Configuração 2-4-2, ótimo espaço entre poltronas, iluminação da cabine agradável (as luzes de leitura, individuais, ligam e desligam dimerizando e são de leds brancos, o que dá uma luz forte sem esquentar e muito boa para ler e escrever), os banheiros são dos melhores, mesmo levando em conta o padrão de toaletes de aviões comerciais (igualmente bem ilumidados, com luzes no espelho), sempre limpos durante o vôo (a tripulação os mantinha), na copa uma vitrine especial para os passageiros pegarem água mineral em garrafinhas pequenas durante todo o vôo, tripulação simpática e educada, gostei muito do sabor da refeição e do café da manhã, uma boa seleção de filmes (uns cinco) e variedades de TV nas telas indidivuais e, finalmente, algo que jamais vi em nenhuma outra cia. aérea: os aviões têm 3 câmeras de vídeo extenas instaladas na fuselagem (uma no bico, uma no topo do leme e uma lateral) que ficam ligadas desde o estacionamento até a chegada, mostrando a decolagem, o vôo e o pouso, em cores! Gostamos muito.

O aeroporto O.R. Tambo International, de Johannesburg, é melhor do que de muitas cidades européias, bastante movimentado e com grande fluxo de passageiros internacionais.

A imigração foi tranquila (eles colam um selo em vez de carimbarem o passaporte, preenche-se apenas um formulário de alfândega e nenhum de imigração, as malas e a estrutura de bagagem (esteiras e carrinhos) é ótima e há uma inspeção rigorosa do departamento de agricultura (não são permitidos diversos produtos alimentícios ao entrar no país).

Airbus a 340-600 South African 02.jpg

As bagagens, mesmo que já etiquetadas em São Paulo para o destino final, Cape Town, têm que ser apanhadas em Johannesburg para os procedimentos de alfândega. Depois disso, trocamos alguns Dólares por Rands (1 dólar equivale a 7 rands) e nos dirigimos ao terminal doméstico, um pouco distante, para o check-in a Cape Town. Embarcamos para esta cidade num vôo tranquilo de duas horas. Enfim, ficamos muito satisfeitos com a South African Airway, cia. Que integra a Star Aliance. Portanto, se você for à África do Sul, inscreva-se antes pela Internet no programa de fidelidade Voyager e leve seu número para mostrar em cada embarque.

Airbus a 340-600 South African 03.jpg

A primeira impressão de Cape Town foi das melhores, muito acima da expectativa. Uma espécie de Rio de Janeiro que deu certo, com ar europeu.

O tempo estranhamente fechou (nublado claro) e esfriou de 30 pra 20 graus. Nublado e chuva esparsa. Ah, minha primeira impressão de Cape Town foi muito acima das espectativas. Eu diria que Cape Town é um Rio de Janeiro que deu certo.

Reader Comments (22)

Arnaldo:
Bem vindo à Africa!
E às musicas, ritmos e simpatia de todos.
Eu tb fiquei muuuito surpresa com a competencia da SAA, aliás ela forma com a THAI a minha dupla preferida ( para mim,melhores ainda que a Singapore Airlines)
O aeroporto de J'oburg é muito competente, quando
fores embarcar chega mais cedo ainda pois as lojas
são maravilhosas! Especial demais é a de objetos
de artesanato ( tudo o que a gente quer junto)
é a primeira logo após os procedimentos, tem girafas
de madeira gigantes no corredor .
Aguardamos as impressões da Table Mountain!
22:00 | Unregistered CommenterSylvia
Arnaldo

Bom saber que a SAA continua uma das melhores, e como fala voce, senao a melhor cia aerea em que ja viajei, pelo menos na classe economica.

Bem vindo a Africa

Ernesto
23:38 | Unregistered CommenterErnesto

Ernesto e Sylvia, realmente me encantei pela SAA.

Sobre as lojas, pude dar uma percebida de como é bacana o aeroporto, Sylvia, ainda na chegada. e no shopping Victoria & Alfred Waterfronts vi duas lojas sul-africanas especializadas em decoração, uma de produtos de artesanato local e do continente, com coisas lindíssimas e outras nem tanto, mas todas autênticas. A segunda loja, sofisticada, com louças e sofás, móveis, almofadas e tudo para casa era absolutamente encantadora, pelo bom gosto (dirigida mais a arquitetos e decoradores).

2:49 | Unregistered CommenterArnaldo
Arnaldo

Bom dia !

Mais ao ar livre há uma bela feira de artesanto africano. Era numa praça, não me lembro exatamente onde, mas e facil de de descobrir. So não deixe de dar uma boa pechinchada, pois tudo é bem negociável...

Tomara que melhore o tempo, e bons passeios. Se estiver nublado, pegue um tour para o Cabo da boa esperança e arredores, que da para aprovveitar bemm, mesmo nublado.

Ernesto
8:37 | Unregistered CommenterErnesto
Arnaldo

Já estou curtindo muito a sua viagem, nessa que eh uma das minhas cidades favoritas. A loja do aeroporto de Jo´burg eh a mesma do Waterfront, e alem de coisas lindas toca deliciosas músicas africanas. O mercado de artesanatos fica pertinho da Long Street, acho que o nome eh Green Market. Cape Town eh linda e tomare que o tempo abra e você possa ver um lindo por do sol. E eu me surpreendi com a SAA tbm, é uma das minhas preferidas desde então.
Boa Viagem!!!
11:39 | Unregistered CommenterRenata
Ótimo, mais um bom motivo para eu ir à África. Curta bastante.
Amigos, obrigado por virem e escreverem. Mesmo em viagem o vício permanece e é maravilhoso encontrar mensagens aqui.

Bem, eu estou simplesmente ENCANTADO com Cape Town. É uma cidade limpa, organizada e bonita. Hoje pela manhã cedo estava muito fehado (névoa seca, daquelas que a gente sabe que mais tarde acaba e dá lugar ao sol, e foi exatamento o que aconteceu. Tivemos um dia super proveitoso e com muitas fotos. Amanhã vou mandá-las para o Flicker, ok? Depois de amanhã vou postar algo sobre Cape Town, uma cidade que certamente terá outras visitas minhas....

Grande abraço a todos.
Renata, não sei se terei tempo de ir ao mercado que vc mencionou, mas hoje passei pelo lugar.
JORGE, venha sim, vale a pena e certamente outros destinos aqui na África do Sul devem ser bem bacanas, pelo que vi de prolaganda e pesquisas, pelo que falam aqui....mas espere minhas impressões do safrai, pra ver se gostará também. E lembre-se que haverá uma "matéria" (pretensiono, não?!) só com o assunto "family safari" que vc. pediu.
ERNESTO, o tempo abriu e ficou simplesmente céu de brigadeiro. Você verá nas fotos.

Grande abraço
Arnaldo,

Não sei se você provou ou gosta, mas tem um refrigerante que só tomei na SAA: Chama-se Appletizer, eu acho, e é suco de maçã verde gaseificado e sem açucar.

Agora com Sol, vamos aproveitar!

Uma abraço

19:36 | Unregistered CommenterRodrigo
Rodrigo, eu não vi ainda esse refrigerante, mas também não procurei nada diferente. Vou dar uma pesquisada. O que vi foi um refresco de maçã e pêssego em embalagem tetrapack. Vi muita verveja e vinhos de montão. Os vinhos deles são reconhecidos internacionalmente e há lojas bacanas e wine bars pra escolher. obrigado, abraços.
3:41 | Unregistered CommenterArnaldo
Bom sol para voce Arnaldo, que todo o seu protetor acabe rapidinho! Aguardamos os post!
9:58 | Unregistered CommenterErnesto
Oi, Arnaldo! Que bom saber que a primeira impressão já foi positiva! Aguardo ansiosamente os momentos emocionantes do safári (como toda boa leitora de Hemingway, tenho esse fraco pelos relatos de aventuras...) Aproveite!
12:38 | Unregistered CommenterCarla
Sempre bom saber nunca voei de SAA. Aproveite!!! Estamos aguardando todas as fotos!

Abs!
Marcio
3:23 | Unregistered CommenterMarcio
Arnaldo,

Quero viajar nesse avião, que maravilha !!!
Espaço entre as poltronas nos airbus da TAM, praticamente acabaram.

Estou viajando aqui com você. Como é bom.

Adorei essa foto da girafa, linda.
Beijo grande,
12:54 | Unregistered CommenterMajô
Arnaldo, pensaba que iba a África más tarde.
Me ha sorprendido gratamente saber que está ya en ese continente.
Parabéns!!!
6:38 | Unregistered CommenterCarmen
Puxa, só agora vi que já tem fotos no Flickr...lindas! Vou aproveitar para ver com calma...
Um abraço e aproveite!
11:55 | Unregistered CommenterEmília
Beleza de avião, hein.
Não sei se vc já conhece, mas gostaria de te convidar para o Portal 180°, uma comunidade online do STB que reúne gente como você, que gosta de viajar. Dê uma passada por lá! www.portal180.com.br. Abraço!
18:46 | Unregistered CommenterDude Joe
Arnaldo, Amei as zebrinhas, girafas, elefantes... EU QUERO!!!!
bjus

Também adorei a SAA. Tripulaçao muito simpatica, e foi das melhores comidas de aviao que ja comi.

20:41 | Unregistered CommenterMichelle

Posso dizer que entrei em seu blog acidentalmente, mas foi maravilhoso ler e ver as fotos que você edita, irei comentar com amigos do ramo de turismo pois quem ainda não conhece não sabe o que está perdendo.
Meus Parabéns você realmente é um artista

20:04 | Unregistered CommenterJuliana

PostPost a New Comment

Enter your information below to add a new comment.
Author Email (optional):
Author URL (optional):
Post:
 
All HTML will be escaped. Textile formatting is allowed.