CONHEÇA O AUTOR

          

         Depois de estabelecer-se na Internet desde 1999 escrevendo relatos de viagens em sites relacionados com o tema, em 2006 ter fundado o blog Fatos & Fotos de Viagens - um dos pioneiros da blogosfera de viagens - foi convidado a colaborar com matérias na Revista Viagem & Turismo (Editora Abril). Agora, Arnaldo prepara o lançamento de seu primeiro livro - "Bom dia, Addis. Adeus Etiópia" - ingressando na literatura com um livro encantador que, segundo o autor, é o primeiro de uma série.

Assim o autor define esta sua nova fase:

             "Livro é coisa séria. O que o leitor encontrará em "Bom dia, Addis. Adeus Etiópia" é diferente do que lê aqui neste blog. Da narrativa ao estilo. Em vez de uma conversa baseada na informalidade, o livro mistura traços de coloquialidade e informalidade com uma escrita literária. Sobretudo com profundo respeito à arte de escrever. Passo a ser um escritor, mas é apenas uma outra maneira de me expressar sobre viagens, transmitir sem fantasias o mundo que vejo, isto é, como ele é, não como o imagino. A leitura revelará, todavia, aqui e ali, discrepâncias entre minhas expectativas e a realidade confirmada no destino. Segundo o poeta e ensaísta norte-americano Henry David Thoreau, "Muitos homens iniciaram uma nova era na sua vida a partir da leitura de um livro". Então, a partir deste meu primeiro, considero ter ingressado numa nova, deliciosa fase da minha vida.

Gente que escreve e encanta, fala sobre o autor:

Haroldo Castro:

            "Arnaldo Trindade Affonso é um dos viajantes equilibrados e sensatos que se lança escritor, o que, num Brasil de pouca leitura e onde a Literatura de Viagem não chega a ocupar meia estante nas livrarias, conta histórias que servirão de grande subsídio para qualquer leitor, além de ajudar a romper os preconceitos de que a África só oferece guerras, doenças e fome. Infelizmente, a riqueza cultural e natural do continente é quase sempre tão abafadas por notícias negativas que considero este livro um raio de luz na região."

Jornalista, fotógrafo, autor de “Luzes da África”, indicado para o Prêmio Jabuti 2013 na categoria Reportagens

Ronize Aline:

            "Minha opinião sobre o autor está refletida na resenha que escrevi de seu livro "Bom dia, Addis. Adeus Etiópia": ele escreve com o coração e demonstra respeito por tudo o que viu. Este livro, mais do que o relato de uma viagem à Etiópia, é uma viagem rumo a uma experiência de imersão e contemplação do outro. É como olhar para o diferente sem estranhamento ou indiferença."

Escritora, tradutora, jornalista, professora universitária e crítica literária do jornal O Globo, do Rio de Janeiro

Rachel Verano

             "Neste livro, Arnaldo tem o poder de nos transportar a um dos cantos mais fascinantes e ainda intocados do planeta. Mas de maneira ao mesmo tempo delicada e profunda, pessoal, criando intimidade com os personagens, deixando o leitor perceber cheiros, sabores e sentir as emoções de suas descobertas. Do peso do ar à alegria de dobrar a esquina, o autor consegue transmitir todo seu fascínio de estar diante de algo realmente novo."

 Jornalista passou pelas redações das revistas Viagem & Turismo, Veja, VejaSP, Glamour, TAM e Vamos/LATAM

Davi Carneiro

             "Há uma frase atribuída ao grande viajante do século 14, talvez o maior escritor-viajante de todos os tempos, Ibn Battuta: “Viajar, primeiro te deixa sem palavras, depois te transforma num contador de histórias.” Suspeito, caro leito, ser este o caso do Arnaldo, um autêntico viajante que vem se mostrando, cada vez mais, um talentoso contador de histórias. Conheço-o e o sigo desde 1996, através do seu blog, aquele que, na minha opinião, é um dos melhores de viagens da internet brasileira, tanto pela excelência fotográfica quanto pela qualidade dos textos. Com um currículo andarilho de respeito (mais de 60 países, entre eles Quirguistão, Miamar, Irã e Uzbesquistão), Arnaldo tem o mérito de ir na contramão da blogosfera profissional e monetizada: de maneira simples, autêntica e independente, preza, principalmente, a credibilidade e a confiança de seu leitor." 

 Escritor, jornalista e colaborador de diversas revistas nacionais e estrangeiras

COMENTÁRIOS
PROCURA
Quer ler outras viagens?
De onde chegam os visitantes
« Tailândia: Bangkok. Passeios a pé | Main | Tailândia: Ayutthaya – Tudo o que sobrou foram ruínas... »
Sábado
Mai242008

Tailândia: Bangkok - O “Mundo é Plano” (ou lugares bacanas para relaxar)

               bangkok-2-sirocco-20051211-240-sw.jpg

O "Dome" – Restaurante Sirocco, no topo do State Tower 

Foto National Geographic Traveler (http://www.nationalgeographic.com/places/enlarge/bangkok-2-sirocco.html)

               UM dos melhores livros que li recentemente foi 'O mundo é plano', de Thomas L. Friedman. É uma leitura fascinante, vibrante, provocadora, reveladora, cativante. Uma análise da globalização, da convergência de tecnologia e determinados acontecimentos que permitiram à Índia, à China e outros países ingressarem na cadeia global de fornecimento de serviços e produtos, deflagrando uma explosão de riqueza nesses países e convertendo-os em sucessos da globalização. O livro ficou mais de 30 semanas na lista de mais vendidos do The New York Times e mudou minha cabeça definitivamente. Bem, este NÃO é um blog de recomendações literárias e o leitor deve estar se perguntando o que a citação desse livro tem a ver com Bangkok. É simples, eu pensei nele em Bangkok e você saberá o motivo a seguir.

Bangkok%2021%20Fev%202008%20Sexta%200799.JPG

Invista uma hora numa piscina. Eu disse "invista"!

               APESAR de ser um raro país não colonizado ou mesmo até ocupado por nenhum outro - o que pressupõe não ter-se submetido a qualquer jugo cultural - o fato é que nenhum país escapou, escapa ou escapará dos efeitos da globalização, sejam eles benéficos ou negativos. Um exemplo disso é a Tailândia, especialmente sua Capital, a sagrada e profana Bangkok.

               BANGKOK não é uma cidade para ser vista com pressa. Se seus planos de estada na cidade contemplarem 3 dias, leve em conta que não apenas as inúmeras atrações da cidade, mas sobretudo seu trânsito, pedem ao menos mais um ou dois dias.  O trânsito - assim como o tempo gasto nos deslocamentos para conhecer suas inúmeras atrações - ampliam em 20% a quantidade de dias que você imagina permanecer na cidade. 

Bangkok%20A%20SPA%20chi.jpg

O SPA "Chi" Do Hotel Shangri la (foto do site do hotel)

               O calor e o tráfego combinados também resultam na necessidade de ao menos dois dias a mais somados aos seus planos para conhecer Bangkok, caso pretenda explorar todo seu potencial, independentemente de seu preparo físico e de sua faixa etária.   A combinação trânsito-calor exausta qualquer viajante e obriga a que seu dia seja menor do que naturalmente estima-se.   Quer um conselho?  Reduza em duas a três horas o seu dia de passeios e empregue-as em massagem, piscina e descanso.  Você descobrirá que essas são necessidades básicas de um turista em Bangkok, tanto quanto comer, dormir e circular por qualquer outra cidade do mundo.

BANGKOK%20Lugares%20pra%20relaxar.jpg

Author's Lounge, do The Oriental Hotel

               A globalização proporcionou a esta cidade alguns lugares internacionalizados mas plenos de personalidade thai que vão do simples ao requintado, onde se pode apreciar um serviço de “chá da tarde” servido com requinte e exotismo. Quando os sintomas do cansaço estiverem se abatendo sobre você, é hora de relaxar, seja mais profundamente - com uma seção de massagens, seja superficialmente, tomando chá da tarde, bebericando no conforto de um ambiente refrigerado.

               ALGUNS dos mais recomendáveis são: o Author's Lounge, do The Oriental Hotel, diariamente, das 14 às 16h, que fica na ala antiga do hotel que é considerado o mais emblemático e famoso do país. Trata-se de um salão decorado em estilo elegante e romântico e no qual há muitas fotos da família real. Outro lugar fica no lobby do Hotel Peninsula, The Lobby, ícone da cidade, onde é possível apreciar um ótimo chá da tarde – servido entre 14h e 18h.

Bangkok%20A%20piscina%20relax.jpg

Piscina do Hotel Shangri la (foto do site do hotel)

               JÁ no The Lobby do Four Seasons Hotel - cujo destaque é o bonito teto de madeira decorado com pinturas tailandesas - a hora do chá é ponto de encontro de turistas e da sociedade local. O The Salons, no lobby do The Sukhothai Hotel, também tem serviço de chá, chocolates, bebidas e snacks. Nas tardes de sábado e domingo é servido também um buffet de chocolate.

BANGKOK%20Lugar%20bacana%20pra%20relaxar%202.jpg

               HAPPY hour também é um costume resultado da globalização e da ocidentalização da cidade. São muitos os bares onde os locais e os “farangs” (foreigners, forasteiros) - como o povo se refere a nós -, se encontram para beber um drink e ouvir uma música. Os destaques são: The Bar, no The Peninsula, com música ao vivo e ambiente mais para sofisticado. O Eight Bells, do hotel The Royal Orchid Sheraton, com bonita vista do rio Chao Phraya, um dos melhores lugares de Bangkok para observar o Pôr do Sol. O The Bar do The Sukhothai Hotel, que tem um piano ao vivo e é decorado com requinte de paredes revestidas com seda pura. O Bar Bamboo, hotel The Oriental, especial para quem gosta de beber ao som de jazz ao vivo em ambiente decorado em estilo antigo e chique.

Bangkok%2021%20Fev%202008%20Sexta%200747.JPG

Hotel Shangri la

Sorvete italiano em Bangkok? Tem.

               O melhor sorvete de Bangkok, da Tailândia,ou talvez até do mundo é uma boa dica para a quente e húmida cidade. Nada melhor do que um sorvete de boa qualidade. Por que pagar preços mais caros por sorvetes importados se você pode provar um legítimo e delicioso sorvete local?  Se estiver em Bangkok, não de deixe de provar um dos sorvetes iBerry (http://www.iberryhomemade.com/) feitos com frutas exóticas e também com alguns poucos sabores tradicionais como da autêntica baunilha e do saboroso chocolate. Poucas coisas são tão gostosas e recomendáveis como  sorvete de manga ou de maracujá. Os sorvetes são de estilo italiano mas adaptados ao gosto tailandês.  Há lojas em Siam Square e Sukhumvit, no Emporium, Central Chidlom e em outras partes da cidade.  

BANGKOK%20A%20Blog%20Sorvete.jpg

Massagem tailandesa:

http://www.thai-institute.com/watsthaimassage.htm

BANGKOK%20A%20Blog%20SPA.jpg

Sala de espera do "CHI", o SPA do Shangri la Hotel

Os elos de ligação na Internet para “Lugares bacanas para relaxar em Bangkok”

- Para o chá -

Author's Lounge do The Oriental Hotel

http://www.mandarinoriental.com/hotel/510000243.asp#

The Lobby do Hotel Peninsula

http://bangkok.peninsula.com/pbk/dining_03.html

The Lobby do Four Seasons Hotel

http://www.fourseasons.com/bangkok/dining/the_lobby.html

The Salons do The Sukhothai Hotel

http://www.sukhothaihotel.com/salon.php

- Para o happy-hour -

The Bar , no The Peninsula

http://bangkok.peninsula.com/pbk/dining_05.html

Eight Bells do hotel The Royal Orchid Sheraton

http://www.starwoodhotels.com/sheraton/property/overview/index.html?propertyID=172

Bar Bamboo do hotel The Oriental

http://www.mandarinoriental.com/hotel/510000244.asp

 

 

Reader Comments (16)

Arnaldo,
fiquei muito triste ao ler no VnV que o seu blog poderia sair do ar!
Seria uma grande perda!
Queria somente pedir para que reavaliasse se realmente vale a pena se privar de escrever (o que vc certamente gosta de fazer, o que fica explícito na qualidade do blog) e nos privar de textos e fotos e dicas tão maravilhosas e acertadas por conta de pessoas ingratas e amargas que reclamam sem razão!!
Esse canto é muito especial, gostaria que ele ficasse aqui por muito e muito tempo ainda!
um beijo grande,

23:21 | Unregistered CommenterMarina

MARINA, agradeço seu apoio, incentivo, comentário e presença, mas gostaria de deixar claro que nenhuma pessoa fez comentário destrutivo ou que demonstrasse amargura. A conotação não foi exatamente essa, ao contrário, as pessoas são leitores assíduos e ou ocasionais e comentavam que a questão da demora no carregamento da página dificultava. Sempre foram construtivas as críticas, lamentando que elas não pudessem aproveitar tanto do blog por sua demora em carregar. Eu tomei isso como uma realidade à qual o Fatos & Fotos de Viagens deve olhar para, com atenção e visando o público.

A grande quastão foi minha mesmo, pessoal, em não ter tanto tempo pra dedicar ao blog.

Mas creio que o meio-termo entre quantidde e qualidade do conteúdo com rapidez de carregamento vai ser possível de ser alcançada com algumas modificações..

Grande abraço, obrigado mais uma vez.

Caro Alberto,
Acho o seu blog nota 10, acho incrível a dedicação que você coloca pra tirar as fotos mais perfeitas, e escrever os textos super bem linkados, nao tenho dúvidas de que vc gasta um tempo precioso pra produzir um blog tao bem feito!
Agora eu só acho que assim, ao escrever um post de despedida tao grande, tao dramatico, vc esteja querendo um pouco mais de elogios do que vem recebendo.. verdade seja dita: a maioria das pessoas sente mais vontade de criticar ao invés de elogiar, o que seria esperado.
infelizmente nao funciona assim, e principalmente na internet, onde recebemos tudo de graça e não saímos agradecendo por quase nada. Obrigada, UOL? Obrigado, Hotmail? Da mesma forma imagino que vc não vem recebendo os "Obrigado, Alberto" que seria de se esperar, já que vc passa horas montando cada texto q sobe aqui no blog.
Sim, os custos estão mto altos, mas acho que seria uma saída mais digna simplesmente falar que o blog está fechando do que ficar se lamentando e lamuriando pelos cantos pedindo pro Ricardo Freire pra vc receber um pouquinho mais de LOVE. A quem te conhecer pessoalmente, ou tiver uma forma de contato mais próxima com vc, vc explica o que aconteceu e tudo mais. Agora pro grande público, me desculpe, mas não faz a menor diferença! Um blog fechou, 10 abrem no dia seguinte.
Não venho com isso depreciar a qualidade do seu blog, digo isso pq sou uma admiradora de tudo o que vc coloca aqui, mas as coisas na internet dificilmente se sustentam na base do amor e carinho.
Hoje todo mundo vem aqui falar "parabéns pelo ótimo trabalho" mas mês que vem, vai voltar tudo na mesma, não adianta.
É uma batalha perdida!
Saia dessa por cima, pq vc não fez tudo isso pra terminar catando migalha, ou regulando o que vc vai postar até dar tempo (por favor, essa de "provavelmente não vão subir as matérias ja prontas sobre X países" foi muito "fazer charminho", vai?).
Vc já é maduro o suficiente pra saber que na internet ninguém tem cara e não deve nada pra ninguém: mesmo vc escrevendo posts incríveis, o Ricardo Freire escrevendo posts incríveis, e 5 mil pessoas entrando aqui todo dia, são poucos os blogs que "deixam saudades" depois de algum tempo; a internet se renova!! E ainda bem.
Foi belo o seu trabalho, infelizmente chegou aquele momento fatal.
Até logo!
OBRIGADA

Manu

18:25 | Unregistered CommenterManu

Arnaldo, voltei ontem de viagem e hoje já passei um tempão aqui no seu blog viajando de novo pela Tailândia... como eu amei esse país! E essas suas fotos, então... me fazem relembrar tudinho, tudinho... lindas!
E, please, vou reforçar o coro: não desista do F&F, please, pelo bem da blogosfera!!!
Abraço carinhoso

Obrigado, cara FRANCISCA.

Assinado, Alberto

Pra variar, eu cheguei atrasada na sua decisão de fechar o blog, nem li o que você escreveu q pelo visto já está até retirado do ar. Mas, em vista do que li no Riq e do quanto eu gosto do seu blog (q é um dos meus prediletos), quero reforçar aqui que a qualquer momento, qualquer ajuda que você precisar sobre como diminuir as fotos, ou qualquer outra coisa, estou à disposição sem problema algum e com o maior prazer em te ajudar. Acabei de descobrir também q não tenho seu email, de modo que se vc quiser iniciar um contato via email sobre essas tecnicalidades webfotográficas, basta me escrever no email que coloquei nesse comentário.

Abraços, e keep up the good work! :)

LUCIA MALLA, muito grato pela ajuda. Vc havia me dado a dica anteriormente e fui olhar no meu programa de processamento de fotos e vi que há mesmo a possobilidade de comprimir!

Dá uma olhada na coluna do lado "Contato". Se quiser entrar em contato, recebo por e-mail.

MUITO grato!

Bem-vinda!

Arnaldo,

Também deixo aqui meu post de apoio ao F&F, sou superfã, o blog é ótimo!

Beijos,

Lea

19:05 | Unregistered CommenterLea

LEA, obrigado pela gentileza de seu comentário.

Cada vez que eu leio um novo post fico triste com a noticia do fechamento....

0:53 | Unregistered Commenterernesto

ERNESTO, eu estou tentando encontrar um meio-termo entre manter o blog com algumas características fundamentais (conteúdo e apresentação) com a questão do tempo (disponibilidade pessoal) e da velocidade de carregamento. Esta fase atual está sendo exatamente uma aposta nesta direção.

Volte sempre! Grande abraço a vocês.

Beleza Arnaldo ! Estou numa maquina lenta e o teu blog abriu suuper rápido !! Mas tu caprichaste nesta viagem hem ? Fomos duas vezes prá BKK e agora descubro que tem várias coisas novas .. uma boa desculpa para retornar . Aliás, creio que a Tailandia é inesgotável :)))

SYLVIA, se não abrir rápido agora, só ENCERRANDO! Bem, agradeço sua visita e sua leitura, além do comentário, é claro. Volte sempre, ok?

Não feche!!! Por sinal devemos estar no RJ em setembro... Manstemos contato!

18:16 | Unregistered CommenterErnesto

ERNESTO, com, muito prazer. mas estarei em viagem pelo Japão em setembro, a partir do dia 13.

O Mundo debería ser plano e lúdico.
Seríamos más felices todos e estaríamos mais relaxados!, mas a vida não é perfecta, ainda que o parece em o Spa do hotel Shangri la!.
A perfeição para mim é relaxar-se em um bom Spa enquanto bebo um chá ou uma infusão...uuuhhhmmm!!!.

14:18 | Unregistered CommenterCarmen

PostPost a New Comment

Enter your information below to add a new comment.
Author Email (optional):
Author URL (optional):
Post:
 
All HTML will be escaped. Textile formatting is allowed.