MENSAGEM ao LEITOR
CONHEÇA QUEM ESCREVE

BEM-vindo ao Fatos & Fotos de Viagens, um blog sem jabá e não vulgar

        EXISTE no viajar e no escrever relatos de viagens um terreno fértil para demonstrações de arrogância. É algo simplesmente disseminado. Tanto no mundo virtual quanto na literatura. Mas o que o maravihoso mundo da viagens precisa é de mais viajantes humildes, não de "especialistas" caga-regras que determinam de tudo: desde como arrumar sua mala ao único tipo que você deve comprar, do lugar que você tem que ir, caso contrário sua viagem será uma merda. Nunca tão maravilhosa como a dele. As classificações dos lugares também. Tem sobrado superficialidade a egocentrismo. Autores assim não percebem que tudo é muito subjetivo e pessoal, que a experiência e o prazer de alguém não será necessariamente igual ao de outro.  Sobretudo as necessidades.

      A blogosfera "profissional e "monetizada" vulgarizou-se e tornou-se banal. Carecemos de gente que escreva para motivar e inspirar, para alargar horizontes, de viajantes que "mostrem" os lugares em vez de "ensinarem" a viajar. Moderadamente, ponderadamente, sem afetação típica de deslumbrados que viajam pela primeira vez em classe executiva e precisam espalhar para o mundo em resenhas risíveis. Ao contrário, a blogosfera

       ESTE blog, ao contrário, não fez concessões à vulgarização dos blogs depois da "profissionalização" e da monetização de alguns. Ao contrário, este é um blog singelo, simples, pequeno, inexpressivo na blogosfera, não despesperado por audiência nem seu autor se dedica mais à sua divulgação nas redes sociais do que à escrita. Tento dar graça à leitura e consolidar algo que prezo muito: confiabilidade, credibilidade.

        COMECEI a viajar tarde, você sabe. Por falta de dinheiro. Até que um dia viajei pela primeira vez ao exterior. Eu tinha 35 anos. Fui assim apresentado ao então desconhecido mas fabuloso mundo das viagens. Jamais, todavia, pensaria visitar mais de 60 países, alguns muito improváveis à época. Irã, Uzbequistão, Myanmar, Etiópia, Quirguistão entre eles. Mas foi recentemente que compreendi que as viagens ficam pra sempre, não as coisas. E que é por esse mundo ser tão diverso, por cada país ser tão diferente, que me parece tão atraente e divertido.

       NÃO sou escritor profissional. Tampouco jornalista. Mas invejo esses profissionais por dominarem o idioma, a gramática e as palavras.  Ainda assim, faço meu melhor, meu caro, estimado, raro e precioso leitor. Então, peço-lhe que considere algo: que mesmo escrevendo com sensibilidade e responsabilidade, incorro em erros. Se quiser, aponte-os. Tanto gramaticais quanto de digitação. Como tenho revisor profissional, antes de publicar dou curso a incansáveis revisões. E também submeto-os ao crivo de minha esposa. Ainda assim, alguns nos escapam.

      SOU brasileiro, empresário e casado com a Emília do blog "A Turista Acidental" e desde que a conheci (e antes mesmo de nos casarmos), tornou-se a "mais-que-perfeita" companheira de vida, de idéias, de projetos e ideais, sobretudo encantadora, adorável e inspiradora companhia de viagens e de aventuras. Com ela compreendi o que significa "prazer de viajar". Foi (e continua sendo) minha melhor fonte de inspirações e de motivações. Tanto que qualifico minhas viagens como "antes e depois" da Emília e "antes e depois" da Índia. Foi com ela que percebi o que quis dizer Érico Veríssimo com "Quem caminha sozinho pode até chegar mais rápido, mas aquele que vai acompanhado certamente chegará mais longe." Somos pais de gêmeos - uma menina e um menino - nascidos em julho de 2015, e de um filho de 34 anos do meu primeiro casamento, em quem o gosto pelas viagens pareceincorporado. Não sou avô, mas as coisas estão bem encaminhadas neste sentido.

       HOJE com 64 anos (boa parte deles dedicados à família e ao trabalho), foi apenas aos 35 que pude começar a viajar internacionalmente. Desde então visitei 61 países, entre os quais alguns dos mais fascinantes e com os sítios mais admiráveis do planeta. Felizmente, para alguns deles ainda a salvo do turismo de massa, cujos excessos arruinam qualquer lugar. Em março de 2006, quando iniciei este blog, o fiz como meio de comunicação com a família e amigos. Anos mais tarde eu descobri o poder de contar histórias em textos e fotografias, e logo ele tomou outro rumo, provavelmente porque os leitores gostavam dos textos e das fotos, ou então porque na época havia pouquíssimos blogs.

       FIZ cerca de 90 viagens internacionais, voei por 40 cias. aéreas diferentes (algumas extintas) em 391 vôos para fora do Brasil e dentro de outros países e em todas as classes possíveis. Segundo Haroldo Castro - jornalista-fotógrafo-escritor que já esteve em 160 países -, o maior viajante que conheço, em seu teste "Viajologia" que se pode fazer em seu site, que considera não apenas a quantidade de países visitados, mas lugares, monumentos e patrimônios, além de transportes, experiências e situações difícieis porque passam os viajantes, alcancei "Mestrado em Viajologia". Mas isso não é nada diante de gente que lá já "graduou-se" em pós-doutorado.

Escrevo este blog sob uma perspectiva lúcida e sem concessões à monetização sem critérios

        Eliminei o contador de visitas deste blog quando marcava mais de 6 milhões. Audiência hoje em blog é decadente. Viajar, escrever e publicar algo que inspire e icentive o leitor é o que mais me motiva. NUNCA como blogueiro interventor nas viagens alheias, ou caga-regras dizendo como alguém deve viajar e que tipo de mala usar e essas chatices que definem as pessoas homogeneamente.Parece ser o que traz os leitores até aqui. Ou porque gostem de fotografia, para além da leitura odepórica, como eu. E por este blog não ter captulado à ambição e vaidade que levou tantos autores de blogs à monetização sem critérios, sobretudo enganando leitores, cada dia torna-se menorzinho e menos importante. Se continuarem assim, os blogs precisarão ser reinventados. Este aqui nasceu livre e assim será até morrer. Por enquanto estou sempre por aqui. Nem que seja em pensamento. Só não sei até quando.

         Agradeço a visita e os comentários e desejo boa viagem aos leitores.

Em tempo: este blog não integra nenhuma associação disfarçada de incentivos à monetização. Mas se um dia fundarem a ABBLI (Associação Brasileira de Blogs Livres e Independentes), por favor, me convidem!

#blogsemjaba

COMENTÁRIOS
RSS - Quer subscrever?
AddThis Feed Button

Share/Bookmark

VIAJE neste blog

Fotos de viagens
PROCURA
Quer ler outras viagens?
De onde chegam os visitantes
« Fotografia em viagem. Capítulo 1) Técnica ou arte, o que vale mais? | Main | A câmera e o viajante »
Quinta-feira
Ago192010

Este blog é um hobby que vai chegando ao fim

                 ESTE blog é um hobby, há quase cinco anos levado muito a sério. E para mantê-lo venho assumindo custos, muito trabalho e tempo inversamente proporcionais ao meu prazer e disponibilidade.  Enquanto era um hobby, fazia sentido. Ao deixar de sê-lo, tornou-se um ônus, obrigação que levou-me a encarar seu fim como algo tão natural, corriqueiro quanto qualquer outro ciclo de vida.  Mesmo levando em conta sua maturidade, sua utilidade, seu sucesso em franca expansão (passam de 100 mil os visitantes únicos por mês, chegam a 120) e o prazer que me proporcionou até então.  

  

                                    Para dispender meu escasso tempo em todas as demais atividades que, ao contrário, tanto me motivam (trabalhar, viajar, conviver com minha mulher e nossas adoráveis famílias, fotografar, escrever e dedicar-me às aulas de contra-baixo acústico e elétrico, esta última a tentativa de alcançar o nível de conhecimento de minha doce Emília ao piano)  é possível que eu tenha que dedicar-me muito menos ao blog e, inevitavelmente, ele marche para seu fim, encerrando um ciclo de vida aparentemente bem cumprido em seu propósito, cuja utilidade parece ter sido alcançada. Ao longo de sua vida os leitores perceberam um profundo compromisso com a qualidade dos textos e fotografias, uma evolução geral na qualidade à qual não posso mais me dedicar.   

         Os leitores mais assíduos (aqueles a quem agradeço sempre e sinceramente a audiência ao longo desses quase 5 anos, e ainda mais carinhosamente àqueles que comentam) perceberão que o blog entrará num ritmo bem mais lento do que o habitual, ainda que seu autor continue viajando, escrevendo, fotografando e trabalhando em suas atividades profissionais. 

       Muito do que já foi escrito poderá ser publicado: ainda há capítulos não publicados de viagens recentes (Ilhas Maurício, Praga e Istambul) e matérias inteiras ainda não publicadas. Mesmo assim é inevitável que o blog vá aproximando-se de seu fim e que um dia desses ele vá para o limbo, um limbo virtual que seja, mas limbo.  Enquanto isso, seu autor estará por aqui para administrá-lo e responder a eventuais consultas, ainda mais feliz do que já é, em paz por ter contribuído com dignidade e utilidade ao que se propôs, fazendo o possível para extender a existência do blog.

 

 

 

        Não há como não orgulhar-se, nem como não agradecer à audiência de mais de 100 mil frequentadores diferentes todos os meses, à fenomenal marca de 5 milhões de visitas em quase 5 anos, especialmente por não ser um blog comercial, feito não por profissionais e por ser um hobby despretensioso.   

 

       O autor é empresário, feliz e empolgado com suas atividades que crescem na proporção inversa à sua disponibilidade. A maior parte de seu tempo tem sido consumida pelo trabalho (afinal é ele que o remunera e possibilita a realização de todos os seus demais sonhos e compromissos), assim como por outros de seus enormes prazeres: o delicioso convívio com sua família, especialmente com sua doce Emília), à dedicação do casal aos seus hobbies: a música, o maior deles - ele no contra-baixo acústico, ela no piano -, a fotografia e as viagens.                          

      

        É o que ambos mais gostam, nada mais nada menos do que a ponta do iceberg de seus planos de vida a dois.  Ainda que a atividade bloguística seja uma diversão, seu conteúdo tem princípios e fundamentos muito profissionais: respeito ao leitor é o primeiro. Formalidade, maior qualidade possível dos textos e imagens, confiabilidade das informações e a promoção do bem-estar dos viajantes que aqui aprendem algo, na esperança de que possa lhes ser útil em suas próprias viagens, os seguintes.

   

                 Tem sido igualmente um grande prazer responder às consultas de seus leitores. A satisfação pessoal de seu autor traduz-se pelo imenso respeito aos mais de 100 mil leitores que frenquentam o blog todos os meses. Alguns deles têm a delicadeza e a simpatia de agradecerem e comentarem. A eles agradeço imensa e carinhosamente.  

Reader Comments (37)

Arnaldo,

Será uma grande pena quando não tivermos mais seus tão motivadores posts, que nos levam a desejar conhecer os mais variados lugares desse planeta azulzinho...

Mas enfim, que a vida tome o rumo que tiver que tomar... E, principalmente, que seja sempre a felicidade de vocês quem dê qualquer que seja o norte(:-)), o destino(:-/) ou mesmo o fim (:-() do blog!

Abraço, já saudoso...

16:57 | Unregistered CommenterIgor Leal

Arnaldo,
Sou leitora assídua tanto do seu blog quanto do da Emília. Aqui, nunca consegui postar um comentário - sempre aparecia uma mensagem de erro - e depois de três tentativas desisiti.Não do blog, mas de escrever! Hoje, ao ler seu post, decidi tentar mais uma vez.
Espero que o blog não termine, mas que o ritmo das postagens diminua.Claro que se você optar por encerrá-lo a gente entende. De qualquer forma, queria agradecer a sua dedicação e empenho e fotos magníficas. Mais do que isto, obrigada por compartilhar as suas vivências e a emoção proporcionada por cada lugar visitado.
Um abraço para ti e Emília,

Pô, Arnaldo, não deixe que o hobby te consuma! É melhor consumí-lo moderadamente.
Por falar nisso, quando é que você publica o segundo capítulo do curso de fotografia? :)
Abs e boas aulas de música. Pelo menos faremos uma bela jam (piano, baixo e sax).
EduLuz.

Caro Arnaldo,

Confesso que não sou bom para escrever, nunca postei um comentário, mas tenhas a certeza que o seu blog muito contribuiu para as nossas viagens e agregou valores às nossas vidas. Afinal de contas vc sempre demonstrou profissionalismo, dedicação e principalmente respeito aos seus leitores.

Sou aficionado pela fotografia e aprendi muito consultando os seus posts e dicas. Aceite o meu muito obrigado.

Um grande abraço e boa sorte.

11:33 | Unregistered CommenterJoao

Deixo aqui registrada minha grande admiração e respeito pelo o que li e vi aqui nesse blog. Tem sido de grande inspiração para mim, que ainda engatinho nesse mundo virtual. Entendo sinceramente as escolhas que nos levam a iniciar e a finalizar algo assim, somente nós mesmos sabemos como empregar melhor nosso tempo e, quem sabe, retornar um dia. Afinal, tudo é possível!
Torço para que o fim ainda demore um pouco e, quando chegar, torço para que haja um recomeço.

Meus sinceros agradecimentos,

Claudia

14:40 | Unregistered Commenterclaudia

Ola Arnaldo! me dá muita pena. Eu leitora assidua do teu blog já há bastante tempo me sinto um pouco orfa. Sempre quis montar um blog sobre viagens e tinha voce como um exemplo a seguir, e assim continuará sendo. O legal é voce estar bem e ser feliz! Muito obrigada pela dedicaçao, pelas fotos e por sobretudo compartilhar as suas emoçoes que sempre foram sentidas nos textos. Um dos ultimos grandes textos para mim foi sobre a India e fiquei a espera desta viagem..Vai publicar? Seria um encerramento com chave de ouro. De todas maneiras, se nao..muito obrigada !!!! ja´sabe quando passar por Madrid tomamos uma caña!!

Arnaldo, aqui vivi bons momentos e sonhei bons sonhos. Como já disse, daqui saiu a minha decisão de conhecer as três cidades mais belas do mundo: Paris, Praga e Barcelona (estamos indo em 18/09)! O blog é uma fonte de inspiração para amantes de viagens, com pequenas doses de poesia e amor. Uma bela lição de vida. Obrigada por tudo. Se não for por aqui, apareça no VnV e no blog dos amigos da bóia para um oi!!! Toda felicidade para você e sua doce Emília!!!

11:44 | Unregistered CommenterRosa

Arnaldo, seu compromiso com o seu blog e os seus leitores era muito grande. Eu comprendo sua postura, mais dá pena.

Eu penso que o seu blog é espléndido, interessante, muito bem documentado e com umas fotografias excelentes. Um blog de referéncia para os amantes dos viagens, da cultura, da criatividade e do arte.
Lástima!
Mais é certo os blog são muito cansativos, porque cada dia que passa são mais extensos e nostra forma de vida necessita horas para a vida personal e para nossa família.
Lhe desejo o melhor, mais não deixe morir o blog... simplesmente pode devagar...
Beijos

14:54 | Unregistered CommenterCarmen

Arnaldo !

Sinto muito saber que este blog está no fim. Foi um dos primeiros e melhores que já conheci.
Em minha primeira viagem para a Europa foi meu companheiro constante.
Divulgo sempre quando alguém fala em viagem.
Lembro que me diverti bastante com a matéria de Portugal onde vc citou termos portugueses.
Fica aqui meu profundo agradecimento por tudo o que vc me proporcionou.
Rita

22:56 | Unregistered CommenterRita

Nao acredito Arnaldo! Estava aguardando ansiosamente o curso de fotografia e o resto dos posts das viagens desse ano. Mas eu te entendo, eu tb quase nao to conseguindo tempo pro blog, e meus posts sao muito mais simples que os seus.
Só espero que o blog nao termine de vez, só vá com mais calma.
Beijo pra vcs 2

18:35 | Unregistered CommenterMaryanne

Arnaldo

PArabens por tudo, e espero que voce em breve se sinta motivado para continuar a escrever.
Obrugado por proporiconar otimos momentos de sonhos e de revermos lugares precisosos a todos nos.


Ernesto

0:29 | Unregistered CommenterErnesto

Poxa agora que finalmente achei O MELHOR BLOG que já li na vida... sinceramente voce esta de parabéns e devia pensar sinceramente é colocar tudo o que voce já postou e o que ainda tem ai arquivado no seu computador em um livro, sua maneira de escrever e a qualidade das fotos é realmente incrivel, novamente parabens pelo trabalho.

Que pena para nós, leitores. Vim em busca dos belos textos e encontro uma despedida. Fiquei triste. Se o hobby está virando um fardo, não vale mais a pena.Hobby tem que ser prazer, não obrigação. É assim tudo na vida: um ciclo que chega ao fim. Felicidades e obrigada pelos belos relatos.

Sinto-me bastante triste em saber que este maravilhoso blog está acabando. Respeito sua decisão e desejo onde quer que faça tenha o mesmo sucesso. Obrigado mais uma vez.

Realmente vou sentir falta de suas histórias... Espero que seu caminho seja repleto de satisfação! Abraço.

Seus relatos salvaram minha viagem à Ásia,onde conheci alguns países pelos quais passaste,principalmente ao procurar um local sereno,em meio ao caos,para relaxar.Hoje,embora sem nenhuma viagem prevista pelos próximos meses,vim aqui me atualizar e me deixar viajar com o blog,e lamento ver que está chegando ao fim.Mas foi muito bom enquanto durou!E se ficar ativo,será um álbum de fotografias e histórias on-line para matarmos saudades e curiosidades de locais!

21:11 | Unregistered CommenterHélida

Arnaldo,pelo que entendi, o blog vai continuar existindo, apenas sera menos atualizado, nao 'e? Porque o material que ja tem nele (excelente mais uma vez!!) pretendo consultar quando puder viajar. Entendi certo? Abraco. Carlos

8:53 | Unregistered CommenterCarlos

Nada eh mais importante - e recompensador - que se ter prazer naquilo que se faz. Quando o prazer acaba dando lugar ao fardo, ha mesmo que se repensar a atividade, seja ela qual for - ser feliz eh o objetivo maior, nao eh mesmo? ;-)
A parte boa eh que todo o maravilhoso material que ja foi publicado por vc ao longo desses cinco excelentes anos continuara sempre ahi, eternizado, ajudando a gente em nossas viagens futuras e deixando um pouquinho de sonho pra cada um com tais imagens.
Continuarei sempre por aqui - e, por sorte, nos encontraremos sempre fora da blogosfera tambem :-)))))

Arnaldo,

Terminei de ler a "despedida" com um nó na garganta, não só pelo blog, claro! Mas sim pelo significado: a "morte" de uma coisa boa. Como muitos já escreveram, o seu blog é excelente, muito bem escrito e realmente demonstra muito cuidado conosco, leitores.
Seus relatos me ajudaram em muitas viajens e sei que ainda ajudarão em tantas outras...
Desejo a você sucesso (e pelo que parece não é difícil pra você, já que se propõe a fazer as coisas com tanto amor, carinho e dedicação).Felicidades!!!

Arnaldo,
Cansei de espalhar seu blog para todos que apreciam o que é bom e bonito (vendo e lendo). Sinto não saber escrever. Sua história com a doce Emília foi quase surreal.Acho que deve ter dado muita asa para muitos de nós mortais. Espero que tenhamos a sorte de ainda ter algum post seu (vez ou outra). Suas fotos desta despedida estão lindas: o jogo de imagem com os instrumentos (imagino que tenha sido propositado, ou seria produto de minha imaginação?). O violoncelo sobre o piano, depois apontando para as fotos na parede,muito lindas as fotos (como sempre!)

Egoistamente falando, diria: "desolée"!!!
Humanamente diria: "Vá viver seu grande amor e último amor.
Obrigado por tantas boas e belas dicas, crônicas e fotos.
Claudia Mariah

Caro Arnaldo,
Infelizmente conheci seu blog somente no ano passado, mas foi de muita valia para a minha última viagem a Turquia e Portugal.Adoro seus posts e fotos, a maneira sensível como escreve. Tenho lido seu blog post a post, desde aquele primeiro de Madrid (já estou agora na África). É quase uma despedida também.
Voce e a Emilia, de onde também peguei muitas dicas de Istambul foram grandes incentivadores para que eu iniciasse as minhas lembranças de viagem.
Decisões são decisões, e tudo que voce já escreveu está ai, como um livro maravilhoaso para a gente ler e consultar.
Faço minhas as palavras da Claudia:
Vá viver seu grande amor.
Um grande abraço para você e Emilia

20:20 | Unregistered CommenterFlora

Arnaldo, realmente é uma pena, porém podemos estar perdendo um grande blogueiro e ganhando um grande músico, um grande abraço para vc e Emilia.

Paulo e Ana Futami

19:38 | Unregistered CommenterPaulo

"Caí2 aqui no seu blog porque procurava uma informação sobre a Tunísia, estive a ler um pouco. Apesar de ter gostado muito do que li, vou guardar par ler o resto, compreendo muito bem este seu ultimo artigo...
As coisas, como os Blogs, devem ser finalizados quando se deixam de fazer por prazer, pois o que é feito com a Alma passa o que temos, sentimos, vimos para quem o lê.. Digo isto por experiência, embora fossem temas totalmente diferentes.
Tenho pena pois alem de escrever bem, consegue que vejamos atravez dos seu olhos o que nem sempre é fácil, estive a ler os artigos de alguns locais onde já fui, por isso digo isto.
Felicidades para si para a sua família e para a sua música, uma casa onde existe música é sempre uma casa mais alegre...

14:38 | Unregistered CommenterCicuta

Querido Arnaldo,

não posso deixar de regiastrar aqui toda minha admiração por vc e esse trabalho incrível q eh o Fato&Fotos. Estou sem palavras ainda por conta da noticia q o fim se aproxima... Mas mesmo triste, consigo compreender suas razoes. E maisainda, do tenho a agradecer a vc por ter tornado minha vida tão mais cheia de vida!
Grande beijo, boa sorte e sucesso nas novas empreitadas..,
Te admiro e respeito demais.
Camilla Kafino

Pode parecer estranho mas hoje é 18/09 e é a primeira vez que entro no blog e vendo a mensagem do Arnaldo com o fim do blog, tentei ler tudo que era possível, achando que já ia sair do ar, mas não foi isso e sim que realmente tem textos envolventes, não se consegue sair, moro no Japão e buscava dicas de viagens, espero que vc não pare com o blog, apenas vá postando como se fosse novamente um hobby, sem ter que fazer por obrigação, tudo que tem aqui é fantástico!!!
Vou adicionar aos meus favoritos e contar aos amigos sobre este blog, acredito que vc continuará a nos dar maravilhosas dicas e mensagens.
Abraços!!!

6:42 | Unregistered CommenterSílvio

Por favor não deixe o blog chegar ao fim!... Enquanto consulto vou viajando, sonhando e planejando o dia em que poderei visitar alguns lugares que menciona.

Escreva menos...mas não deixe de escrever, é um dom que tem. Não nos prive do prazer que nos dá ao "viajar" pelos seus textos e fotos

:) Bem haja !

Arnaldo,

Pena que te descobri tardiamente. Mas não tem problema: é bom que fico com um monte de conteúdo para desbravar calmamente nessa nova fase low profile.

Que vc fique feliz!

Obrigada por disponibilizar conosco tanta informação útil, o seu tempo e disposição! Estamos muito agradecidos, acredite!

Um beijo,

Janira Borja

Arnaldo,

O meu muito obrigado pela sua visita lá no meu cantinho. Seu comentário foi muito incentivador e aumenta muito a minha responsabilidade.

Considero você e Emília meus mestres.

Um grande abraço para vocês.

Ola Arnaldo,

Ahhhh....confesso que hoje irei dormir muito triste em saber que este blog esta terminando...pra falar a verdade este era o unico caminho que me levara aos lugares mais especiais e magnificos do planeta, ja que NUNCA TIVE A OPORTUNIDADE DE SAIR DO BRASIL!!!

Espero um dia poder vivenciar ao menos 1/3 do que vc conquistou em viagens espetaculares postadas neste blog...eu passei noites e noites viajando no seu blog, viajando na imaginacao do que eh estar nos locais esplendidos que Deus fez!

E minha maior tristeza e nao poder financeiramente, pois eh a unica coisa que me impede, tenho muita vontade e disposicao para viagens em regioes do Brasil, mas so disposicao para ir para outros paises nao basta!

INFELIZMENTE, te deixo aqui meu desabafo, pois me agustio muito, em nao ter essa oportunidade que mtos teem e as vezes nem dao tanto valor assim, como vc nos mostra no seu blog.

PARABENS PELO SUCESSO DE UM CORACAO TAO AFAVEL, DE UM OLHAR TAO PRECISO, DE UM CORACAO TAO GRAAAAAAAAAAAAAAAAANNNNNNNNNNNNDDDDDDDDDEEEEE!!!!

Um enorme abraco pra voce e sua familia,

Rosana Higino

Enquanto por um lado lamento o "término" do blog e as consequentes espetaculares viagens que por vezes realizei por aqui, por outro felicito-me de ver que está em busca de dedicar-se ao que realmente vale à pena: o mundo real e aquilo que mais nos faz feliz.

Por vezes já pensei em fazer o mesmo, mas aindo encontro estímulo e tempo para me enveredar pela esfera virtual. Talvez um dia seja diferente.

Um grande abraço ao casal mais doce da blogsfera e felicidades sinceras desta blogueira que tanto os admira! :)

Fê Costta - viaggio mondo

Olá! Não posso dizer que sou uma leitora assídua, tampouco antiga do seu blog.
Fiz a descoberta dessa página aproximadamente seis meses atrás, quando planejava uma viagem para a espanha e para a grécia nas férias de julho. Iria viajar com minha irmã. O detalhe é que ela tem apenas 16 anos e eu 19. Meu pai, que sempre foi um pouco superprotetor, consentiu, pois uma oportunidade de viagem na minha família é sempre um tesouro. Moro no RN mas ele está no RS fazendo doutorado, então eu tive que programar toda a nossa visita à Barcelona, sem grupo de viagem, sem guias, sem nada. Só eu e minha irmã por lá. Minha fonte de informação foi um blog maravilhoso que encontrei: o seu! E me ajudou MUITO! Inclusive obtive dicas sobre a parte da Grécia, que foi um cruzeiro e, devo dizer, você me assustou um pouco, mas nós demos muita sorte e foi tudo perfeito. Agora estamos planejando uma viagem à Argentina e ao Uruguai no finzinho do ano e, quando meu pai pediu que, devido ao tempo que ele não tem, eu o ajudasse, não pensei duas vezes. Corri pra cá! Me deparei com essa despedida. Fiquei pesarosa, mas não gostaria de lamentar aqui. Gostaria apenas de mostrar que, essa fase pode ter acabado, mas foi feita com sucesso. Tocou muito mais vidas do que você pode imaginar e eu vim aqui para dizer que tocou a minha, que me ajudou bastante e eu só gostaria de agradecer! Além de tudo, você tocou mais fogo ainda na minha sede por viagens, é com isso que sonho para meu futuro, conhecer o máximo possível de lugares. Quem sabe, terei um blog!
Sucesso para vocÊ!

21:52 | Unregistered CommenterLara Costa

Boa noite:Arnaldo,Emilia
Antes de tudo meu mto obrigada.Quando meu filho Pedro Ivo esteve no Hawaii e não quis retornar,vc foi meu elo de ligação com um mundo q.eu não conhecia.Não sou da geração do clic,mas amo o seu blog.Adoro poder viajar com vcs.Estarei sempre torcendo por vcs.Hideko N.Oda e Familia

Arnaldo, outro dia tentei seguir um link postado pelo Riq e não consegui abrir seu blog. Agora sei o motivo. Vc está de parabéns pela decisão tomada.Sei que foi difícil mas é o melhor a fazer nessa fase linda da sua vida.Continuaremos a nos encontrar virtualmente, seja aqui pesquisando ou nos comentários dos blogs dos nossos trips VnV.
Você e a Emilía vão embarcar na VnVNY2011? Vai der muito legal e adoraríamos ter a companhia de vcs. Muitos abraços para o querido casal e deixe seu blog aberto para nossas consultas.

21:59 | Unregistered CommenterMalu

Arnaldo, muitos sonhos realizei viajando pelo seu blog. Gostaria muito de ir a lugares tao distantes e maravilhosos como você e a sua Emilia o fizeram. Porém sei que jamais poderia fazê-lo e fiquei muito triste com a sua decisao.Compreendo. Acho que a sua contribuiçao aos impossibilitados foi de uma grandeza incomensurável, por isso agradeço do fundo do meu coraçao esta oportunidade de conhecer através de fatos e fotos esses lugares até então inimagináveis.

Parabens e muito obrigada

Olá Arnaldo, td bem?
Qdo vc esteve em Veneza, visitou Murano?
Alguma dica?

17:11 | Unregistered CommenterAna

Ana, nós gostamos muito mais de Burano e Torcelo do que Murano. Veja o post da Emília (A turista acidental) com o título "Cantos da Laguna"'.

Arnaldo
Por favor não nos deixe a deriva . Seu blog é maravilhoso . Tudo que vi e li tenho imensa vontade de conhecer. E os lugares que conheci devo muito a você. Por favor continue nos passando suas experiências
Grata
Cidinha

PostPost a New Comment

Enter your information below to add a new comment.
Author Email (optional):
Author URL (optional):
Post:
 
All HTML will be escaped. Textile formatting is allowed.