CONHEÇA O AUTOR

          

         Depois de estabelecer-se na Internet desde 1999 escrevendo relatos de viagens em sites relacionados com o tema, em 2006 ter fundado o blog Fatos & Fotos de Viagens - um dos pioneiros da blogosfera de viagens - foi convidado a colaborar com matérias na Revista Viagem & Turismo (Editora Abril). Agora, Arnaldo prepara o lançamento de seu primeiro livro - "Bom dia, Addis. Adeus Etiópia" - ingressando na literatura com um livro encantador que, segundo o autor, é o primeiro de uma série.

Assim o autor define esta sua nova fase:

             "Livro é coisa séria. O que o leitor encontrará em "Bom dia, Addis. Adeus Etiópia" é diferente do que lê aqui neste blog. Da narrativa ao estilo. Em vez de uma conversa baseada na informalidade, o livro mistura traços de coloquialidade e informalidade com uma escrita literária. Sobretudo com profundo respeito à arte de escrever. Passo a ser um escritor, mas é apenas uma outra maneira de me expressar sobre viagens, transmitir sem fantasias o mundo que vejo, isto é, como ele é, não como o imagino. A leitura revelará, todavia, aqui e ali, discrepâncias entre minhas expectativas e a realidade confirmada no destino. Segundo o poeta e ensaísta norte-americano Henry David Thoreau, "Muitos homens iniciaram uma nova era na sua vida a partir da leitura de um livro". Então, a partir deste meu primeiro, considero ter ingressado numa nova, deliciosa fase da minha vida.

Gente que escreve e encanta, fala sobre o autor:

Haroldo Castro:

            "Arnaldo Trindade Affonso é um dos viajantes equilibrados e sensatos que se lança escritor, o que, num Brasil de pouca leitura e onde a Literatura de Viagem não chega a ocupar meia estante nas livrarias, conta histórias que servirão de grande subsídio para qualquer leitor, além de ajudar a romper os preconceitos de que a África só oferece guerras, doenças e fome. Infelizmente, a riqueza cultural e natural do continente é quase sempre tão abafadas por notícias negativas que considero este livro um raio de luz na região."

Jornalista, fotógrafo, autor de “Luzes da África”, indicado para o Prêmio Jabuti 2013 na categoria Reportagens

Ronize Aline:

            "Minha opinião sobre o autor está refletida na resenha que escrevi de seu livro "Bom dia, Addis. Adeus Etiópia": ele escreve com o coração e demonstra respeito por tudo o que viu. Este livro, mais do que o relato de uma viagem à Etiópia, é uma viagem rumo a uma experiência de imersão e contemplação do outro. É como olhar para o diferente sem estranhamento ou indiferença."

Escritora, tradutora, jornalista, professora universitária e crítica literária do jornal O Globo, do Rio de Janeiro

Rachel Verano

             "Neste livro, Arnaldo tem o poder de nos transportar a um dos cantos mais fascinantes e ainda intocados do planeta. Mas de maneira ao mesmo tempo delicada e profunda, pessoal, criando intimidade com os personagens, deixando o leitor perceber cheiros, sabores e sentir as emoções de suas descobertas. Do peso do ar à alegria de dobrar a esquina, o autor consegue transmitir todo seu fascínio de estar diante de algo realmente novo."

 Jornalista passou pelas redações das revistas Viagem & Turismo, Veja, VejaSP, Glamour, TAM e Vamos/LATAM

Davi Carneiro

             "Há uma frase atribuída ao grande viajante do século 14, talvez o maior escritor-viajante de todos os tempos, Ibn Battuta: “Viajar, primeiro te deixa sem palavras, depois te transforma num contador de histórias.” Suspeito, caro leito, ser este o caso do Arnaldo, um autêntico viajante que vem se mostrando, cada vez mais, um talentoso contador de histórias. Conheço-o e o sigo desde 1996, através do seu blog, aquele que, na minha opinião, é um dos melhores de viagens da internet brasileira, tanto pela excelência fotográfica quanto pela qualidade dos textos. Com um currículo andarilho de respeito (mais de 60 países, entre eles Quirguistão, Miamar, Irã e Uzbesquistão), Arnaldo tem o mérito de ir na contramão da blogosfera profissional e monetizada: de maneira simples, autêntica e independente, preza, principalmente, a credibilidade e a confiança de seu leitor." 

 Escritor, jornalista e colaborador de diversas revistas nacionais e estrangeiras

COMENTÁRIOS
PROCURA
Quer ler outras viagens?
De onde chegam os visitantes
« Dubai: O Big Bus Tour | Main | Dubai: Minhas primeiras horas no emirado »
Quinta-feira
Ago162007

Dubai: Um passeio pelo Gold Souk 

                     Um souk (em árabe سوق) termo que é comumente utilizado para designar um mercado árabe, seja ele fixo - como ocorre nas maiores cidades - como semanal, nas cidades do interior. Embarcações vindas da China, Ceilão e Índia sempre desembarcaram suas mercadorias no porto de Dubai Creek e ali nasceram os souks de Dubai em ambas as margens.

Dubai%20Gold%20Souq%2000.jpg

Ao longo dos séculos as mercadorias eram especiarias, sedas, perfumes, mas hoje incluem eletrônicos e produtos modernos, além de tecidos e peixes. Ainda que os souks de Dubai estejam longe de serem fascinantes como os do Marrocos ou de Oman, eles merecem uma visita e são uma atração de Dubai.

Dubai%20Gold%20Souq%2002.jpg

Ouro é o metal precioso mais antigo conhecido pelo homem e nenhum outro metal fascinou e inspirou tanto a arte da joalheria. O metal foi descoberto há 8.000 anos e já era usado pelos faraós no Egito há 5.000 anos, mas só veio a ser usado vez como moeda em 560 AC na antiga Turquia. A Turquia, Roma e Grécia deixaram até hoje grandes tesouros executados em ouro, mas depois da queda do Império Romano o ouro foi pouco produzido na Europa e na Ásia durante quase mil anos.

Dubai%20Gold%20Souq%2001.jpg
Ainda que haja souks em ambas as margens do Dubai Creek, eles predominam em Deira, mas recomendo uma visita aos dois lados, se tiver tempo em sua visita a Dubai. Cruzar o Dubai Creek de um lado para outro é um passeio atraente por si, através dos taxi aquáticos em barcos de madeira, populares, chamados abra, que saem a cada dez minutos.

Dubai%20Gold%20Souq%2003.jpg

O Souk do Ouro fica em Deira, na Sikkat al-Khali Street, perto da Baniyas Square. A melhor maneira de ir é de taxi ou "Abra" (water taxi), que custa 1 Dirham e leva dez minutos a travessia.

Dubai%20Gold%20Souq%2004.jpg

Um metal como nenhum outro

Por milhares de anos nenhum outro metal foi tão usado na confecção de jóias por ser um metal especialíssimo e tão macio e maleável que apenas uma grama pode ser esticada por até 3 quilômetros e 31 gramas podem ser amassadas um uma folha que pode cobrir uma área de 16 metros quadrados! Pois este metal praticamente indestrutível e que não sofre corrosão é escandalosamente abundante em Dubai, na forma de jóias.

Clique nas fotos abaixo para vê-las em tamanhoi grande e em detalhes

493463-974033-thumbnail.jpg 493463-974041-thumbnail.jpg 493463-974046-thumbnail.jpg

Os diferentes Quilates do Ouro

Quilate - ou K, de Karat – é o termo usado para medir a pureza do ouro. Quando o ouro for de 22 ou de 24 k, significa que a liga contém 22 ou 24 partes de puro ouro para 2 de outro metal. Quando for de 21 a liga conterá 21 partes de ouro puro para 3 de outro metal e, finalmente, quando for de 18 K terá 18 partes de ouro para 6 de outro metal.

Dubai%20Gold%20Souq%2006.jpg

As diferentes cores do Ouro

Ouro 24 K tem a cor naturalmente quente do puro ouro e não pode ser alterada senão através da adição de cobre na liga, perdendo pureza e, consequentemente, tonalidade. Outros metais podem ser adicionados ao ouro, além do cobre, que dá uma tonalidade rosa à liga. A adição de zinco, nickel, ouro branco ou prata torna o ouro mais esverdeado.

Dubai%20Gold%20Souq%2008.jpg

Dubai - City of Gold

Dubai é o maior centro comercial de ouro do Oriente Médio, Índia e região. A cidade importa cerca de 300 toneladas de ouro por ano e tem crescido ano a ano e também importa jóias do mundo todo, tornando-se um centro comercial de jóias de incrível variedade de desenhos, estilos e quilatagem

Dubai%20Gold%20Souq%2010.jpg


Como alternativa, todo taxista o levará ao souk que você quiser, desde que você mostre o nome daquele que pretende conhecer. Se dispuser de tempo, pegue os ônibus 5, 16, 19 e 20 que têm paradas em todos os souks, em ambos os lados do Dubai Creek. Uma visita aos souks é sempre mais agradável pela manhã cedo ou ao fim da tarde, por causa do calor, eles funcionam de 7:00 às 12:00 e depois de I7.00 às 19:00.

493463-974724-thumbnail.jpg 493463-974737-thumbnail.jpg 493463-974746-thumbnail.jpg


O que mais você deve levar para uma visita ao Souk do Ouro não é dinheiro, é paciência. Não há budista em plena meditação que resista a umas horas negociando com pasquistaneses ou indianos. E boa vontade para ver jóias, jóias, jóias, jóias...é tudo o que sevê no Deira Gold Souk. A maior parte das jóias é vendida por peso e o comércio é regulamentado e funciona sériamente, ou seja, se o vendedor disser que a jóia é de ouro 22 quilates, acredite.

Dubai%20Gold%20Souq%2011.jpg

Tudo bem que o mercado é uma atração turística em si, mas, como todo mercado árabe, negociar e pechinchar é a regra, ainda que, tratando-se de ouro, há uma certa “tabela” por grama de ouro, mas depois de duas ou três passadas numa loja pechinchando com indianos e paquistaneses, não há paciência ocidental que resista, por mais baratos que sejam os preços.

Dubai%20Gold%20Souq%2017.jpg


O Dubai é reconhecido como um dos maiores mercados de ouro trabalhado do mundo e, como tal, tem seu próprio mercado central de jóias de ouro, o Gold Souk (ou Soukh), que vende tudo relacionado com o metal, de lingotes de ouro puro a detalhadíssimas filigranas que se vêm em trabalhos de joalharia, tudo a preços bastante atraentes.

Dubai%20Gold%20Souq%2022.jpg


O mercado de ouro é uma atração turística da antiga Dubai. Situado em Deira, uma espécie de Centro da Cidade, tem uma rua principal coberta onde lado a lado ficam outras ruelas com dezenas de lojas de todos os tamanhos. Dubai tem alguns souqs especializados, além do Souq do Ouro, diferentes não apenas nas suas especialidades em si, nos produtos que vendem, mas também na arquitetura, todos tradicionais e autênticos. Além do de ouro, os de especiarias, perfumes, frutas, verduras e legumes, peixes, eletrônicos, tecidos e roupas e até mesmo um especializado em dinheiro! Sim, troca de moedas do mundo todo, mas não como uma casa de câmbio, mas de notas e moedas antigas e atuais.

Dubai%20Gold%20Souq%2021.jpg

Passear por um souq é muito mais gostoso para observar a vida local e os costumes sociais do que para comprar, já que tem que ter talento e paciência pra negociar num mercado árabe. Além de tempo. O Souq de Ouro é talvez o mais curioso deles. Essencialmente o souq é uma rua coberta, uma longa galeria com duzias de lojas de ambos os lados, bastante diferente dos souqs das medinas de marrakech, Fez ou Túnis.

Dubai%20Gold%20Souq%2023.jpg

Eu recomendo passear e visitar suas vitrines, mesmo que não queira comprar nada, o que, posso assegurar, será muito difícil, porque é sempre um presentaço pra trazer pra mamãe, pra esposa, pra namorada, pra amiga, pra secretária ou pra qualquer mulher. Mas se você pretende comprar, tenha em mente o sistema de estabelecimento de preços das jóias. No final da rua coberta você novamente sai na luz absurdamente brilhante da ensolarada Dubai, mas ainda nas redondezas o “souq” se espalhou por lojas especializadas em jóias.

Dubai%20Gold%20Souq%2027.jpg

Há um preço básico para o peso do ouro, o qual, em princípio não difere entre as lojas, a não ser pelo grau de pureza, 18, 21 e 22 quilates, e outro preço que varia em função do trabalho artesanal. Quanto mais fina e trabalhada, mais requitanta, tanto mais cara será a jóia. Isso significa que eventualmente uma peça com menor peso poderá custar mais caro do que uma com maior, em função da qualidade do trabalho. Assim, a primeira coisa que o vendedor fará quando você expressar interesse em comprar alguma jóia será pesá-la.

Dubai%20Gold%20Souq%2019.jpg

Dependendo da complexidade do trabalho envolvida na criação da peça, o que significa tempo e talento, criatividade e beleza, o preço por grama subirá na proporção do valor deste trabalho. E sobre o preço desse trabalho é que pode haver negociação para sua redução. Mas, como vimos anteriormente, também há diferentes colorações do ouro, o branco, amarelo claro, escuro, avermelhado, acobreado e até um tom meio arroxeado e esverdeado, além de diferentes graus de pureza.

Dubai%20Gold%20Souq%2020.jpg

Ainda hoje os Dhows, tradicionais embarcações de madeira, vindos da China e da Índia, descarregam seus produtos nas docas adjacentes aos souqs e elas estarão sempre nas margens do Dubai Creek e nas proximidades dos souqs. A abundância de ouro e de lojas hiper abastecidas de jóias executadas no metal, com suas reluzentes vitrines quase inacreditáveis aos nossos olhos, certamente me fez entender o motivo de Dubai ser chamada de Cidade do Ouro.

Dubai%20Gold%20Souq%2015.jpg

Também há algumas lojas vendendo jóias de prata e pedras preciosas e semi-preciosas, platina e diamantes, mas são minoria. Não sou especialista, tampouco conhecedor de jóias de ouro, nem de seus preços, mas certamente a primeira impressão é a de que os preços são baratos e verdade o que li a respeito de Dubai ter os melhores preços do mundo nesse material, até mesmo mais baratos do que nos Duty Free do aeroporto.

Dubai%20Gold%20Souq%2018.jpg

Ainda que seja bastante diferente de comprar num souq de produtos diversos, e o souq do ouro ter algum preço tabelado, estando num mercado árabe a primeiríssima regra é: jamais aceite o primeiro preço e nunca deixe de verificar os preços de outras lojas. Nas ruas estreitas das redondezas voçê pode tranquilamente relaxar tomando uma xícara de chá ou café em pequenos restaurantes, ou mesmo fazer uma refeição, o que além de ser extremamente gostoso para misturar-se entre os locais e observar seus costumes (algo de que gosto muito, especialmente enquanto eu estiver sob a ação da “ Síndrome do jet lag ao contrário”).

Dubai%20Gold%20Souq%2026.jpg

Além disso, encontrará lojas de bijouterias, souvenirs, roupas e adereços para a dança-do-ventre, roupas tradicionais, etc. Do outro lado de Dubai Creek fica o Textile Souk, exatamente do lado oposto ao Gold Souk

Dubai%20Gold%20Souq%2025.jpg


Os Emirados são os maiores compradores de ouro do mundo e seus habitantes compram mais ouro do que qualquer outro povo. Segundo estudos do jornal Gulf News, chega a ser 30 vezes do que a média de algumas regiões do mundo. Segundo este estudo, os consumidores dos Emirados, mostra que em média os consumidores do país compram 30 gramas de ouro ao ano contra uma média mundial de menos de um grama. Como não poderia deixar de ser, dizem que o ouro gasto revestindo um monte de coisas no Burj al Arab dá pra cubrir um campo de futebol!

Dubai%20Gold%20Souq%2024.jpg

Não contei, mas consta que o Gold Souk tem 350 lojas que expõem diariamente uma quantidade avaliada em 20 toneladas de jóias, diz o estudo, que mostra também que 72% dos consumidores são do sexo feminino. É uma questão cultural, de costume mesmo, porque tal desempenho deste gênero de comércio não está realcionado necessariamente com o alto poder aquisitivo, já que apenas 13% dos pesquisados tinham renda mensal superior a 25 mil dihrams (US$ 6,8 mil).

Gold & Diamond Park ( www.goldanddiamondpark.com )

 

 

Reader Comments (55)

Que lindo, pena queno Brasil so da para comprar se for para usar dentro de casa....
8:57 | Unregistered CommenterErnesto
Sabe que eu fico meio envergonhado para pechinchar? Até no Brasil, para perguntar se tem desconto à vista numa loja, eu já fico meio constrangido. Acho que o souk seria um ótimo passeio, mas eu não iria comprar nada... ;)
E como disse o Ernesto, no Brasil, estas jóias só dentro de um cofre no banco.
9:21 | Unregistered CommenterArthur
Arthur, eu fico com vergonha de pechinchar também. minha mulher expreme até a última gota e eu fico do lado de fora da loja com a maior vergonha!
Fiquei fascinada com os brincos e colares. Maravilhosos! Queria todos, mesmo que só para usá-los em casa. :)
15:39 | Unregistered Commenterpalpiteira
Arnaldo , que fotos lindas !!
Não tens medo que sequestrem este post para pedir
resgate ?? rsrsrs
E eu que sempre pensei que a maior quantidade de jóias
assim exposta estava no Gran Bazaar em Istambul ...
Eu tb não gosto de pechinchar não , e não tenho a menor paciencia .
( mas o maridão é um expert , e só me pergunta:
queres pagar quanto ? ... deixa comigo !! )
Arnaldo, programou uma visita a algum sítio arqueológico e ao deserto?

Ontem passou no NGC a construção daquelas ilhas artificiais que formarão o "condomínio" chamado "The World"... Muito legal.
16:24 | Unregistered CommenterArthur
SYLVIA, aqui você pode andar tranquila com qualquer jóia, é de fato extremamente tranquilo e seguro, delicioso sentir-se numa cidade assim. A minha mulher é como seu maridão, chama até o Gerente e diz que só pode pagar tanto, e pronto, faz ótimas compras. Sobre usar jóias, é claro que no Brasil isso só se pode fazer em ocasiões fechadas. Silvia, sobre sua pergunta onde ficar, eu acho que da próxima vez ficaria mesmo em Deira, mas bem em frente ao Dubai Creek, talvez num Radisson ou similar. Não sei te afirmar se Bur Dubai seria melhor que Deira, do ponto de vista de sair do hotel e estar no miolo, na rua, sem estar tão distante de tudo. Mais com calma vou explicar bem extensamente a vc sobre isso a vc., OK?

ARTHUR, antes de viajar eu vi esse programa no Nat Geo e achei fantástico o trabalho, mais pela questão técnica e das dificuldades e tecnologia na engenharia, do que pela grandiosidade da obra proproamente dita.

Ontem fomos ao deserto e foi muito bacana, vou escrever sobre isso. Sobre sítio arqueológicos, há sim algum passeio do gênero, creio que na região chamada Hatta, mas infelizmente eu deveria ter programado mais um dia pra Dubai. sobre o deserto, vou escrever e postar fotos, mais adiante.

Acho que seu eu tivesse mais um dia conseguiria ver tudo. Hoje, meu último dia em Dubai, será absolutamente corrido, pra poder pelo menos passar em frente ao Burj Al Arab, a parte nova do litoral e alguns pontinhos que faltraram. Pra visitar os fabulosos e emirescos shoppiongs, só deu pra ir a dois, assim mesmo correndo. Mas foi MUITO legal ver árabes homens e mulheres vestidos a carater, eles de branco e lenços vermelhos na cabeça, elas de abaias pretas e luvas pretas, deixando apenas os olhos, e por vezes até de véu combrindo-os...
Palpiteira, como eu disse, acho que numa visita a Dubai é impossível não comprar nem que seja uma pequena peça de jóia em ouro, especialmente as de filigranas, finíssimas, delicadíssimas, lindiíssimas e muito especiais, que fariam sucesso ceertamente no Brasil. O custo é bem mais barato do que jóia no Brasil e, lembre-se, tudo é em ouro 22 K. As jóias de 18 K de minha mulher, ao lado das daqui, parecem bijuterias " chapeadas" a ouro!
Arnaldo

Fique tranquilo com sua mulher: a pechincha é muito bem vista no mundo árabe, e não e motivo de vergonha. Ao contrário culturalmente na cultura arabe quem NAO pechincha é visto como sendo alguem arrogante e que despreza o comerciante!
8:50 | Unregistered CommenterErnesto
Obrigada , Arnaldo .
Quanto as jóias , elas não me seduzem não ( ainda :) )
Local para hospedagem é sempre uma icognita é mesmo
escolher uma agulha num palheiro.
Andei pesquisando novamente e verifiquei que durante os
30 dias do Ramadan o preço da hospedagem em Dubai cai
pela metade , e que o Novotel de hoje até novembro tem
diarias em duplo desde 80 euros , o que é uma hiper barbada !!
Vou aproveitar tua dica e procurar alternativas nas
margens de Creek ( que deve ser como ficar ao longo do
Chao Praya em Bangkok )
(olhinhos brilhando) Ai, ai, se fosse só pela vontade, levaria algumas daquelas pulseiras e brincos num piscar de olhos (e pechinchando, claro...não sou muito hábil, mas sempre tento ;-) ).
Fabuloso.
Arnaldo, estou ansiosa para ver as fotos do deserto: conhecendo o seu histórico, devem estar de babar...
Aproveite o restinho de Dubai por nós!
15:31 | Unregistered CommenterEmília
Amigos, pretendo postar alguma coisa do deserto amanhã (sábado), já em Milão, a caminho de Istambul. Hoje, nosso último dia em Dubai, foi muito bom e ainda tenho MUITAS matérias para escrever e muitas fotos pra postar. Infgelizmente ainda seria necessário ao menos mais um dia, que não temos, pra aproveitar Dubai!
Nossa, quanta jóia linda!!! Imagina uma mulher aí? Vai comprar tudo!!! :-)))
Eu tinha a maior vergonha de pechinchar até fazer essa viagem agora à Bolívia e ao Peru... Comecei a me divertir com o processo e a gostar muito dos resultados... Eu adoraria praticar um pouquinho as minhas novas habilidades com essas jóias lindas!!!
21:01 | Unregistered CommenterCarla
CARLA, vergonha de pechinchar é normal, todos têm, mas aqui nas " arábias" a ARTE de comprar é MUITO mais do que uma pechincha! E nem todos estão preparados pra exercê-la. eu sou um. Sabe (?), o melhor de tudo é no fim de todas as compras voçê verificar o QUANTO economizou de fato e sentir o rpazer de ter realizado um lucrão!
Oi Arnaldo......fiquei com vontade ir à Dubai. Minha mulher quer saber quanto custa essa pulseira que vc salvou como: Dubai_Gold_Souq_23.
Abraços
Caio
14:45 | Unregistered CommenterCaio
CAIO, os preços dependem do tipo e qualidade do trabalho de confecção da jóia e de sua procedência. Todavia, as mencionadas por vc., custam em torno de 370 a 400 dólares (as maiores, com 17 gramas) ou algo em torno de 23 dólares por grama.
Com 2dias, você acha que conseguirei ver muitas coisas??
2:59 | Unregistered CommenterNicolly
Me de uma ajuda, por favor, to escolhendo hotel, me indicaram um albergue em Deira - Pacific hotel. Deira e muito ruim ???
20:54 | Unregistered Commenterpatricia
Patricia, Deira é ótimo. Ruim é esse hotel.
Olá !
Gostaria de saber se nos souks de ouro posso pagar com cartão de credito ou dolares ou so com dirhan ?
Patricia
13:37 | Unregistered CommenterPatricia
no gold souk aceitam TUDO em pagamento :). é o comércio no seu estado mais puro.

sim, aceitam qq tipo de cartão de crédito.
14:48 | Unregistered CommenterRicardo
gostaria de saber sobre o visto se eh dificil? obrigada desde ja pela ajuda. bjos
14:30 | Unregistered CommenterFabiola
FABÍOLA: Vc só pode entrar em Dubai com um visto que é concedido pelo HOTEL e, no Basil, através de uma operadora de turismo que represente algum deles, o que significa que nada adianta fazer reseva na página na Internet porque eles não concedem o visto diretamente.


O isto é facílimo, basta enviar cópias dos passaportes e um formulário preenchido (através da agência no Basil, que o enviará ao hotel em Dubai) e aguardar o retorno por e mail ou fax (que será feito pela agência brasileira, a mesma que lhe enviará também o voucher do hotel).
as peças são confeccionadas apenas em ouro ou usam pedras preciosas tambem. desde ja obrigado.
22:31 | Unregistered Commentermarcia
TAMBEM ha pecas confecionadas em pedras preciosas, especialmente esmeraldas, rubis e diamantes, mas o mais comum sao as pecas em ouro 21 e 22 K.

hello I have to muth stones precious and jowels wich prics small smeralds,rubis,cristal,dolomitas,quartzo, ametistas,zirconios,with certification and garanty, my email gomeskarlaholanda@hotmail.com my mobil 00xx-31643937201 I hope your answer thank you very much Karla.

8:39 | Unregistered CommenterKarla

Meu sonho é ir pra Dubai e fazer mtas compras no mercado de ouro, e então gostaria de saber o local mais proximo do mercado de ouro, e que não seje tão caro, e que seje confortavel e seguro,para minha familia de 5 pessoas! Como me comunicar? todos falam ingles?
estou esperando sua respsta anciosamente!
me mande um email por favor: natanhacorrea@hotmail.com
obrigada!

16:14 | Unregistered CommenterNatalia

DUBAI é segura, sem problema algum. Um dos lugares mais segoros do mundo. Fala-se inglês sim. Sobre ser caro, é relativo, depende do SEU padrão para poder definir. Hotéis médios custam na faixa de 200 dólares.

oi Arnaldo,

Fiquei feliz de encontrar um site q fale mais sobre compras em Dubai.Estarei indo pra lá em dezembro e gostaria q se vc pudesse passar mais sobre preços das jóias.Queria ter uma idéia de quão mais barato é em relação ao Brasil.Outra coisa q eu gostaria de saber,sobre preços de bolsas de grife.São bem mais baratas que aqui?Existem outlets lá.
obrigada
abraços
Fara

12:45 | Unregistered CommenterFara

FARA, eu nÃo saberia dizer "o quão é mais barato do que no Brasil".
O Ouro é valorizado por quilate - a quantidade de ouro na mistura - que tem quatro categorias: 22, 18, 14 e nove.

Os valores do ouro são baseados em uma taxa padrão por grama, que muda constantemente. As taxas típicas de Dubai são aproximadamente Dhs60 por grama de 18 quilates de ouro, Dhs75 por 22 quilates e Dhs80 por 24 quilates.

O que faz a diferença é o trabalho aplicado na peça e a maioria das lojas cobra uma taxa de mão-de-obra em torno de 10% a 20%.

O mercado do ouro em Dubai funciona segundo leis severas para garantir que todo o ouro seja precificado e etiquetado corretamente, e os oficiais do governo verificam essas marcações regularmente, ajudando a manter a popularidade da cidade entre os caçadores de preços baixos que somente procuram artigos genuínos.

Isso é o que posso lhe dizer em adição ao que já está na matéria acima.

NÃO sei preços de bolsas de griffes mas é possível que sejam cerca de 15% mais baratas do que na Europa, nos shoppings centers, porque nÃo há lojas de rua para produtos desse tipo.

TAmbém nÃo sei se há outlets.

Eu SUGIRO que vc procure a Solange Barro, guia brasileira em DUBAI (fale com ela por e mail em meu nome e cite o blog). Leias as condições dela abaixo:


"Solange Barros" solangebarros@globo.com

Ela tem um esquema de trabalho que é flexível e que depende de quantas pessoas estejam incluídas, o que melhora o custo e benefício. Ela tem um carro para 7 pessoas (incluindo o motorista), sendo que dois são menos confortaveis todos os lugares com cinto de segurança.(Pagero Full)

Valores:

-Por hora de acompanhamento...................Dhs 100,00 (cotação U$ 3.65), esta cotação é estável.
-Caso queira usar meu carro e não o taxi.....Dhs 2,00 ( por kilometro) (pagero full com 6 lugares + dois lugares alternativo).
-Dia livre em Shopping, eu deixo e busco em horário marcado cobrando a mesma taxa por kilometragem e meu tempo de percurso.
-Acompanhar em horários de refeição em restaurantes, café etc. eu pago metade do custo do que eu consumir.( sou magrinha e como bem pouquinho!!!)
-Grande distância por exemplo Abu Dabi, capital dos Emirados eu faço um pacote diferente: mantenho os 2 dhs por kilometro e no acompanhamento dou desconto de 50%.
-combino, caso o horário seja possível, uma tarde com um café em minha casa para descontrair e tornar a relação mais informal. (este ítem fica a critério do cliente) e criar um vinculo mais brasileiro de ser. Até porque acho que é turismo saber como vivemos em Dubai, onde moramos e mais ou menos como funciona a rotina dos estrangeiros que são mairia aqui. Os locais são só 11% os outros somos nós tocando esta cidade. Detalhe importante é que a maioria embutida nestes 89% são a mão de obra operária (construção).
Estou aberta a sugestões. E caso necessário o Inglês tenho uma parceira, brasileira porém professôra de inglês que também mora em Dubai nas mesmas condições que eu (marido piloto da Emirates).

Meu trabalho no Brasil em nada se relacionava a guia de turismo, mas sempre envolvida com o público em geral. Tenho um filho de 13 anos morando e estudando em Dubai e outro casado morando no Brasil.
Cursei faculdade de direito, arte dramática, corretagem de imóveis, administrei várias lojas de shopping e fui empresária também na área de comércio.

Envio em anexo uma foto minha com meus dois filhos e minha nora. Eduardo, Denise e o caçula Pedro.
Estarei chegando ao Brasil (Rio de Janeiro) 21 de julho à noite e retornarei em 10 de agosto. Assim visito o filho e amigos e aproveito para fugir da mais alta temperatura de Dubai.
Abraços.
Solange

e-mail-solangebarros@globo.com
celular- +971-050-2455765
residência- 9714-3445268

Mto obrigada pela atenção.Na verdade vou eu e meu marido apenas e não iremos com excursão.Mesmo assim,vou entrar sim em contato com a Solange Barros pois acho q ela vai poder me ajudar,Mas uma vez,obrigada por tudo e Parabéns pelo blog.Tenho procurado mtos sites sobre Dubai e não encontrei nenhum tão completo qto o seu.

abraços

Fara

20:55 | Unregistered CommenterFara

FARA, Dubai pode ser conhecida (sssim omo Abu Dahbi) SEM nenhuma dificuldade e por conta própria. NENHUMA necessidade de ir de excursão, apenas se preferir. A Solange Barros pode ser de grande ajuda lá, porque fica à sua disposição.

Arnaldo,boa noite.Estou escrevendo pra lhe agradecer.Entrei em contato com Solange Barros e já estamos conversando por e-mails.Acho q vai dar certo.Solange me pareceu uma pessoa super simpática e mto bonita tb(ela mandou fotos).POr isso,fiquei mto contente,mesmo pq ela já está tirando aquelas dúvidas q as pessoa q vão viajar têm.

Mto,mas mto obrigada,mesmo.E vou continuar acompanhando seu blog.

abraços

Fara

19:06 | Unregistered CommenterFara

Minha noooossa senhora !!!! estou totalmente encantada com Dubai e o cómercio de ouro !!!! Pena que pra mim é um sonho um pouco distante...

Credo... se eu fosse comprar jóias (que eu amooooooooo) nesse comércio, ia voltar com o triplo da minha bagagem!!!!!

Quem sabe um dia....

Muito obrigada pelas informações !!!

22:49 | Unregistered CommenterRozi

Nossa, nunca vi peças tão belas, estão mais para obra de arte, trabalhadas em metal precioso. Parabéns.
Olho com um misto de admiração (pois são lindas) e inveja, pois será muito dificil vê-las ao vivo ainda mais sonhar em tê-las.
Que tenha sempre sucesso e possa nmos presentear com essa visão

17:29 | Unregistered Commenterlourdinha

Olá Arnaldo.Primeiro vale um agradecimento ao seu blog- tenho recebido turistas que me encontraram aqui e em muito tem ajudado. Muito obrigada de coração!
Quando retorna para atualizar tuas fotos com as novas inaugurações de Dubai? Poderei ser tua assistente nas fotos!!! Vamos fazer um trabalho juntos?
Por onde andas no momento?

Segue abaixo dados atualizados do meu trabalho.

U$ 30,00 por hora. Dentro de Dubai
U$ 30,00 por hora e U$0,70 por km saindo de Dubai.


e-mail- solangebarros@globo.com

skype- solangepineiro

MSN- solangebarros@globo.com

tel: +971 (4) 3445298
tel: +971 (50)2455765

OI ARNALDO ADOREI SEU BLOG, E MARAVILHOSO, OLHA SOU REVENDEDORA DE JOIAS PODE ME INFORMAR SE A POSSIBILIDADES DE COMPRAR E REVENDER AQUI , NÃO TENHO COMO IR EM DUBAI EXISTE ALGUM TIPO DE SERVIÇOS ASSIM COM SEGURANÇA E FALA PARA MIM O PREÇO MAIS EM CONTA PARA MIM COM VALOR BRASILEIRO
OBRIGADÃO

ola arnaldo,muito bom seu blog ,entaum eu vou fazer uma viagem e vou passar por dubai vc sabe me informar se no aeroporto os preços de puçeiras correntes etc de ouro sao tb em conta vc podia me informar mais ou menos em dolar os preços por ai um abraço agradeço desde ja

ola gostaria d saber como faço pr conprar ouro la nao tenho como ir gostaria d braceletes e pulseras como posso faser amigo abraço...........

16:46 | Unregistered Commentermaninho

meu e-mail- jfufuxo@hotmail.com aguardo resposta migo abraço (maninho)

16:48 | Unregistered Commentermaninho

ola,sou sofia,nao tenho como ir a dubai mas tenho possibilidades de vender joias de la...gostaria de saber o preco minimo das joias(polceiras,fios,mascotes e brincos) ...i gotaria que respondecem para meu himail...

agradecia
suneila_momad@hotmail.com

15:15 | Unregistered Commentersuneila

olá eu adoro comprar joias como uma pequena opção de investimento , mas realmente as joias de ouro desse local são mais baratas e com mais vantagem que as do brasil?

Olá... Acabei de voltar de Dubai... Sabem que agora o grama do ouro lá está praticamente igual ao do Brasil, ou seja entre R$ 90,00 e R$ 100,00. Por curiosidade, perguntamos em uma das lojas da Cidade do Ouro.. porque nosso inglês não era bom suficiente para negociar, mas dependendo, valeria a pena tentar. Desistimos, já que agora, o grama subiu bastante por la..

16:52 | Unregistered CommenterPatrícia

Olá
Alguem sabe o preço da grama do ouro em dubai hj??
Abs

21:29 | Unregistered CommenterJaelson

Gostaria de saber o valor atual do grama de ouro de DUBAI, pois estou encantado com os trabalhos em ouro.

GOSTARIA D SABER OVALOR DA GRAMA DE OURO

22:12 | Unregistered CommenterHELENA

Arnaldo, que lindo seu blog!! Parabéns!

Atualmente resido na Coréia do Sul e retornarei ao Brasil daqui há aproximadamente 1 mês. Tentei de todas as formas ficar uns dias em Dubai, mas como estou acompanhando meu marido em um projeto de óleo e gás, ficou impossível...

Farei escala em Dubai e gostaria de saber se vale a pena comprar ouro no Duty Free. Você saberia me responder?

Obrigada!!

Sabrina, eu não saberia afirmar com segurança porque não comprei nada no Duty free do aeroporto de Dubai. E também não sei dizer se os preços seriam compensadores em relação ao mercado aberto, livre para negociação e pechinchas, mesmo sendo sem impostos, porque não se pode negociar muito.

Arnaldo,

Meus parabéns pelo blog. De todos os blogs e sites que visitei, você conseguiu ser mais detalhista e preciso do que o próprio site do Gold Souk. Ia recomendar o blog para a Sabrina Ferreira, mas pelo que vi ela encontrou antes de mim! rs
Você visitou Abu Dhabi? Passarei apenas 2 dias em Dubai, estou na dúvida se vale a pena ir até lá para conhecer a "Grand Mosque" e o famoso Parque da Ferrari ou se é melhor passar esses dois dias conhecendo melhor Dubai?

Mais uma vez, parabéns pelo blog. Já estou lendo outros posts para próximas viagens!

Mônica

9:40 | Unregistered CommenterMônica

PostPost a New Comment

Enter your information below to add a new comment.
Author Email (optional):
Author URL (optional):
Post:
 
All HTML will be escaped. Textile formatting is allowed.