MENSAGEM ao LEITOR
CONHEÇA QUEM ESCREVE

BEM-vindo ao Fatos & Fotos de Viagens, um blog sem jabá e não vulgar

        EXISTE no viajar e no escrever relatos de viagens um terreno fértil para demonstrações de arrogância. É algo simplesmente disseminado. Tanto no mundo virtual quanto na literatura. Mas o que o maravihoso mundo da viagens precisa é de mais viajantes humildes, não de "especialistas" caga-regras que determinam de tudo: desde como arrumar sua mala ao único tipo que você deve comprar, do lugar que você tem que ir, caso contrário sua viagem será uma merda. Nunca tão maravilhosa como a dele. As classificações dos lugares também. Tem sobrado superficialidade a egocentrismo. Autores assim não percebem que tudo é muito subjetivo e pessoal, que a experiência e o prazer de alguém não será necessariamente igual ao de outro.  Sobretudo as necessidades.

      A blogosfera "profissional e "monetizada" vulgarizou-se e tornou-se banal. Carecemos de gente que escreva para motivar e inspirar, para alargar horizontes, de viajantes que "mostrem" os lugares em vez de "ensinarem" a viajar. Moderadamente, ponderadamente, sem afetação típica de deslumbrados que viajam pela primeira vez em classe executiva e precisam espalhar para o mundo em resenhas risíveis. Ao contrário, a blogosfera

       ESTE blog, ao contrário, não fez concessões à vulgarização dos blogs depois da "profissionalização" e da monetização de alguns. Ao contrário, este é um blog singelo, simples, pequeno, inexpressivo na blogosfera, não despesperado por audiência nem seu autor se dedica mais à sua divulgação nas redes sociais do que à escrita. Tento dar graça à leitura e consolidar algo que prezo muito: confiabilidade, credibilidade.

        COMECEI a viajar tarde, você sabe. Por falta de dinheiro. Até que um dia viajei pela primeira vez ao exterior. Eu tinha 35 anos. Fui assim apresentado ao então desconhecido mas fabuloso mundo das viagens. Jamais, todavia, pensaria visitar mais de 60 países, alguns muito improváveis à época. Irã, Uzbequistão, Myanmar, Etiópia, Quirguistão entre eles. Mas foi recentemente que compreendi que as viagens ficam pra sempre, não as coisas. E que é por esse mundo ser tão diverso, por cada país ser tão diferente, que me parece tão atraente e divertido.

       NÃO sou escritor profissional. Tampouco jornalista. Mas invejo esses profissionais por dominarem o idioma, a gramática e as palavras.  Ainda assim, faço meu melhor, meu caro, estimado, raro e precioso leitor. Então, peço-lhe que considere algo: que mesmo escrevendo com sensibilidade e responsabilidade, incorro em erros. Se quiser, aponte-os. Tanto gramaticais quanto de digitação. Como tenho revisor profissional, antes de publicar dou curso a incansáveis revisões. E também submeto-os ao crivo de minha esposa. Ainda assim, alguns nos escapam.

      SOU brasileiro, empresário e casado com a Emília do blog "A Turista Acidental" e desde que a conheci (e antes mesmo de nos casarmos), tornou-se a "mais-que-perfeita" companheira de vida, de idéias, de projetos e ideais, sobretudo encantadora, adorável e inspiradora companhia de viagens e de aventuras. Com ela compreendi o que significa "prazer de viajar". Foi (e continua sendo) minha melhor fonte de inspirações e de motivações. Tanto que qualifico minhas viagens como "antes e depois" da Emília e "antes e depois" da Índia. Foi com ela que percebi o que quis dizer Érico Veríssimo com "Quem caminha sozinho pode até chegar mais rápido, mas aquele que vai acompanhado certamente chegará mais longe." Somos pais de gêmeos - uma menina e um menino - nascidos em julho de 2015, e de um filho de 34 anos do meu primeiro casamento, em quem o gosto pelas viagens pareceincorporado. Não sou avô, mas as coisas estão bem encaminhadas neste sentido.

       HOJE com 64 anos (boa parte deles dedicados à família e ao trabalho), foi apenas aos 35 que pude começar a viajar internacionalmente. Desde então visitei 61 países, entre os quais alguns dos mais fascinantes e com os sítios mais admiráveis do planeta. Felizmente, para alguns deles ainda a salvo do turismo de massa, cujos excessos arruinam qualquer lugar. Em março de 2006, quando iniciei este blog, o fiz como meio de comunicação com a família e amigos. Anos mais tarde eu descobri o poder de contar histórias em textos e fotografias, e logo ele tomou outro rumo, provavelmente porque os leitores gostavam dos textos e das fotos, ou então porque na época havia pouquíssimos blogs.

       FIZ cerca de 90 viagens internacionais, voei por 40 cias. aéreas diferentes (algumas extintas) em 391 vôos para fora do Brasil e dentro de outros países e em todas as classes possíveis. Segundo Haroldo Castro - jornalista-fotógrafo-escritor que já esteve em 160 países -, o maior viajante que conheço, em seu teste "Viajologia" que se pode fazer em seu site, que considera não apenas a quantidade de países visitados, mas lugares, monumentos e patrimônios, além de transportes, experiências e situações difícieis porque passam os viajantes, alcancei "Mestrado em Viajologia". Mas isso não é nada diante de gente que lá já "graduou-se" em pós-doutorado.

Escrevo este blog sob uma perspectiva lúcida e sem concessões à monetização sem critérios

        Eliminei o contador de visitas deste blog quando marcava mais de 6 milhões. Audiência hoje em blog é decadente. Viajar, escrever e publicar algo que inspire e icentive o leitor é o que mais me motiva. NUNCA como blogueiro interventor nas viagens alheias, ou caga-regras dizendo como alguém deve viajar e que tipo de mala usar e essas chatices que definem as pessoas homogeneamente.Parece ser o que traz os leitores até aqui. Ou porque gostem de fotografia, para além da leitura odepórica, como eu. E por este blog não ter captulado à ambição e vaidade que levou tantos autores de blogs à monetização sem critérios, sobretudo enganando leitores, cada dia torna-se menorzinho e menos importante. Se continuarem assim, os blogs precisarão ser reinventados. Este aqui nasceu livre e assim será até morrer. Por enquanto estou sempre por aqui. Nem que seja em pensamento. Só não sei até quando.

         Agradeço a visita e os comentários e desejo boa viagem aos leitores.

Em tempo: este blog não integra nenhuma associação disfarçada de incentivos à monetização. Mas se um dia fundarem a ABBLI (Associação Brasileira de Blogs Livres e Independentes), por favor, me convidem!

#blogsemjaba

COMENTÁRIOS
RSS - Quer subscrever?
AddThis Feed Button

Share/Bookmark

VIAJE neste blog

Fotos de viagens
PROCURA
Quer ler outras viagens?
De onde chegam os visitantes
« Tailândia: Um pouco de Tailândia e muito de Bangkok | Main | Egito: Alexandria الإسكندرية »
Sexta-feira
Fev292008

Tailândia: Bangkok - Preparando a viagem

              MEUS dedos corriam sobre o mapa da Tailândia e deslizavam sobre as cidades à procura dos nomes que eu já havia visto em livros e guias turísticos.  E à medida que corriam sobre aqueles pontinhos maiores ou menores no mapa, ao lado dos quais ficavam nomes como Ayutthaya, Chiang Mai, Hua Hin, Pattaya, Kanchanaburi, Krabi, Koh Samui, Phuket, Phi Phi e Bangkok -  iam contabilizando cidades demais para tão poucos dias de permanência. 

               A dificuldade de sempre: a primeira "pedra-no-caminho" no planejamento de viagens sempre  foi :  "cidades demais, dias de menos".  Várias anotações, alguns meses e muitas dúvidas depois decidi permanecer apenas em Bangkok.

              FICAR seis dias na Capital e conhecê-la bem, tendo ela como base para uma ou duas outras cidades possíveis de serem vistas num só dia, a aprtir da Capital. Foi assim que defini meu programa, ainda que a Tailândia merecesse  ser explorada mais amplamente.  Seria a "mais-que-perfeita" introdução ao sudeste asiático.

               A viagem será feita pela ALITALIA, a partir de Milão, e na volta de Bangkok, dois dias em Amsterdam.

               ABAIXO, todo o conteúdo dos 14 capítulos da série

"A Sagrada e Profana BANGKOK":

____________________________________________________________

BANGKOK - Como será a matéria: todos os capítulos

- BANGKOK – Introdução - 

Um pouco de Tailândia e muito de Bangkok

- BANGKOK - CAPÍTULO 1) - 

Bangkok - Krung Thep Maha Nakhon

 Uma cidade, dois nomes, duas faces

1.1) O que há de estranho com o nome desta cidade?

1.2) Bangkok é Yin e Yang

1.3) A sagrada e profana Bangkok

1.4) Bangkok é pura loucura asiática

1.5) A realeza na Tailândia

1.6) Por que ir a Bangkok?

1.7) Visitar Bangkok é experimentar uma sobrecarga sensorial

- BANGKOK - CAPÍTULO 2) -

Deixe Bangkok roubar seu coração

2.1) Conhecendo Bangkok:

Os Bairros da Cidade, O Lay out de Bangkok, Os Transportes, O Clima,

O Dinheiro, Os Shopping Malls, Navegando pelo Rio Chao Phraya,

Os Klongs (Canais) de Bangkok - Estilo "Veneza" de ser

A lendária Khao San Road, Hospedagem em Bangkok

2.2) “Falando” tailandês

2.3) Quando ir (o clima)

2.4) Trânsito de Bangkok – Um entrave ao turista

2.5) Utilidades: Feriados,Tomadas e Eletricidade

- BANGKOK - CAPÍTULO 3) -

O Rio Chao Phraya

 3.1) Chao Phraya River Tourist Boat

Time-table e dicas dos piers e respectivas atrações

- BANGKOK - CAPÍTULO 4) -

Pressa e Bangkok não combinam

4.1) Bangkok não é uma cidade para ser vista com pressa

4.2) Skytrain – O estilo “Bladerunner” de trafegar em Bangkok

4.3 O Reino da Pimenta

4.4) Tailândia, "Terra do Sorriso"?

4.5) Tome cuidado com as fraudes (as Tourist Traps ou Tourist Scams)

4.6) Situando-se geograficamente

4.7) Vista assim do alto...

4.8) A famosa Khao San Road: turismo econômico

4.9) Welcome to Bangkok!

4.10) Bangkok é segura?

- BANGKOK - CAPÍTULO 5) -

Os Tuk-tuk – Ou Taxi-riquichás-kamikaze  

- BANGKOK - CAPÍTULO 6) -

Tradição e cultura: a Cozinha e a Dança tailandesas

61) A cozinha tailandesa num relance

6.2) A Dança Clássica tailandesa em resumida interpretação

- BANGKOK - CAPÍTULO 7) -

A Street Food de Bangkok - Outro Capítulo à parte

Em Bangkok, faça como os bangkokians: coma insetos.

- BANGKOK - CAPÍTULO 8) -

O “Mundo é Plano” – Ou “Lugares bacanas para relaxar em Bangkok”

8.1) Massagem tailandesa – Ou “quebra-ossos”!

8.2) Hora do Chá

8.3) Para o happy-hour

- BANGKOK - CAPÍTULO 9) - 

SUGESTÕES de Walking Tours em Bangkok

9.1) Algumas dicas para caminhar confortável e bem na cidade

9.2) Programando seu dia-a-dia em Bangkok: sugestão de intinerários e caminhadas turísticas

- BANGKOK - CAPÍTULO 10) -

10.1) Walking Tour em Rattanakosin Island

10.2) Walking Tour pela Royal Avenue e atrações das vizinhanças

10.3) Walking Tour do Marble Temple (Wat Benchamabophit) e do Dusit Zoo

 - BANGKOK - CAPÍTULO 11) -

Hospedagem em Bangkok

Dormindo barato, dormindo caro, dormindo com charme, dormindo com design

 - BANGKOK - CAPÍTULO 12) -

Os Templos, Palácios, Museus e Atrações em detalhes

12.1 - Grand Palace

e Wat Phra Kaew – Templo do Buda de Esmeralda

http://www.palaces.thai.net

12.2- Wat Pho- Templo do Buda Deitado

http://www.watpho.com

12.3 - Wat Arun - Templo do Alvorecer

http://www.watarun.org/index_en.html

12. 4 - Wat Traimit - Templo do Buda de Ouro

http://www.wattrimit.com

12.5 - Wat Benchamabopit Marble Temple

http://www.watbencha.com

11.6 - Chinatown
12.7- Jim Thompson's House

http://www.jimthompsonhouse.com

12.8 - Vimanmek Mansion

http://www.palaces.thai.net/day/index_vm.htm

12.9 - National Museum

12.10 - Royal Barges Museum

http://www.thailandmuseum.com/thaimuseum_eng/royalbarges/history.html

- BANGKOK- CAPÍTULO 13) - 

Ayutthaya Uma boa Day Trip a partir de Bangkok

- BANGKOK -CAPÍTULO 14) -

Floating Market: Damnoen Saduak

____________________________________________

Em 9 de Março de 2008 este blog completou DOIS anos de vida.

Entre 17 e 23 de Março de 2008 eu estarei em Bangkok blogando ao vivo.

Obrigado a todos!

Reader Comments (17)

Já estou com a mala, digo, computador pronto para revisitar Bangkok.Uma boa viagem para vocês Arnaldo! Antes de passar pela imigração procure o balção da vigilância sanitária para mostrar o cartão de vacinação e preencher o formulário. Não conheço o aeroporto novo, então não posso te falar onde ele fica.

Bom humor sempre! Vai encarar o Patpong?

Um abraço
12:48 | Unregistered CommenterRodrigo
Ai, que saudades da Tailândia! Eu já ando revisitando o destino com a Dri Setti e será uma delícia revisitar Bangkok com vcs, Arnaldo! Que vcs façam uma excelente viagem - vocês vão amar até Patpong, tenho certeza! Abraços mil
Arnaldo, você é um privilegiado, um sortudo. Você faze a vida sonhada por mí!!!. Agora aqui e amanhã...um mistério...Bom viagem e desejo a melhor pra vocês.
Um abraço.
17:21 | Unregistered CommenterCarmen
Arnaldo

Boa viagem! Aproveitem muito!!!

E, obrigado por como sempre compartilhar sua emoções conosco!

Estamos aguardando ansiosos os novos posts....
20:16 | Unregistered CommenterErnesto
Uma ótima viagem para vocês, Arnaldo! Um dia eu ainda apareço em Bangkok :-)
9:30 | Unregistered CommenterEmília
Olá Parceiro,

Estou entrando em contato novamente para tratar da Parceria Comercial mencionada via e-mail em 26/02/08.
Continuamos interessados no site.

Aguardo um retorno para iniciarmos a negociação.


Grata e à disposição,

Karen Oliveira
------------------------------
karen@hotwords.com.br
www.hotwords.com.br
------------------------------
Phone: 11 3178 2509
Putz velho, Thailandia é um dos lugares que tenho mais delírio de conhecer. Vou contigo nessa, mais uma vez!

Abraço
18:51 | Unregistered CommenterDiogo
Arnaldo, boa viagem e parabéns pelos 2 anos do blog!
6:38 | Unregistered CommenterLuisa
Uma excelente viagem a vcs !! Aliás , estaremos viajando juntos desta vez , vamos no mesmo dia para a Patagonia .Arnaldo , se puderes pula o capitulo da KAO SAN, nós não fomos, e não gostamos . Divirtam-se !!
/Arnaldo

Não sei se voce já viu, mas o blog da Adriana Setti, no Viaje Aqui traz matérias bem interessantes sobre a Tailandia, vale a pena dar uma passada lá.
8:23 | Unregistered Commenterernesto
Depois me conta , Arnaldo , se confirmas Suan Lum , como o lugar mais gostoso para ver ( e comprar ) o artesanato do sudeste da Asia ( não só da Tailandia ) . Guarda umas 3/4 horas para ficar por lá , chegando lá pelas 17h e saindo depois do jantar . É importante chegar neste horario pois muitas barracas fecham cedo ( mas confere antes de sair , o horário do dia :) ) http://www.suanlum-nightbazaar.com/EN/index.php
RODRIGO, suas dicas foram já INSERIDAS nos rascunhos de tudo o que já está escrito sobre Bangkok, e que - sinceramente - creio que será o que de melhor já escrevi em termos de guia de viagem. Eu pesquisei muito e conversei muito e li muito.... Sobre Paptong, eu e minha mulher decidimos que passaremos "por fora", porque é algo que faz parte da cidade, ainda que esteja longe de ser a "minha praia". Mas como escrevo "guias de viagens", preciso ver o máximo que puder, e trascrever no blog. Não se rpeocupe porque esse e um dos destinos que mais pesuisei, mais amadureci, mais escrevi sobre ele e mais sei o que encontrarei. Vou ter que agir meio como um "repórter". Estou preparadíssimo, animadíssimo e já no clima "zen turista". Grande abraço e obrigado.

MARI CAMPOS, obrigado. Saiba que eu li e consultei muito o seu blog para pegar as primeiras informações sobre Bangkok e aprendi muito por lá. Espero que você, expert na cidade, goste do que escreverei ao longo dessa longa matéria. Completamente aberto a cíticas!

CARMEN, obrigado pela visita (que espero que se renove sempre!) e pelos sempre simpáticos e gentis elogios.

ERNESTO, obrigado pelo sempre gentil apôio. Eu tenho acompanhado sim a viagem da Adriana Setti e até fiz comentários lá no blog dela. Nós sempre trocamos idéias por e mail e muito do que li e escrevi já se confirmou com o que ela publicou.

EMÍLIA, saiba que Bangkok é um dos destinos mais baratos. Hotéis, comida, transporte e tudo mais é bem em conta. O caro é ir até lá! Obrigado pela visita e acompanhe!

DIOGO, espere até o último capítuo sobre esta extensa matéria que seráum verdadeiro guia de viagem de Bangkok, para fazer o seu roteiro. Acho que é uma ótima maneira de ser apresentado ao sudeste asiático.

LUÍSA, obrigado. Espero ter tempo e coisas sempre boas para contar aqui nos próximos anos e que vocês me prestigiem om suas visitas e comentários.

SYLVIA LEMOS, uma excelente viagem e que tudo corra bem e seja melhor do que vocês planejaram. Sobre a Khao San Road, pode ser o paraíso ou o inferno, dependendo do ponto-de-vista de quem a vê. O fato é que não é a minah praia, mas como "repórter" vou lá conferir e escrever muito aqui no blog sobre essa que é o paraíso do turismo econômico de Bangkok. Como "guia" não posso deixar de ir.

SYLVIA, eu já havia pesquisado sobre o Suan Lum Night Bazaar, pré-escrito alguma coisa como roteiro para inserir depois de tê-lo visitado, visto o site que você enviou (que tem planta das lojas e de como chegar lá), inclusive de uma atração especial junto ao bazar, que é o Joe Louis Puppet Theatre um teatro de marionetes qie me atraiu conhecer porque apresenta bonecos lindíssimos que representam danças clássicas tailandesas (danças sobre as quais escreverei também num capítulo nessa série extensa que terá Bangkok como tema, e que, espero, seja um dos mais completos guias digitais daquela cidade, que será esmiuçada centímetro a centímetro!). Mas nessa minha pesquisa li uma nota informando que o bazar estaria sendo fechado em abril de 2007, em razão da área toda ter sido adquirida por um mega investidor imobiliário que fará um grande projeto comercial de torres de escritórios e lojas com o mesmo tema do atual bazar. Re-verificando e re-checando li que houve uma prorrogação para a saída dos lojistas e desocupação do lugar, inclusive algumas pendências judiciais, ações, essas coisas todas, que tornaram o prazo da desocupação um pouco mais extenso, mas que algumas áreas já teriam sido desocupadas. O que farei? Irei lá checar eu mesmo! E, é claro, esrceverei aqui. De todo modo, agradeço sua visita, suas indicações e seus comentários. Obrigado.

De todo modo, SYLVIA, amigos e leitores, eu estou completamente envolvido com o meu trabalho e com o planejamento e a pesquisa sobre as novas viagens já definidas e aquelas por definir. E escrever aqui no blog tem sido cada vez mais difícil e prazeroso, na medida em que estou cada vez mais preocupado em publicar guias sérios, imparciais, úteis, com maior acuidade na veracidade das informações, evitando "bolas foras", notícias errôneas, informaçõe superficiais, dicas sem conteúdo ou a simples cópia e tradução de coisas lidas em guias e páginas na Internet.

Isso quer dizer que o Suan Lum é um típico caso de atração amplamente recomendadaem TODOS os guias e págnas que li, mas que carece de ser verificada pessoalmente ou com mais profundidade, até porque é como a Khao San Road, O LUGAR , o PARAÍSO, A "MECCA" dos mochileiros e do turismo econômico popular de Bangkok, que NÃO é a MINHA área, mas NÃO deixará de ser amplamente explorada para que faça parte do guia sobre Bangkok.

Entre os meus inúmeros projetos aqui no blog está escrever uma matéria que terá como título "Os 30 melhores e mais confiáveis "lugares" para pesquisar e progamar viagens na Internet". Vão estar analisados desde os mais manjados kayak e tripadvisor até os menos como o zuji.com ou o wegolo.com.

Arnaldo

A ideia de lugares para pesquisa na Internet é excelete, pois o google está cada vez mais comercial, e so pega agencias de Turismo.Quando quisemos achar o site oficial de um Hotel que conhecemos em Buenos Aires, não conseguimos chegar a ele, so aos intermediários que faziam reservas. A sorte é que eu tinha guardado um cartão do hotel, e fiz a reserva direito no site do hotel, ums 10% mais barato do que nos consolidadores.
19:35 | Unregistered CommenterErnesto
Oi Arnaldo, parabéns pelos dois anos do blog! E que vocês façam ótima viagem!
17:20 | Unregistered CommenterAlexandra
Hum, que saudades que me deu da Thailândia. Posso lhe dizer que foi a melhor viagem que já fiz até hoje e voltaria com certeza, muitas e muitas vezes... e enquanto isso, vou me deliciar com seus textos... Aproveite cada segundo na cidade caótica de Bangkok (cuidado com os milhares de Tuk-Tuk frenéticos).

Posso dizer que o que vem por aí é de primeiríssima qualidade! :-)

Arnaldo, parabéns pela dedicação e pelo belo texto. Você alia sensibilidade a um conteúdo palpável e fascinante.

Foi muito bom "descobrir" você aqui. Aguardo notícias fresquinhas! Beijos, Rachel
Já estou curiosíssima para ver! :)

PostPost a New Comment

Enter your information below to add a new comment.
Author Email (optional):
Author URL (optional):
Post:
 
All HTML will be escaped. Textile formatting is allowed.