CONHEÇA O AUTOR

 

         Depois de estabelecer-se na Internet - em 1999 - escrevendo relatos de viagens em sites relacionados com o tema, e em 2006 ter fundado o blog Fatos & Fotos de Viagens - um dos pioneiros da blogosfera de viagens - Arnaldo foi convidado a colaborar com matérias na Revista Viagem & Turismo, da Editora Abril e, agora, prepara o lançamento de seu primeiro livro - "Bom dia, Addis. Adeus Etiópia" - ingressando, assim, na literatura de viagens com um livro encantador, segundo o autor, o primeiro de uma série de pelo menos quatro que já planeja produzir, dois deles em plena fase.

Assim o autor define esta sua nova fase:

             Livro é coisa séria. O que o leitor encontrará em "Bom dia, Addis. Adeus Etiópia" é diferente do que lê aqui no blog. Da narrativa ao estilo. Em vez de apenas uma "conversa" com o leitor, baseada na informalidade, o livro mistura traços desta coloquialidade e informalidade com os de uma escrita literária. Sobretudo com profundo respeito à arte de escrever. Passo a ser um escritor, o que nada mais é do que uma outra maneira de me expressar sobre viagens e de transmitir ao leitor minhas impressões. Segundo o poeta e ensaísta norte-americano Henry David Thoreau, "Muitos homens iniciaram uma nova era na sua vida a partir da leitura de um livro". A partir deste meu primeiro livro escrito, considero ter ingressado numa nova, deliciosa fase em minha vida. 

             Por bom tempo - antes de me decidir por publicar um livro - meu lado esquerdo do cérebro brigou com fúria contra o direito até certificar-se de que o leitor teria nos meus livro não os textos que escrevi no blog, porque, entre outros motivos, livro é coisa séria, e ninguém (ninguém de verdade!) merece ler posts de blogs reproduzidos em livros, especialmente textos efêmeros, perecíveis, descartáveis ou preocupados em agradarem "o mercado" e a blogosfera. Felizmente, ao que parece, posts continuarão restritos aos blogs e livros a serem livros. O tema da viagem parece ainda não ter-se banalizado na literatura universal, nem ter-se rendido às formas diversas da monetização.

           Minha ascensão na escrita de viagens com este trabalho literário não é exatamente uma novidade. Ainda que recentemente eu tenha notado a mente lampejar com a ideia: tornar-me um escritor de viagens. Todavia, ela sempre me rondou. Mesmo que a alguma distância. Não foram poucos os amigos, parentes e leitores do blog que há mais de dez anos recorrem à pergunta: “Por que não escrever um livro?”

Gente que escreve e encanta, fala sobre o autor:

Haroldo Castro:

            "Arnaldo é um dos viajantes equilibrados e sensatos que se lança escritor, o que, num Brasil de pouca leitura e onde a Literatura de Viagem não chega a ocupar meia estante nas livrarias, conta histórias que servirão de grande subsídio para qualquer leitor, além de ajudar a romper os preconceitos de que a África só oferece guerras, doenças e fome. Infelizmente, a riqueza cultural e natural do continente é quase sempre tão abafadas por notícias negativas que considero este livro um raio de luz na região."

Jornalista, fotógrafo, autor de “Luzes da África”, indicado para o Prêmio Jabuti na categoria Reportagens

Ronize Aline:

             "Minha opinião sobre o autor está refletida na resenha que escrevi de seu livro "Bom dia, Addis. Adeus Etiópia": ele escreve com o coração e demonstra respeito por tudo o que viu. Este livro, mais do que o relato de uma viagem à Etiópia, é uma viagem rumo a uma experiência de imersão e contemplação do outro. É como olhar para o diferente sem estranhamento ou indiferença."

Escritora, tradutora, jornalista, professora universitária, crítica literária do jornal O Globo, do Rio de Janeiro

Rachel Verano

             "Neste livro, Arnaldo tem o poder de nos transportar a um dos cantos mais fascinantes e ainda intocados do planeta. Mas de maneira ao mesmo tempo delicada e profunda, pessoal, criando intimidade com os personagens, deixando o leitor perceber cheiros, sabores e sentir as emoções de suas descobertas. Do peso do ar à alegria de dobrar a esquina, o autor consegue transmitir todo seu fascínio de estar diante de algo realmente novo."

 Jornalista das revistas Viagem & Turismo, Veja, VejaSP, Glamour, TAM e Vamos/LATAM

Davi Carneiro

             "Há uma frase atribuída ao grande viajante do século 14, talvez o maior escritor-viajante de todos os tempos, Ibn Battuta: “Viajar, primeiro te deixa sem palavras, depois te transforma num contador de histórias.” Suspeito, caro leito, ser este o caso do Arnaldo, um autêntico viajante que vem se mostrando, cada vez mais, um talentoso contador de histórias. Conheço-o e o sigo desde 1996, através do seu blog, aquele que, na minha opinião, é um dos melhores de viagens da internet brasileira, tanto pela excelência fotográfica quanto pela qualidade dos textos. Com um currículo andarilho de respeito (mais de 60 países, entre eles Quirguistão, Miamar, Irã e Uzbesquistão), Arnaldo tem o mérito de ir na contramão da blogosfera profissional e monetizada: de maneira simples, autêntica e independente, preza, principalmente, a credibilidade e a confiança de seu leitor." 

 Escritor, jornalista e colaborador de diversas revistas nacionais e estrangeiras

 


COMENTÁRIOS
PROCURA
Quer ler outras viagens?
De onde chegam os visitantes
« Turquia: Istambul - A Basílica de Santa Sofia (Hagia Sofia – Ayasofya) | Main | Dubai: Off-road arábico e luxuoso »
Segunda-feira
Set032007

Turquia: Istambul, onde o Oriente encontra o Ocidente  

          DESDE MUITO JOVEM EU PERCEBI que o mundo era bem maior do que aquele que minha visão alcançava. Quando eu o observava da janela de onde eu morava na infância, não havia muitos prédios a interromperem a linha do horizonte, ela costumava estar bem mais longe do que atualmente. 

IstambulBlog%20introduo%20louas.jpg

A riquíssima cerâmica artesanal turca retrata cenas e imagens da época dos sultanatos

          Istambul foi a minha primeira impressão de que eu estava mesmo certo, de que o mundo era bem mais longe do que aquilo que eu conseguia ver e, talvez, tão grande quanto o da minha imaginação. 

ISTAMBUL%20Blog%20Introduo%2022.jpg

          Aquela foto de Istambul estampada na capa de um exemplar da Seleções do Reader's Digest - que meu pai colecionava desde minha mais antiga lembrança – onde apareciam frente a frente a Mesquita Azul e a Hagia Sophia ("Divina Sabedoria"), foi minha primeira percepção de um mundo exterior para além de minha janela. Tão longe de mim, tão perto de mim.

istambul%20revista.jpg

          Na visão romântica e infantil de uma criança, Istambul era um mundo absolutamente inalcançável e misterioso, fantasioso, quase um "mundo de fotografia", de estórias, de lendas.  Ao mesmo tempo - ali na capa daquela revista - aparentava ser tão real, tão alcançável, tão possível, ainda que tão distante.

IstambulBlog%20introduo%202%20Bazar%20Egpcio%20exterior.jpg

Um passeio pelo interior e ao redor do Bazar Egípcio deixará lembranças inesquecíveis. Olfato, visão, paladar e audição a mil!

          O que tornava aquela misteriosa cidade tão real e possível fez com que Istambul, desde então, fizesse parte do meu imaginário. Os clichês que a definiam - “Ponte entre a Ásia e a Europa”, “Lugar onde o Oriente se encontra com o Ocidente” - entre outros, definem bem essa atraente capital de três impérios, o Romano – de 330 a 395, o Bizantino – de 395 a 1453,  e o Otomano – de 1453 a 1922.

ISTAMBUL%20Blog%20Introduo%2019.jpg

A fabulosa Santa Sofia já foi mesquita, já foi igreja, hoje é museu

          Istambul e seus minaretes que furam o céu

          Nada é mais onipresente no horizonte desta cidade do que seus minaretes. Parecem querer furar o céu de Istambul, como agulhas ponteagudas, seja lá de onde for que a observemos. Ainda que não apenas elas, as fabulosas mesquitas e seus minaretes consagram Istambul como uma das cidades mais atraentes e exóticas que conheci. Esta é, de fato, sua marca registrada.

ISTAMBUL%20Blog%20Introduo%2000.jpg

Santa Sofia: já foi igreja cristã e mesquita. Hoje é museu. Uma das expressivas marcas da riqueza arquitetônica de Istambul

          Mas não pense que há apenas mesquitas em Istambul. De fato elas são inúmeras, estão sempre presentes no horizonte, seja ele avistado do lado europeu ou asiático. Os minaretes estarão lá, há centenas de anos servindo aos desígnios do Corão, difundindo os cânticos dos muesin a avisarem que é hora da oração.

ISTAMBUL%20introduo%20Vista%20area%20de%20Sultanahmet.jpg

Vista aérea do bairro Sultanahmet, com a Mesquita Azul e a Santa Sofia frente a frente. O prédio amarelo à esquerda é o Four Seasons Hotel (em foto de Sezgin Aytuna's no Flickr http://www.flickr.com/photos/sezginaytuna/sets/72157594518936779/)

          Aliás, uma cidade que tem parte dela num continente, parte em outro, por si só já a torna no mínimo curiosa. Mas Istambul vai muito além de suas mesquitas. Muito além. Sua herança cultural arquitetônica é tão numerosa quanto suas mesquitas. Não poderia deixar de ser diferente uma cidade que já foi Bizâncio, Constantinopla e Nova Roma.

ISTAMBUL%20introduo%20Vista%20do%20Topkapi.jpg

Uma das duas belíssimas pontes pencils de Istambul ligando o lado europeu ao asiático da cidade

          O Império Otomano (Devlet-i Âliye-yi Osmâniyye, em turco-otomano) foi um Estado que existiu entre 1299 e 1922 e que no seu auge compreendia a Anatólia, o Oriente Médio, parte do norte de África e do sudeste europeu. Essa riquíssima fusão de culturas ao longo de sua história transformou Istambul um fascinante destino para turismo cultural, arquitetônico, gastronômico, folclórico e artístico gravados em dezenas de atrações, de monumentos, de palácios, mansões, igrejas, mesquitas, castelos e fortalezas, bazares e ruínas, haréns de sultões, turcas vestidas à moda muçulmana e vestígios romanos.

IstambulBlog%20introduo%202%20Bazar%20Egpcio.jpg

O Bazar Egípcio e suas especiarias, temperos, comidas e artesanato. Sons, cheiros e visão a mil!

          Ninguém jamais se esquecerá dos cheiros, sons, imagens e paladares de Istambul, especialmente se tudo isso for experimentado simultaneamente. Não é difícil: caminhe nos arredores do Bazar Egípcio ou por seu interior enquanto ouve os chamados vindos dos minaretes de uma das duas mesquitas que o rodeiam e tente não arrepiar-se! 

ISTAMBUL%20Blog%20Introduo%2001.jpg

Istambul é ao mesmo tempo uma metrópole européia e exótica cidade oriental...

 

istambul.jpg

"ISTAMBUL - Memória e Cidade"  de Orhan Pamuk

"Uma leitura fascinante para todos que se interessam por essa ponte imaginária que separa o Ocidente do Oriente" - The Economist

          Várias características tornam Istambul uma das cidades mais exóticas do mundo. Talvez o fato de ter estado sob diversos domínios e ocupações, os quais deixaram suas marcas excepcionais - tanto culturais quanto arquitetônicas - e de estar localizada ao mesmo tempo em dois continentes - o europeu e o asiático, separada pelo estreito de Bósforo - por si só já nos adianta o que nos espera.

493463-1009657-thumbnail.jpg 493463-1009671-thumbnail.jpg`493463-1009675-thumbnail.jpg

Os minaretes parecem querer furar o céu de Istambul...

          Poucas cidades européias conseguem reunir numa só tanta diversidade cultural, herança de três milênios de história. São cheiros, cores, sons, religiões, cultura, arquitetura - diversidade que está registrada em cada bairro, em cada construção, templo e manifestação cultural. Istambul não é apenas uma metrópole, é também uma das cidades mais incríveis do mundo.

ISTAMBUL%20Blog%20Introduo%2005.jpg

Até a Lua torna-se coadjuvante quando figura entre os fabulosos minaretes da Mesquita Azul

          Istambul é uma das cidades mais antigas do mundo - foi fundada, no ano 657 a.C., quando recebeu o nome de Bizâncio, uma alusão ao nome do comandante grego, Bizas, que conquistou a região -  e durante mil anos desenvolveu-se, tornando-se império em 323 d.C., quando o imperador Constantino transformou-a em capital do Império Romano do Oriente, mudando seu nome de Bizâncio para Constantinopla.

493463-1009706-thumbnail.jpg 493463-1009716-thumbnail.jpg 493463-1009725-thumbnail.jpg

O interior da Mesquita do Sultão Ahmet, a Cisterna Yerebatan Saray e a entrada do Palácio Topkapi

          Ainda que hoje seja um país de maioria islâmica, a religião cristã foi oficializada por Constantino, época em que Constantinopla transformou-se em num poderoso centro comercial de negócios com a Europa, especialmente Veneza.

IstambulBlog%20introduo%202%20001.jpg

          Istambul é ao mesmo tempo uma cidade secular e moderna, européia e muçulmana,  desde as épocas mais remotas é animada e exótica, misteriosa e atraente, cujas mesquitas enormes e iluminadas à noite nos fazem perceber  que não estamos numa cidade comum, e que tampouco pode ser definida apenas como “européia” ou “asiática”.

IstambulBlog%20introduo%202%20002.jpg

          Istambul é de fato uma cidade extremamente curiosa e com muita personalidade. Ela jamais nos deixa sentir que estamos apenas na Europa ou apenas no Oriente. 

Istambul_and_Bosporus_big.jpg

O Estreito de Bósforo visto por satélite

          O Estreito de Bósforo separa o lado asiático, residencial, do lado europeu de Istambul. O lado europeu é dividido pelo braço de mar chamado Chifre de Ouro. Ao sul, fica o distrito dos Bazares e o bairro antigo e turístico de Sultanahmet. Ao norte, Beyoglu (bei-ô-lú) e Taksim, a parte moderna, centro financeiro da cidade.

493463-1010113-thumbnail.jpg 493463-1010116-thumbnail.jpg 493463-1010125-thumbnail.jpg

Tão oriental e tão ocidental ao mesmo tempo

          Suas dezenas de templos e monumentos vez por outra nos fazem perceber que estamos em qualquer cidade da Europa ocidental, mas quando nos deparamos com a imponente Mesquita Azul, no impressionante bairro Sultanahmet, diante da não menos majestosa Santa Sofia, nos recordamos que estamos no Oriente.

Istambul%20introduo%20Pera%20Palas.jpg

Quarto 411 do Hotel Pera Palas, em Istambul, onde Agatha Christie escreveu “Assassinato no Orient Express”

          Convenhamos, não é qualquer cidade nem o mero acaso que podem atrair uma escritora como Agatha Christie a escrever uma de suas novelas – Assassinato no Expresso do Oriente – na qual o detetive Hercule Poirot  desvenda um crime cometido a bordo do Simplon Orient Express, nome do serviço de trem de longa distância que no seu apogeu ligava Paris a Istambul.

ISTAMBUL%20Blog%20Introduo%2009.jpg

Perca-se, e compre!, no Bazar Egípcio

Em 1453 Constantinopla foi invadida pelos turcos e transformou-se em capital do Império Otomano, tendo novamente mudado de religião, transformando-se no Império Otomano islâmico. No início do século 20, em 1930, foi criada a Turquia, como nação, tendo sua capital passado a chamar-se Istambul. No mesmo ano, o governo turco mudou a capital do país para a cidade de Ankara.

ISTAMBUL%20Blog%20Introduo%2010.jpg

Fique horas admirando o imponente interior da Mesquita Azul

Com tantas mudanças expressivas - religiosas, comerciais, culturais, comerciais – a Istambul de hoje tem muitas personalidades e fisionomias: é ao mesmo tempo uma grande metrópole com ares europeus mas a maior parte de seu território está situada na Ásia.

ISTAMBUL%20introduo%20Vista%20de%20Orkatoy.jpg

Vista aérea de uma das pontes pencils sobre o Estreito de Bósforo, que ligam o lado asiático ao europeu em Istambul (em foto de Sezgin Aytuna's no Flickr http://www.flickr.com/photos/sezginaytuna/sets/72157594518936779/)

          Poucas cidades no mundo têm mesquitas ao lado de igrejas cristãs e templos muçulmanos, mercados árabes e palácios barrocos. Enfim, em nenhum outro lugar ocorreu tão boa mistura de Oriente com Ocidente que mostra-se assim tão escancaradamente nas ruas, no povo e na cultura.

ISTAMBUL%20Blog%20Introduo%2011.jpg

O Harém do Sultão no Palácio Topkapi

Nesta série de matérias visitaremos o Palácio Topkapi, a Hagia Sophia – ou Santa Sofia, a Mesquita Azul, o Hipódromo Bizantino - com o Obelisco egípcio e a Coluna Serpentina, a Cisterna Yerebatan, o Grande Bazar, o Bazar Egípcio, o Estreito de Bósforo e o Corno de Ouro, a Suleymaniye Camii, ou Mesquita de Suleiman...

ISTAMBUL%20Blog%20Introduo%2012.jpg

Fonte do Sultão Ahmet III na entrada do Palácio Topkapi

... o Palácio Dolmabahce, o Palácio Beylerbeyi,  a Torre e a Ponte Galata, entre outros, além de cruzarmos o Estreito de Bósforo e o Corno de Ouro por suas pontes pencils e por suas embarcações, visitando o Bairro de Yenikoy, e experimentando algumas das vistas panorâmica de duas colinas do lado asiático... 

ISTAMBUL%20Blog%20Introduo%2020.jpg

De um dos terraços do Hotel Four Seasons avistam-se os minateres da Santa Sofia

...além de uma visita ao Four Seasons Hotel, que já foi prisão e cenário do filme O Expresso da Meia Noite e há dez anos é um dos hotéis mais luxuosos da Europa.

493463-1009767-thumbnail.jpg 493463-1009775-thumbnail.jpg 493463-1009781-thumbnail.jpg

O Estreito de Bósforo (visto da Torre Galata), a Ponte Galata sobre o Corno de Ouro e uma das pontes que unem os lados asiático e europeu de Istambul

Ao longo dos meses de setembro e outubro -  e a cada semana -  convido você a conhecer um pouquinho desta fabulosa cidade, a perder-se nos labirínticos corredores do Grand Bazar e suas 400 lojas, a observar o pôr-do-sol no Estreito de Bósforo, a estar frente à frente com o mais famoso brilhante do mundo - o Topkapi...

ISTAMBUL%20Blog%20Introduo%2016.jpg

Em Istambul há de palácios tipicamente europeus a mesquitas árabes que convivem em plena harmonia em ambos os lados do Corno de Ouro

...a conhecer os belíssimos palácios do Império Otomano, a admirar a Santa Sophia - aquela que seria a maior igreja do mundo mas tornou-se uma mesquita árabe e depois converteu-se em museu - enfim, a mergulhar no clima exótico desta cidade escolhida por Agatha Christie para viver e escrever.

ISTAMBUL%20Blog%20Introduo%2017.jpg

Explore comigo - em textos e fotos - a bela e misteriosa Istambul. Espero suas visitas!

Reader Comments (103)

Arnaldo, Istambul sempre esteve na minha listinha de destinos e, por vários motivos, acabou ficando para trás. Mas sempre achei que devia ser magnífica, como suas fotos e seus relatos estão mostrando. Já tinha decidido que 2008 seria o ano da Turquia nas minhas rotas; seu post (e espero que ainda haja muitos outros!!!) definiu esse cronograma. ;)
MARI CAMPOS, obrigado, primeiramente, por sua visita e pelo comentário.

Sim, Istambul agradará a qualquer um que a visite e mais, tornar-se-á tão inesquecível que haverá de retornar a ela.

Mais que isso, TODA a Turquia é igualmente atraente e um vasto campo para exploração turística.

Vá! Não deixe de ir, ao menos a Istambul. Fique no bairro Sultanahmet, onde encontrará dezenas de hotéis relativamente econômicos e muitíssimo bem situados, instalados em edifícios antigos e pequenos, alguns com administração familiar e muito bem posicionados no "ranking" do Tripadvisor.

Sim, outros, muitos outras pequenas matérias serão publicadas tentando mostrar os lugares e monumentos mais interessantes.
Desculpe a brincadeira, mas Istambul está pra Humanidade o que a estação da Sé está para o metrô de SP.... Todo mundo passou ali.
Belas fotos e uma grande introdução. Recomendo a todos, é um destino exótico, seguro, um povo simpático, e um pais barato. Quando fui, tudo custava mais ou menos a metade do que custa na Europa, e um pouco mais caro do que no Brasil.

8:57 | Unregistered CommenterErnesto
Arnaldo,
Me ha gustado mucho su post.
Estambul le hipnotiza de tal forma que parece que escribe como en un sueño.
Ya me gustó mucho su anterior post sobre la ciudad (aquel sin fotos), pero este es absolutamente poético. Sus palabras condensan muy bien lo que debe ser esa ciudad.
Bizancio, el Imperio Romano de Oriente, los Otomanos toda esa mezcla le da una pátina de diversidad muy atrayente.
Enhorabuena por su post de Istambul.
Beijos.
9:01 | Unregistered CommenterCarmen
CARMEN, muito obrigado. Adorei saber que você emocionou-se comigo.

ERNESTO, vc mencionou algo que eu percebi: é uma cidade tranquila e segura.
Que bom que Istambul lhe foi feliz desta vez, Arnaldo!
Interessante o mercado, onde se lê na placa "viagra turco"... Também, sendo terra de haréns :)
9:55 | Unregistered CommenterArthur
ARTHUR, sim, completa, inteiramente satisfeito com Istambul desta vez. Eu e minha mulher já queremos voltar!
...
Sem comentários, Arnaldo. Istambul é realmente uma cidade fabulosa, de sonhos. Eu já nem sei se volto mais aqui no seu blog, para não passar vontade, ou se eu fico aqui de vez :-)
Enquanto isso vou vendo Istambul pelo cinema: o Tempero da Vida e Contra a Parede ajudam a entrar no clima...
11:29 | Unregistered CommenterEmília
Jorge, ficou muito boa a comparação :-)
11:30 | Unregistered CommenterEmília
Arnaldo,

E eu aqui com dúvidas sobre ir ou não para Istambul. Tá mais do que definido que o destino é imperdível.

Mais uma vez seus posts me ajudaram! e mais uma vez texto impecável.

Posta mais, posta mais!!

Abração!!
11:38 | Unregistered CommenterMarcio
ABRAÇÃO e obrigado, Marcio! Vá sim, vá, vá mesmo!
Chocante ! É assim que eu sinto a antiga Constantinopla das aulas de história.
Os bazares, os cheiros de temperos e peixe no bazar egipcio, os muezins chamando para as orações, a grandiosidade das mesquitas, as surpresas em cada esquina e o por do sol no corno de ouro são lembranças inesquecíveis de uma viagem sem igual.

Parabens mais uma vez Arnaldo pelos depoimentos e fotos e obrigada por dividir conosco todas estas descobertas !
Obrigado, SYLVIA LEMOS, mais uma vez. Você captou bem o meu estado-de-espírito no texto.
Só uma coisa: DUCARALHO!!!

Perdão, mas foi o que mais resume o que senti depois de ver as fotos...

Abração
15:06 | Unregistered CommenterDiogo
Aíiiiiii Arnaldo! espero que tenhas tirado a má impressão q tinhas de Istambul. É uma terra maravilhosa com um povo igual, não é mesmo? E o bar e o restaurante do Pera Palais? não tem fotos? Adorei tudo, espero mais fotos e comentários. abraço, Fábio Machado, companheiro de Viagem (aqui e LÁ)
FÁBIO MACHADO, eu realmente fiquei encantado. parece que fui a OUTRA Istambul! Não fui ao bar e ao restaurante do hotel Pera palace, mas pretendo fazer uma notinha sobre ele.

DIOGO, obrigado. Abração.
Parece ser uma ótima idéia a dobradinha Dubai-Istanbul, uma cidade totalmente voltada para o futuro e outra com orgulho da muita história que tem para contar.
21:28 | Unregistered CommenterLeandro
BINGO, Leandro! Acertou em cheio!
DUBAI e ISTAMBUL na cabeca!!!!!!!!!!!
Se Deus e Alah permitirem, vou copiar a sua viagem igualzinha...lol
Parabens (nunca canso de dizer isto, neh?) pelo maravilhoso blog
1:20 | Unregistered CommenterClaudio
Obrigado, Claudio. Se precisar de dicas, é só escrever aqui!
Encontrei o seu blog, lá no Riq!

Parabéns Arnaldo! Excelentes fotos e texto preciso. No semestre passado eu fiz um trabalho na faculdade sobre a Turquia e já tinha ficado encantado com Istambul, agora depois desses posts nem se fala.

Abraço.
Obrigado, Marcel, mas eu mal comecei a esrcever sobre Istambul! Acompanhe que terá muito mais! Abraço
Arnaldo,

conheço seu blog há pouco tempo, mas o suficiente para me deixar emocionar por sua sensibilidade. Seu olhar apurado e suas palavras convidam o leitor a viajar ao seu lado. Parabéns pelo belíssimo trabalho e pela competência. Um abraço e sucesso!

Luciana
1:30 | Unregistered CommenterLuciana
Muito obrigado, Luciana, pela visita, pelo comentário gentil e pelos elogios.

Fui visitá-laem seu blog,retribuindo sua visita ao meu, e surpreendi-me com algo muitíssimo bem escrito (bem,você é uma jornalista profissional e experiente) e com ótimo conteúdo e apresentação gráfica.

Por isso seus elogios me orgulham ainda mais! MUITO obrigado e volte SEMPRE!
Caro,

obrigada pela visita, é um prazer tê-lo como leitor do Bistrô Pimenta. Seu comentário conseguiu me envaidecer. Voltarei sempre, sim, já estou na espera pelos próximos capítulos dessa jornada!

Um abraço,

Luciana

10:17 | Unregistered CommenterLuciana
Arnaldo, estou em Dubai por minha lua-de-mel e sigo para Istanbul em dois dias. Achei o seu blog por acaso e adorei! Muitas dicas eu ja tinha, mas a suas descricoes foram emocionantes. Nao vejo a hora de chegar em Insanbul. Hoje, comecou o Ramadan aqui em Dubai. Instanbul fica como? O Ramadan tambem comecou por la?

Parabens pelo blog!
19:53 | Unregistered CommenterDebora
Adorei as fotos, belíssimas. Estava procurando na internet sobre Istambul, pois pretendo conhecer em breve. Obrigada pelas dicas
20:45 | Unregistered CommenterCynthia
Obrigado, CYNTHIA. Acompanhe novas matérias com mais relatos e dicas sobre Istambul. E boa viagem!

DEBORA, o Ramadan é uma data móvel, mas é a mesma para todos os muçulmanos. Em Istambul também.
Olá Arnaldo,

Gostei muito das fotos de Istambul !
Parabéns pelo blog de viagem !

Erika

Arnaldo, muito prazer, meu nome é Daniele, encontrei teu site por acaso e achei maravilhoso, pude literalmente viajar, sonhar com lugares q sei q nunca conhecerei de verdade, mas foi como se estivesse lá vendo todas aquelas coisas lindas que cada foto mostra.

Só gostaria de ter visto mais cidades do nosso Brazil que é tão lindo, por exemplo: Recife, a Região dos Lagos no Rio de Janeiro, Maceió e tantos outros lugares menores mas porém não menos importantes como minha querida terra natal, Marathaizes no Espírito Santo, adoraria ver também fotos de Porto Alegre, ai, são tantos lugares lindos!!!

Só quero dizer que achei tudo lindo, perfeito, maravilhoso e me inspirou ainda mais a fazer o curso de fotografia que quero fazer.

Continue com esse talento e que Deus o abençoe.

Um grande abraço,
Daniele Ribeiro
19:34 | Unregistered CommenterDaniele
Arnaldo, estou completamente apaixonada pela sua Istambul. Era um dos meus destinos TOPs antes de engravidar, agora vai ter que esperar um pouquinho. Quero ir a Istambul e a Capadocia, um sonho antigo. Suas fotos sao impressionantes e arquitetura arabe me lembrou um pouco a Andaluzia.
Parabens.
PS: Sou mega fa da Agatha Christie e amei o Assassinato no Expresso Oriente.
PAULA BICUDO, ter lido o Assassinato no Expresso Oriente terá sido sempre delicioso pra quem visita Istambul com uma visão romântica.

Toda a Turquia tem um enorme potencial turístico, seja na região de Istambul, seja na Capadócia, Anatólia.

Sabe? A Andaluzia é o lugar onde se conhecem os maiores, melhores e mais numerosos monumentos arquitotônicos que conheci do mundo islâmico. Uma viagem à Andaluzia impressiona ainda mais depois de uma aos países islâmicos ou muçulmanos mais turísticos que conhecemos: Turquia, Marrocos, Tunísia..
Aprecio muito a Turquia e principalmente Istambul, adorei ver as fotos, é realmente uma cidade encantada...
meu sonho é conhecer esse lugar um dia.
Gostaria que me desse mais informações sobre pacotes turisticos para Istambul..
9:26 | Unregistered CommenterLuciana
Oi Arnaldo...

andei vendo seu blog porque tenho um interesse particular na Turquia... e agora estou mais apaixonada ainda! Voce faz comentarios e tem fotos maravilhosas, PARABENS! Agora tenho uma duvida... como podemos ir do Brasil pra la? Qual e a melhor escala?

Obrigada...
Eu acho que a melhor amneira é via Milão. São Paulo-Milão-Istambul. Mas cias aéreas como Air France e Lufthansa voam para lá também.
Arnaldo, Estou encantada com o seu blog. Conheci uma pessoa muito interessante e tem me feito muitos convites para conhecer Istambul.
Estou maravilhada com o que vi.
Parabens.
15:18 | Unregistered CommenterLucille
LUCILLE, Istambul é uma cidade muito interessante mesmo e eu recomendo conhecê-la, mesmo que seja com alguém DESinteressante!

Obrigado!
ola, Arnaldo, adorei seu blog e fotos sobre Istambul. Estou com viagem marcada para Dubai e Istambul. Ja estava ansiosa com minha ida mas, depois de ler os comentarios, fiquei mais ainda. O que me preocupa e a temperatura que irei encontrar. Minha estada em Istambul sera de 25/2/a 1/3. Se puder me dar algumas dicas sobre o inverno e o que levar de roupas, serei muito grata Vera..
16:26 | Unregistered Commentervera maria
VERA MARIA, obrigado pela visita e pelos elogios. Não compreendi porque exatamente você ficou mais ansiosa ao ler meu blog. espero que vc tenha querido dizer que ficou POSITIVAMENTE ansiosa em ver LOGO ambos os destinos, pois foi o que efetivamente pretendia transmitir: dois espetaculares destinos turísticos altamente recomendáveis.

Com relação a DUBAI, é uma das melhores épocas para visitar o emirado, já que as temperaturas são agradáveis, diferentemente de quando eu fui. Já Istambul é bastante fria nesta época. Já ISTAMBUL é bem mais frio. Veja abaixo:

ISTAMBUL: médias de 9 a 15 graus.
Consulte este endereço e veja as temperaturas diárias em fevereiro de 2007:
http://www.wunderground.com/history/airport/LTBA/2007/2/20/MonthlyHistory.html

DUBAI: médias de 18 a 26 graus.
Consulte este endereço e veja as temperaturas diárias em fevereiro de 2007:
http://www.wunderground.com/history/station/41194/2007/2/4/MonthlyHistory.html

Depois volte aqui e conte como foi essa maravilhosa viagem!

Boa viagem.


Olá
Venho acompanhando seu blog desde que decidi viajar.
Inicialmente, a única coisa definida sobre a viagem é que iria para Dubai. Depois pintou Egito (sonho de infância)... por que não? Já estou tão pertinho!!! Aí veio a idéia.... Dubai - Istambul - Egito.
Maravilhoso!!! Embora o tempo que eu tenha seja ínfimo diante das maravilhas desses lugares, apenas 15 dias. O tempo, ou a falta dele, é mais uma emoção.
A partida para Dubai esta marcada para 31 de março e de lá sigo para Istambul dia 5 de abril depois em 08 de abril partida para Cairo - Luxor - Alexandria.UFA!!
Estou fazendo tudo. Roteiro - compra de passagens (Aviao e Double Train) - reserva em hostel (optei por hostel - pq minha grana também é ínfina diante das possibilidades....mais emoção).
Seu blog está sendo muito útil, obrigada.
Estou até pensando em fazer um blog dessa minha viagem para postar as fotos e contar algumas coisas da viagem... sei lá fornecer alguns links legais - que me ajudaram muito e algumas coisas doidas que encontrei (como exemplo, um site que faz reservas de passagens mas vc tem que estar no local dois dias antes para pagar...).
Minha maior dificuldade é encontrar informações sobre o egito. Não encontro nem guia de viagem de bolso (onde poderia ter, acabou!).
Lí sua matéria sobre Alexandria e certamente visitarei aquela biblioteca, mas não encontrei nada sobre Luxor e Cairo vc já viajou para esses lugares? Tem alguma dica?
Desculpe o testamento mas é a minha cabeça já está viajando e eu já estou cheia de história pra contar.
bjus
9:49 | Unregistered CommenterÉrika

Olá
Volto aqui para dizer que a viagem foi incrível!
Não poderia ter imaginado nada melhor.
A Turquia é adorárel. Fico emocionada em lembrar. O banho Turco foi uma das melhores experiências que tive.
No Egito - hahaha - nada saiu como planejado e acabou sendo tudo ótimo. Exceto, tvz, pelo grande número de pessoas querendo te "ajudar" em todos os lugares..
Dubai é para curtir o que o homem pode fazer com dinheiro e a fé...
Fui mordida pela mosca azul.... quero viajar mais!!! Só falta a grana :(
Ahhh! Egito sem um guia de bolso, NÃO DÁ!

14:56 | Unregistered CommenterÉrika

Foi uma delicia rever minha Istambul! estive lá em março de 2008 e amei... quero dizer que também vale a pena conhecer o interior da Turkia, a região da capadocia é belíssima, Efeso, kusadasi, Pamukale, Cannacale, os templos greco-romanos... o povo é simpático e a comida muito saudável... apenas nao concordo com a afirmação corrente nas revistas de turismo de que os doces turcos são os melhores do mundo! eu voto nos nossos brigadeiros!
parabéns!

Olá, Arnaldo!
Primeiramente, parabéns pelo post das fotos e comentários. Vc realmente aguça o desejo de estar em Istambul. Conseguiu até me fazer sentir um pouco da atmosfera do lugar... Bom, Istambul é um destino esperado e tudo indica que concretizo este ano. Vou a Roterdam, após Veneza e queria dar uma esticada em Istambul. Mas viajo sozinha... houve citações de que a cidade é segura, então já fico tranquila. Mas aí esbarra no problema da língua... de fato, não sei nada de turco e não sei como é o uso do inglês por lá. Será que poderia ter algumas dicas suas?? Abço!

17:38 | Unregistered CommenterKarla

KARLA, não falo turco também e me virei bem. para ser turista e conhecer uma cidade importante no meio turístico como Istambul, falar um inglês básico é o suficiente para se comunicar minimamente, Não se preocupe. O que vc mais deve fazer é planejar.

Se quiser dicas, é só pedir objetivamente algum tema ou asusnto que terei prazer em responder, se estiver ao meu alcance.

OLÁ ARNALDO!
EXCELENTE A SUA MATÉRIA.
LÍ EM ALGUM RELATO DE VIAGEM QUE ALGUNS TURCOS
FALAM ATÉ ESPANHOL. É VERDADE?
OBRIGADA

Sim, DENISE ARCARI. Eu contratei uma guia, turca, que fala espanhol. Por nada.

Encontrei seu blog a pesquisar sobre a Turquia.Muito bom, por sinal. Estou planejando uma viagem em setembro, de navio. Por isso só devo ficar por um unico diazinho na cidade de Istambul. Uma pergunta dificil: o que da pra ver nesse curto espaço de tempo?
Me interesso pelas mesquitas, museus e mercados. Pensei em visitar o que for mais perto das mesquitas.
Pode me ajudar com suas dicas?
Fico muito grata.
Anita Gomide

ANITA GOMIDE, talvez seja interesssante vc verificar na página da cia de cruzeiro de seu navio que excursão eles oferecem, o que pode ser favorável para um dia apenas. Todadia, ir para a praça principal de Sultanahmet defronte à Mesquita Azul e visitar a Mesquita Azul, a Santa Sofia, a Cisterna da Basílica e o Palácio Topkapi.

Oi Arnaldo!
Estou indo para Istambul no dia 26 de abril para um congressso mundial de saude publica......Gsotaria saber se a vida noturna de Istambul e muito cara. Vou fuicar uma semana la e na verdade e a promeira vez que estudo a fundo sobre a cidade e suas fotos me deram uma visao apaixonante. Meu congresso sera no hotel hilton
Beijos e parabens pelas belissimas fotos
Ludmila

PostPost a New Comment

Enter your information below to add a new comment.
Author Email (optional):
Author URL (optional):
Post:
 
All HTML will be escaped. Textile formatting is allowed.