CONHEÇA O AUTOR

          

         Depois de estabelecer-se na Internet desde 1999 escrevendo relatos de viagens em sites relacionados com o tema, em 2006 ter fundado o blog Fatos & Fotos de Viagens - um dos pioneiros da blogosfera de viagens - foi convidado a colaborar com matérias na Revista Viagem & Turismo (Editora Abril). Agora, Arnaldo prepara o lançamento de seu primeiro livro - "Bom dia, Addis. Adeus Etiópia" - ingressando na literatura com um livro encantador que, segundo o autor, é o primeiro de uma série.

Assim o autor define esta sua nova fase:

             "Livro é coisa séria. O que o leitor encontrará em "Bom dia, Addis. Adeus Etiópia" é diferente do que lê aqui neste blog. Da narrativa ao estilo. Em vez de uma conversa baseada na informalidade, o livro mistura traços de coloquialidade e informalidade com uma escrita literária. Sobretudo com profundo respeito à arte de escrever. Passo a ser um escritor, mas é apenas uma outra maneira de me expressar sobre viagens, transmitir sem fantasias o mundo que vejo, isto é, como ele é, não como o imagino. A leitura revelará, todavia, aqui e ali, discrepâncias entre minhas expectativas e a realidade confirmada no destino. Segundo o poeta e ensaísta norte-americano Henry David Thoreau, "Muitos homens iniciaram uma nova era na sua vida a partir da leitura de um livro". Então, a partir deste meu primeiro, considero ter ingressado numa nova, deliciosa fase da minha vida.

Gente que escreve e encanta, fala sobre o autor:

Haroldo Castro:

            "Arnaldo Trindade Affonso é um dos viajantes equilibrados e sensatos que se lança escritor, o que, num Brasil de pouca leitura e onde a Literatura de Viagem não chega a ocupar meia estante nas livrarias, conta histórias que servirão de grande subsídio para qualquer leitor, além de ajudar a romper os preconceitos de que a África só oferece guerras, doenças e fome. Infelizmente, a riqueza cultural e natural do continente é quase sempre tão abafadas por notícias negativas que considero este livro um raio de luz na região."

Jornalista, fotógrafo, autor de “Luzes da África”, indicado para o Prêmio Jabuti 2013 na categoria Reportagens

Ronize Aline:

            "Minha opinião sobre o autor está refletida na resenha que escrevi de seu livro "Bom dia, Addis. Adeus Etiópia": ele escreve com o coração e demonstra respeito por tudo o que viu. Este livro, mais do que o relato de uma viagem à Etiópia, é uma viagem rumo a uma experiência de imersão e contemplação do outro. É como olhar para o diferente sem estranhamento ou indiferença."

Escritora, tradutora, jornalista, professora universitária e crítica literária do jornal O Globo, do Rio de Janeiro

Rachel Verano

             "Neste livro, Arnaldo tem o poder de nos transportar a um dos cantos mais fascinantes e ainda intocados do planeta. Mas de maneira ao mesmo tempo delicada e profunda, pessoal, criando intimidade com os personagens, deixando o leitor perceber cheiros, sabores e sentir as emoções de suas descobertas. Do peso do ar à alegria de dobrar a esquina, o autor consegue transmitir todo seu fascínio de estar diante de algo realmente novo."

 Jornalista passou pelas redações das revistas Viagem & Turismo, Veja, VejaSP, Glamour, TAM e Vamos/LATAM

Davi Carneiro

             "Há uma frase atribuída ao grande viajante do século 14, talvez o maior escritor-viajante de todos os tempos, Ibn Battuta: “Viajar, primeiro te deixa sem palavras, depois te transforma num contador de histórias.” Suspeito, caro leito, ser este o caso do Arnaldo, um autêntico viajante que vem se mostrando, cada vez mais, um talentoso contador de histórias. Conheço-o e o sigo desde 1996, através do seu blog, aquele que, na minha opinião, é um dos melhores de viagens da internet brasileira, tanto pela excelência fotográfica quanto pela qualidade dos textos. Com um currículo andarilho de respeito (mais de 60 países, entre eles Quirguistão, Miamar, Irã e Uzbesquistão), Arnaldo tem o mérito de ir na contramão da blogosfera profissional e monetizada: de maneira simples, autêntica e independente, preza, principalmente, a credibilidade e a confiança de seu leitor." 

 Escritor, jornalista e colaborador de diversas revistas nacionais e estrangeiras

COMENTÁRIOS
PROCURA
Quer ler outras viagens?
De onde chegam os visitantes
« Rio de Janeiro: O Pão de Açúcar (minha alma canta...) | Main | Rio de Janeiro: Forte de Copacabana »
Sábado
Mai122007

Rio de Janeiro: Baía de Guanabara - Rebocador Laurindo Pitta

Laurido%20Pitta%2012.jpg

Nesta pequena série de matérias sobre atrações turísticas da Cidade Maravilhosa, agora vamos fazer um passeio pela Baía de Guanabara, no Rebocador Laurindo Pitta.

Laurido%20Pitta%2001.jpg

No mesmo complexo do Espaço Cultural da Marinha, construído no antigo cais da Alfândega do Rio de Janeiro, sobre área aterrada na segunda metade do século XIX, e de onde se visita a Ilha Fiscal, pode-se fazer um altamente recomendável passeio pela Baía de Guanabara.

Laurido%20Pitta%2003.jpg

O Laurindo Pitta é o único navio remanescente da Divisão Naval em Operações de Guerra (DNOG) que participou, em 1918, da Primeira Guerra Mundial, realizando importantes tarefas de apoio. Possui as seguintes características:

Laurido%20Pitta%2002.jpg

...rebocador de alto-mar, deslocando 514 toneladas, com 39 metros de comprimento, 8 metros de boca e velocidade máxima de 11 nós (cerca de 20 km/h). Foi construído na Inglaterra em 1910, por encomenda do Governo brasileiro.

Laurido%20Pitta%2004.jpg

Funcionou como rebocador no Arsenal da Marinha do Rio de Janeiro e na Base Naval do Rio de Janeiro até a década de 90.

Laurido%20Pitta%2010.jpg

Em 1997, a Marinha o restaurou e o remodelou, transformou-o em barco turístico para 90 passageiros e adaptou um compartimento onde apresenta a exposição permanente A Participação da Marinha na Primeira Guerra Mundial.

Laurido%20Pitta%2006.jpg

Desde então, vem sendo empregado na realização do Passeio Marítimo pela Baía de Guanabara.

Laurido%20Pitta%2005.jpg

No Passeio Marítimo, o rebocador passa ao largo da Ilha das Cobras, Ilha Fiscal, Ilha das Enxadas e Ilha Villegagnon, além da cidade de Niterói. O visitante conhecerá a história de cada ilha, suas utilizações pela Marinha e as principais características dos navios de guerra atracados na Ilha das Cobras.

Laurido%20Pitta%2007.jpg

Outros pontos turísticos e históricos também podem ser avistados durante o trajeto, como diferentes vistas da Baía de Guanabara, Morro Cara de Cão, Fortaleza de Santa Cruz (em Niterói), Icaraí e Museu Niemeyer (Niterói), Escola Naval e Pão de Açucar. O passeio tem duração de uma hora e vinte minutos.

 

Laurido%20Pitta%2008.jpg

INFORMAÇÕES PRÁTICAS
Passeio Marítimo "Conheça nossa Marinha"

Saídas: Espaço Cultural da Marinha, Av. Alfredo Agache s/n, Praça XV, Centro
Visitação: de 5 a feira a domingo, às 13h15 e 15h15
Venda de ingressos: nos dias do passeio, das 11h às 16h
Local: Espaço Cultural da Marinha
Valores: R$ 8,00 - adultos/ R$ 4,00 - estudantes, crianças até 12 anos e adultos com mais de 60 anos
https://www.mar.mil.br/sdm/

 

Reader Comments (12)

Arnaldo

Bela divulgação do Rio bonito, barato, seguro e que poucos conhecem, parabens... E, voce ja está de malas prontas, ou embarcou?
18:25 | Unregistered CommenterErnesto
Não, Ernesto, eu tive que transferir a viagem para o dia 8 de junho, por problemas pessoais e de trabalho. Mas assim que eu terminar essa série sobre o Rio de Janeiro, vou fazer um apanhado sobre minha próxima viagem. Grato pela visita e pelo interesse!
21:58 | Unregistered CommenterArnaldo
E aí Arnaldo, quandoembarca pra Turquia? Teu blog continua ótimo, abraço, Fábio
Fabio, eu embarco dia 8 de junho e assim que eu terminar essa série sobre o Rio de Janeiro, vou fazer um apanhado sobre minha próxima viagem, Dubai e Istambul.
10:03 | Unregistered CommenterArnaldo
Arnaldo, você esta hecho un capitán...

Un bonito recorrido en barco, en una foto he visto el edificio de Oscar Niemeyer. Maravilla!!!
Ate logo
10:36 | Unregistered CommenterCarmen
Obrigado, Carmen! Volte sempre. Se puder, acompanhe essa série de matérias sobre a Cidade Maravilhosa.
Arnaldo,
Estou impressionado com sua carreira sempre ascendente, seu trabalho cada vez melhor. Suas fotos cada vez mais cristalinas e lindas, seu texto e nível de informações sempre superior. Daqui de Pipa volto a ver o que o Rio tem de mais lindo através das suas lentes. Obrigado e continue este lindo trabalho.
Tito Rosemberg, meu caro amigo! (e ídolo). Que maravilhsa tua visita e há quanto tempo! Assimque for aNAal certamente lhe visitarei! Grato.

Arnaldo,


Maravilha !, suas matérias são ótimas, adoro todas e boa viagem .

Um abraço !

Rui
Santos-SP.

7:56 | Unregistered CommenterRui

Arnaldo,

Tito Rosemberg, tem razão seu nível cultural de apresentação de seu trabalho é magnífico e um tanto precioso.

Um abraço !

Rui
Santos-SP.

8:08 | Unregistered CommenterRui

Arnaldo,
Desculpe meu português. Sou americano, estado de Washington, mais morou meia ano cada ano na Urca, Rio (tenho uma vista permanente). Se você sabe e se é possível me mandar, que é o nome do oficial dominante (commanding officer) do rebocador Laurindo Pitta? Sou membro de Classic Yacht Association (assóciação clássico dos iates?) nos EUA, e quando voltar ao Rio a fim de junho/primeiro de julho, eu vou ter uma carta para ele sobre nossa assóciação.

Muito obrigado e um abraço,
Stephen Wilen
kensington1924@q.com

STEPHEN, primeiro, parabéns pelo português! Não sei, mas vou procurar informações e assim que as tiver lhe enviarei por e mail.

18:40 | Unregistered CommenterArnaldo

PostPost a New Comment

Enter your information below to add a new comment.
Author Email (optional):
Author URL (optional):
Post:
 
All HTML will be escaped. Textile formatting is allowed.